Eleições na Índia realizam-se em sete datas diferentes

narendramodiofficial / Flickr

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi

As eleições gerais na Índia realizam-se entre abril e maio em sete momentos diferentes, anunciou este domingo a comissão eleitoral do país. Este será o maior momento eleitoral do mundo e terminará com a eleição do primeiro-ministro, que deverá voltar a ser Narendra Modi.

Segundo informou o DN, o responsável pela organização do sufrágio, Sunil Arora, explicou este domingo que estão em condições de votar cerca de 900 milhões de eleitores, 15 milhões com idades entre os 18 e os 19 anos.

De acordo com as sondagens, o partido Bharatiya Janata – a que pertence o atual primeiro-ministro – tem uma clara vantagem sobre os partidos da oposição.

Este avanço foi reforçado depois da intervenção militar no Paquistão, no mês passado, em que a força aérea indiana atacou o que disse ser uma base do grupo, que considera terrorista, Jais-e-Mohammed em Balakot, na província Khyber Pakhtunkhwa.

Narendra Modi utilizou a rede social Twitter para apelar ao voto. “Espero que esta eleição tenha uma presença histórica de eleitores”, indicou.

Nestas eleições vão ser escolhidos 543 deputados e, para governar, um partido ou uma coligação necessita do apoio de 272 elementos. Em 2014, concorreram 8250 candidatos, representando 464 partidos.

As eleições estão previstas para os dias 11, 18, 23, 29 de abril e 06, 12 e 19 maio e devem custar, um pouco mais de quatro milhões de euros, indicou a BBC. Os votos devem ser contados a 23 de maio.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade. As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de …

Trabalhadores dos Registos em greve a 26, 27 e 28 de dezembro

O Sindicato Nacional de Registos vai estar em greve contra o decreto-lei aprovado pelo Governo, acusando Marcelo Rebelo de Sousa de não ter tido "sensibilidade na análise do diploma do sistema remuneratório". O Sindicato Nacional de …

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …

Greta Thunberg é a "Personalidade do Ano" da revista Time

Greta Thunberg é a “Personalidade do Ano” mais jovem alguma vez escolhida pela revista Time. A capa da edição de 23 de dezembro foi divulgada esta quarta-feira. A revista norte-americana Time elegeu a ativista climática sueca …

Erupção do Whakaari. Nova Zelândia encomendou 120 metros quadrados de pele para tratar os feridos

A Nova Zelândia já encomendou 120 metros quadrados de pele humana aos Estados Unidos para tratar os 30 feridos do vulcão Whakaari, na Ilha Branca. Cirurgiões neozelandeses têm trabalhado sem parar dado o número de queimados …

Entidade Reguladora da Saúde diz que fez tudo o que devia no caso do bebé sem rosto

Esta quarta-feira, a presidente da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) considerou que o regulador fez tudo o que devia ter feito no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves não detetadas as …

Legislação não impede que animais selvagens sejam vendidos a circos estrangeiros

A nova lei de proteção a animais selvagens não impede que estes sejam vendidos e continuem a ser usados em circos estrangeiros. Animais como camelos, cães e cavalos continuam a poder ser usados. A lei de …