Rapaz que atira gato da varanda retirado de livro escolar

Um livro escolar de Físico-Química com um exercício em que um rapaz atira um gato de uma varanda está a causar polémica e uma onda de protestos nas redes sociais. A editora responsável já pediu desculpas e anunciou a retirada do exercício do livro.

O livro, intitulado “Zoom”, é um caderno de exercícios da disciplina de Físico-Química para os alunos do 9º ano e foi composto pela Areal Editores. A publicação ainda não tinha sido posta à venda, o que deveria ocorrer a partir de Agosto próximo, mas foi distribuída pelos professores para que estes o analisassem.

Terá sido, eventualmente, um destes docentes a divulgar numa página do Facebook o teor do exercício, transcrito pelo Público: “O Diogo largou um gato da varanda do seu quarto, situada a cinco metros do solo“.

Esta formulação do problema de Físico-Química em que se pedia aos alunos que indicassem “qual a intensidade da força aplicada ao gato durante a queda” e “o valor da velocidade” a que isso acontecia tem sido muito comentada e criticada pelas redes sociais.

O coro de protestos levou a Areal Editores a pedir desculpas, através da sua página do Facebook, falando de “um exemplo infeliz” e notando que “o importante é que o erro cometido possa contribuir para melhorar” o seu trabalho.

Entretanto, um dos responsáveis da Editora, Diogo Santos, refere ao Público que “este exercício não vai constar da versão destinada aos alunos”.

“O livro foi só distribuído a professores, não se encontrando ainda à venda”, acrescenta o responsável, frisando ainda que “foi revisto por três pessoas e ninguém se apercebeu da situação“.

Os cadernos de actividades, contrariamente aos manuais escolares, não passam pelo aval do Ministério da Educação e Ciência (MEC), salienta o Público, a quem uma fonte do ministério salientou que o MEC “não se identifica com o teor do exercício apresentado, do qual não tinha conhecimento”.

“O exercício não respeita os valores fundamentais da nossa sociedade”, acrescenta a fonte do MEC.

ZAP

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Será que estas criaturas não se aperceberam que se trata de uma equação matemática ? Já cá faltava a defesa dos animalsinhos. Sim, deve pertencer àquela turba de indignados (minorias pois claro) que querem impôr as suas ideias à maioria que gosta de touradas e outras similares. Devo acrescentar que sempre tive animais, caes,gatos, papagaios e até grilos e sou sempre pela defesa dos mesmos mas não quero impôr nada a ninguém. Sabem que mais, dediquem-se à pesca ou não porque aí também estão a matar os coitados dos peixinhos, mas que sabe bem um peixinho grelhado, isso sabe e então que dizer a uma lagosta ?

  2. “foi revisto por três pessoas e ninguém se apercebeu da situação“. Dizem eles!
    Pagaram a 3 imbecis e ficaram sem a edição. Com revisão, fotocomposição e gráfica, não ganham para as despesas. É melhor fecharem a porta da editora!

  3. Meu Deus, anda tudo tolo! As pessoas não terão mais que fazer do que debruçar-se sobre coisas banais. De hoje em dia critica-se apenas… porque sim. Critica-se tudo e todos sem qualquer lógica ou razoabilidade. Mas será que algum aluno do 9 ano, que viesse a ler tal exercício, iria colocar isso em prática? Não saberia discernir a sua finalidade? Mas estamos a falar de adolescentes com 14/15 anos ou de crianças do infantário? E se fosse, por exemplo, para calcular a velocidade do tiro que o tio Abel deu numa perdiz?

  4. Pela retrógrada mentalidade que revelam, CRAMAL e JOMA é que deveriam ser largados da varanda, não a 5, mas a 25 metros do solo.

  5. Ui… só 25m? isso é pouco ó CARZEN. A minha mente é retrógrada mas a tua é tão evoluida que não consegues interpretar aquilo que eu escrevi! Eu, por acaso, disse algo que pudesse por em causa a integridade (ou a vida) dos animais? Não te venhas armar em arauto dos direitos dos bichos porque, se calha, não o és mais do que eu. Será que não entendeste a ideia? Eu resumo: Não é pelo facto de um exercício ter tal redacção que um adolescente vai atirar com um gato de uma varanda; estamos a falar de pessoas com 14/15 anos, pessoas que têm uma percepção e maturidade bem diferente de uma criança da pré.

  6. Realmente o teor é de mau gosto, embora o exercício seja interessante.
    Eu sugiro que se diga assim. Ia um gato a passar de um telhado para outra a 5 m de altura quando caiu…. etc etc etc e resolva-se o exercício.

  7. Primeiro, a “maioria” não gosta de touradas – a menos que se esteja a referir a maioria da AR. Segundo, as equações não são inocentes, nem o exemplo é de mau gosto: um judeu atirado de 5 metros de altura faz uma poça de sangue de 1,5 metros de diâmetro; se forem atirados dois judeus, qual é o diâmetro da poça de sangue?

  8. Se estão ainda com dúvidas quanto à razoabilidade da denúncia, ao em vez de gato coloquem irmão, uma vida deve ser respeitada onde quer que seja. A pessoa que imaginou este exercício não é digna de respeito!!!

RESPONDER

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Apoiantes de Navalny acusam Google e Apple de "censura" política

Os apoiantes de Alexei Navalny acusaram hoje as empresas Google e Apple de terem suprimido o apelo ao voto "útil" proposto pelo oposicionista através das respetivas plataformas, denunciando "censura" num processo eleitoral em que a …

Presidente da República argentino cancela viagens para impedir que vice assuma Governo

Cristina Kirchner é parceira maioritária na coligação de Governo e exige, entre outras mudanças, a substituição de ários ministros, secretários e presidentes de organismos públicos. Recentemente, tem mostrado em público o seu descontentamento face à …

"Bazuca" europeia não resolve problema da falta de habitação

De acordo com vários especialistas, as 26 mil casas identificadas como prio­ritárias pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) não chegam para as necessidades do país, que podem chegar às 46 mil. A questão da aplicação …

Peça que terá sido usada no batismo de D.Maria II está à venda. Estado não a compra por ser demasiado cara

Há uma semana que está à venda uma peça que pertenceu à coroa portuguesa. Terá pertencido à família real depois do Terramoto de 1755 e, de acordo com o antiquário que agora a comercializa, terá …

"Dupla pancada". Vítimas de violência doméstica são deixadas ao abandono sem indemnização

Mais de 80% das vítimas de violência doméstica, a maioria mulheres, não recebem indemnizações, nem dos agressores nem do Estado. Se as vítimas não tiverem sofrido uma incapacidade para o trabalho por um período igual ou …

Ministério Público declara ilegal eleição de André Ventura

Ministério Público invalidou a mudança nos estatutos do Chega, incluindo a eleição direta de André Ventura. O líder do partido admite um novo congresso. No início do mês, o Ministério Público (MP) pediu ao Tribunal Constitucional …

Ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos demite-se por causa do Afeganistão

Sigrid Kaag demitiu-se do seu cargo de ministra dos Negócios Estrangeiros dos Países Baixos, depois de o Parlamento considerar que o Governo fez uma má gestão da retirada de cidadãos do Afeganistão. A ministra dos Negócios …