Schäuble “incendiário” faz subir juros da dívida

Eu Council Eurozone / Flickr

O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schauble

O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schauble

O porta-voz do PS, João Galamba, comentou as declarações do ministro das Finanças alemão dizendo que a Europa, nesta fase, precisa de estabilidade e não de “incendiários”. Ao fim da tarde, os juros da dívida portuguesa estiveram a subir nos principais prazos face aos valores da manhã.

“A última coisa que precisamos neste momento é de incendiários. Já chega a situação complicada no Reino Unido”, vincou o socialista, em declarações ao parlamento após o ministro alemão Wolfgang Schäuble ter abordado, esta quarta-feira, um eventual segundo resgate financeiro a Portugal.

A Europa, diz Galamba, “precisa de estabilidade, serenidade e não de declarações” como as do ministro das Finanças alemão, que, advoga, não tem “correspondência com os factos” económicos de Portugal.

O Ministério das Finanças já garantiu entretanto que não está a ser considerado qualquer novo resgate, acrescentando que o Governo está empenhado em cumprir as metas orçamentais.

“Tendo em conta as declarações do ministro alemão das finanças, Wolfgang Schäuble, e ainda que tendo sido imediatamente corrigidas pelo próprio, o Ministério das Finanças esclarece que não está em consideração qualquer novo plano de ajuda financeira a Portugal, ao contrário do que o governante alemão inicialmente terá dito”, lê-se no comunicado divulgado ontem à tarde.

Cerca das 18h em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 3,085%, contra 3,040% de manhã e os 4,084% em 11 de fevereiro, um máximo desde março de 2014. As taxas a este prazo chegaram a atingir um pico de 3,128% cerca das 9h15 desta quinta-feira, estando nos 3,046% às 12h15.

No mesmo sentido, no prazo de cinco anos, os juros estavam a avançar para 1,883%, contra 1,831% de manhã, depois de terem subido até aos 2,768% em 11 de fevereiro, um máximo desde maio de 2014.

Já os juros a dois anos estavam a subir, para 0,656%, contra 0,612% esta manhã e depois de terem subido até 1,225% em 19 de fevereiro passado, um máximo desde junho de 2014.

Nos outros países europeus que também têm sido pressionados pelos mercados, como Grécia, Espanha, Irlanda e Itália, os juros da dívida pública apresentam comportamentos mistos.

“Arrogância persistente”

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, afirmou que Portugal está a pedir “um segundo programa” e que “vai consegui-lo”, em declarações citadas pela agência de informação financeira Bloomberg.

Mais tarde, já em declarações aos jornalistas, o governante alemão corrigiu as suas declarações: “Os portugueses não o querem e não vão precisar [de um segundo resgate] se cumprirem as regras europeias”, precisou.

O presidente do PS também já abordou o tema, criticando as declarações contraditórias proferidas pelo ministro das Finanças alemão sobre um eventual segundo resgate a Portugal, considerando que são causa da existência de cada vez mais europeus contra essa “arrogância persistente”.

Carlos César, também presidente do Grupo Parlamentar do PS, não quis comentar a posição do ministro das Finanças da Alemanha do ponto de vista político ou financeiro, mas deixou o seguinte reparo à agência Lusa: “Como se percebe, nem o próprio Wolfgang Schäuble percebeu o que disse e do que falava”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E não há ninguém que responsabilize este homem pelo prejuízo que esta “boca” provocou à nossa economia?
    Pode dizer aquilo que quer sem ser minimamente responsabilizado?
    Deviam-lhe ao menos por um açaime.

RESPONDER

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …