Ébola fora de controle em África. Mais um médico infectado

kent.brantly / Facebook

Equipa de médicos norte-americanos em luta contra o Ébola. À direita, Kent Brantly

Equipa de médicos norte-americanos em luta contra o Ébola. À direita, Kent Brantly.

Um médico norte-americano que faz parte das equipas que se encontram a prestar assistência às vítimas do Ébola na Libéria está infetado pelo vírus.

Kent Brantly, médico da organização cristã norte-americana Samaritan’s Purse, encontra-se hospitalizado e isolado do resto da equipa no hospital EWLA em Monróvia.

“Brantly é casado e tem dois filhos. O Samaritan’s Purse está empenhado em fazer tudo o que seja possível para ajudar Brantley durante esta alturade crise. Pedimos a todos para rezarem por ele e pela família”, refere a organização num comunicado difundido através da internet.

kent.brantly / Facebook

O médico Kent Brantly, 33 anos, com a famíla

O médico Kent Brantly, 33 anos, com a famíla

O médico é diretor do centro de apoio aos casos de Ébola do Samaritan’s Purse na Libéria, onde a organização mantêm o trabalho em coordenação com as autoridades locais e outros grupos internacionais no sentido de conter a epidemia.

Esta semana, também Sheik Umar Khan, o médico que liderava a luta contra o Ébola na Serra Leoa, foi infectado pelo vírus da doença, encontrando-se internado num hospital em Kailahun, epicentro do surto, no leste do país.

A febre hemorrágica que caracteriza a doença regista um elevado número de mortes.

A Libéria, a Serra Leoa e a Guiné Conacri foram os primeiros países afetados pelo novo surto que está também a atingir a Nigéria que registou na semana passada a primeira morte causada pelo Ébola.

No dia 20 de julho, a Organização Mundial de Saúde indicou que se registaram 1.093 casos durante os últimos seis meses, entre os quais se verificou a morte de 660 pessoas – a pior crise de Ébola de sempre.

O vírus pode afetar as vítimas durante vários dias, causando febre com temperaturas elevadas, dores musculares, vómitos, diarreia e, em alguns casos, hemorragias.

De acordo com os investigadores é possível que o Ébola seja transmissível por animais que foram atacados por morcegos.

O vírus transmite-se aos humanos através de fluídos: sangue e transpiração o que significa que uma pessoa pode facilmente ficar doente apenas por tocar no corpo de uma pessoa infetada.

Não existe vacina contra o Ébola e os pacientes devem ser imediatamente isolados para que o contágio seja evitado.

O primeiro caso foi registado em 1976 no Zaire, atual República Democrática do Congo, tendo a doença adotado o nome de um rio do país.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …