E-mails. Não os veja tantas vezes, pela sua saúde

marsmet473a / Flickr

-

Segundo um estudo publicado recentemente por investigadores da Universidade de British Columbia, a prática generalizada de consultar frequentemente os e-mails, bem como outras notificações, pode ser uma fonte de stress adicional.

Se já todos suspeitávamos de alguma coisa em relação a isto (se pesquisar no Google por dicas para reduzir o stress e a ansiedade, muitos dos resultados aconselham a controlar melhor esta compulsão), foi mesmo necessário um estudo que viesse validar esta hipótese.

O universo de estudo consistiu num grupo de 125 voluntários (estudantes, analistas financeiros e médicos, entre outras categorias profissionais), que os investigadores decidiram dividir em dois grupos distintos.

O primeiro foi instruído a limitar a consulta dos e-mails (ao dia ou à semana) para três vezes, enquanto que o segundo continuou a consultá-los da forma mais convencional – constantemente, de forma rápida.

Os participantes foram, depois, questionados relativamente aos seus níveis de stress.

As conclusões, como o leitor poderá imaginar, ditaram que há uma relação entre a limitação da consulta de e-mails e a redução dos níveis de stress dos participantes.

A solução é simples: pare de os verificar tantas vezes.

Contudo, e os próprios investigadores reconhecem-no, é mais fácil falar do que fazer. Os incentivos, no entanto, devem falar por si.

Kostadin Kushlev, principal autor do estudo, viu em si mesmo as motivações para dar início a esta investigação: deu por si próprio a verificar constantemente e-mails, que pareciam nunca parar de chegar, num fluxo praticamente contínuo.

A limitação, afirma, permitiu-lhe reduzir os seus níveis de stress. Kushlev acredita também que as próprias empresas deveriam motivar os funcionários a limitar a consulta dos seus e-mails.

Os resultados foram publicados na Computers in Human Behaviour.

Por isso, já sabe: concentre-se no que tem a fazer agora e deixe as notificações – e isto é válido também para notificações de redes sociais – para mais tarde.

Lauro Lopes, Telemóveis.com

PARTILHAR

RESPONDER

Comissão nos EUA desaconselha terceira dose da Pfizer a maiores de 16 anos

Uma comissão consultiva da agência reguladora dos EUA para os medicamentos e a alimentação (FDA, na sigla em inglês) pronunciou-se esta sexta-feira contra a aplicação de uma terceira dose da vacina Pfizer contra a covid-19 …

Santos Silva quer preços da eletricidade na agenda da UE

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, defendeu esta sexta-feira que a União Europeia (UE) tem de colocar em agenda o problema do aumento dos preços da eletricidade no continente, alertando que a reação …

Já há uma calculadora que prevê o risco de se ser infetado com covid-19 (em diversos cenários)

Já existe uma ferramenta online que calcula o risco de se ser infetado com covid-19. Chama-se microCOVID, baseia-se em dados recentes, analisa diferentes cenários e foi desenvolvida por um grupo de amigos. Numa altura em que …

Alargamento de teletrabalho não deve abranger empresas de menor dimensão

O Governo defendeu esta sexta-feira, na Concertação Social, que "as empresas de menor dimensão" devem ficar excluídas da medida que prevê o alargamento do teletrabalho a pais com filhos menores de oito anos, sempre que …

Costa acusa oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR

O secretário-geral do PS, António Costa, acusou esta sexta-feira a oposição de “absoluta impreparação” por não saber o que é o PRR, nem a “missão patriótica” que consiste em pô-lo “em marcha para o bem …

Asteroide que dizimou dinossauros permitiu que as cobras evoluíssem (e se espalhassem pelo mundo)

As cobras devem, em parte, o seu sucesso na Terra ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, aponta um novo estudo. Além da extinção dos dinossauros …

Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono. Os …

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …