Ébola fora de controle em África. Mais um médico infectado

kent.brantly / Facebook

Equipa de médicos norte-americanos em luta contra o Ébola. À direita, Kent Brantly

Equipa de médicos norte-americanos em luta contra o Ébola. À direita, Kent Brantly.

Um médico norte-americano que faz parte das equipas que se encontram a prestar assistência às vítimas do Ébola na Libéria está infetado pelo vírus.

Kent Brantly, médico da organização cristã norte-americana Samaritan’s Purse, encontra-se hospitalizado e isolado do resto da equipa no hospital EWLA em Monróvia.

“Brantly é casado e tem dois filhos. O Samaritan’s Purse está empenhado em fazer tudo o que seja possível para ajudar Brantley durante esta alturade crise. Pedimos a todos para rezarem por ele e pela família”, refere a organização num comunicado difundido através da internet.

kent.brantly / Facebook

O médico Kent Brantly, 33 anos, com a famíla

O médico Kent Brantly, 33 anos, com a famíla

O médico é diretor do centro de apoio aos casos de Ébola do Samaritan’s Purse na Libéria, onde a organização mantêm o trabalho em coordenação com as autoridades locais e outros grupos internacionais no sentido de conter a epidemia.

Esta semana, também Sheik Umar Khan, o médico que liderava a luta contra o Ébola na Serra Leoa, foi infectado pelo vírus da doença, encontrando-se internado num hospital em Kailahun, epicentro do surto, no leste do país.

A febre hemorrágica que caracteriza a doença regista um elevado número de mortes.

A Libéria, a Serra Leoa e a Guiné Conacri foram os primeiros países afetados pelo novo surto que está também a atingir a Nigéria que registou na semana passada a primeira morte causada pelo Ébola.

No dia 20 de julho, a Organização Mundial de Saúde indicou que se registaram 1.093 casos durante os últimos seis meses, entre os quais se verificou a morte de 660 pessoas – a pior crise de Ébola de sempre.

O vírus pode afetar as vítimas durante vários dias, causando febre com temperaturas elevadas, dores musculares, vómitos, diarreia e, em alguns casos, hemorragias.

De acordo com os investigadores é possível que o Ébola seja transmissível por animais que foram atacados por morcegos.

O vírus transmite-se aos humanos através de fluídos: sangue e transpiração o que significa que uma pessoa pode facilmente ficar doente apenas por tocar no corpo de uma pessoa infetada.

Não existe vacina contra o Ébola e os pacientes devem ser imediatamente isolados para que o contágio seja evitado.

O primeiro caso foi registado em 1976 no Zaire, atual República Democrática do Congo, tendo a doença adotado o nome de um rio do país.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas criam um "relógio" que mede a idade biológica

Dois cientistas do CECAD Cluster of Excellence in Aging Research desenvolveram um método que pode determinar a idade biológica de um organismo com uma precisão sem precedentes. Todos conhecemos a idade cronológica - a nossa idade …

"Das palavras aos atos". Marcelo com mais de 60% de mulheres na sua equipa no segundo mandato

O Presidente da República considerou este domingo que os passos dados para salvaguardar a igualdade de género em Portugal não são ainda suficientes e afirmou que quis passar "das palavras aos atos" com mais mulheres …

Governo dá 19,8 milhões às escolas para testes rápidos. Ensino privado também quer

O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução que permite às escolas e ao setor solidário efetuar despesa na realização de testes rápidos de antigénio à covid-19, num montante global de 19,8 milhões de …

Afinal, abandonar Montijo não obriga a indemnizar ANA (e há quem defenda opção Beja)

A alteração do local do novo aeroporto na sequência da avaliação ambiental estratégica não obriga ao pagamento de qualquer indemnização à ANA. De acordo com o esclarecimento do Ministério das Infraestruturas, uma eventual alteração do local …

Descoberta nova relação entre a biodiversidade dos animais e das florestas

Uma análise ao registo de imagens de 15 reservas de vida selvagem em florestas tropicais revelou uma relação até então desconhecida entre a biodiversidade de vários mamíferos e as florestas em que vivem. As florestas tropicais …

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas, este domingo, num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades. De acordo com dados do Ministério da …

Marques Mendes antecipa desconfinamento a 15 de março. Creches e 1º ciclo são os primeiros a abrir

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes revelou, este domingo, que as creches, pré-escolar e 1º ciclo deverão abrir já a 15 de março. Segundo o comentador, o plano que vai ser …

Olivier Dassault, deputado bilionário francês, morre em acidente de helicóptero

O deputado francês Olivier Dassault, neto do fundador da Dassault Aviation, morreu este domingo, aos 69 anos, num acidente de helicóptero, no nordeste de França, avança a Agência France-Press (AFP). O acidente aconteceu este domingo perto …

Teoria ensinada na escola pode estar errada. Há um "núcleo mais interno" no centro da Terra

Uma equipa de investigadores da Universidade Nacional da Austrália confirmou, rastreando milhares de modelos numéricos, a existência do "núcleo mais interno" nas profundezas da Terra.  Na escola, os estudantes costumam aprender que o planeta Terra é …

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …