Duterte encoraja os filipinos a matar bispos católicos (porque são uns “bastardos inúteis”)

Mast Irham / EPA

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, atacou novamente os bispos católicos ao afirmar que “são inúteis” e encorajou matá-los, num país onde 85% da população é católica.

“Os vossos bispos, matem-nos. Esses bastardos não servem para nada. A única coisa que sabem fazer é criticar”, disse na quarta-feira à noite o presidente em discurso em Manila, cuja transcrição foi divulgada esta quinta-feira pelo escritório presidencial.

Num ato posterior, o presidente afirmou que a Igreja Católica é a instituição “mais hipócrita do mundo” e garantiu que 90% dos seus sacerdotes são homossexuais.

A Conferência dos Bispos Católicos das Filipinas recusou responder aos comentários de Duterte: “Não queremos acrescentar mais lenha à fogueira. Qualquer comentário só exageraria o assunto”, escreveu esta quinta-feira em comunicado o porta-voz da conferência episcopal, Jerome Seciliano.

O porta-voz da Presidência, Salvador Panelo, defendeu que as palavras de Duterte não devem ser entendidas como algo literal, mas usou a “hipérbole” para conseguir um “efeito mais dramático” nos seus comentários.

Há apenas duas semanas, o presidente insultou de novo bispos e sacerdotes católicos, com os quais trava uma batalha verbal há mais de um ano, ao declarar aos filipinos que não deveriam ir à igreja para “pagarem a idiotas”.

“Construam uma capela nas vossas próprias casas e rezem lá, assim não há necessidade de ir à igreja para pagar a esses idiotas”, disse Rodrigo Duterte, no fim do mês passado.

O Presidente das Filipinas destacou que as “crenças católicas são arcaicas” e que os seus ensinamentos não podem ser aplicados ao presente porque estão reféns de uma fé com três mil anos. “O que é que eles sabem sobre o mundo de hoje? Como é que pessoas há três mil anos podem prever ou projetar o que está a acontecer agora?, interrogou.

Já em junho, o Presidente filipino referiu-se a Deus como um “estúpido filho da mãe”. “Agora todos nós nascemos com o pecado original. Nascer é um ato cometido pela nossa mãe e pai”, continuou. Ainda nem nascemos, mas já temos o pecado original. Que tipo de religião é esta? Não posso aceitá-la”, afirmou.

O confronto entre o Presidente das Filipinas e a Igreja Católica remonta a fevereiro de 2017, quando a conferência episcopal criticou a sangrenta guerra contra as drogas, apelidando-a de “reinado de terror”, uma posição à qual Duterte reagiu com insultos dirigidos aos bispos.

ZAP // EFE

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. De vez em quando, até os loucos acertam!!
    Tem toda a razão quando diz que os bispos (e a máfia da igreja em geral), são uns parasitas inúteis…
    Tenho que concordar com a maioria do que este louco das Filipinas diz sobre a igreja e acho que a igreja faz tanta falta no mundo como o cancro!…

  2. realmente é um grande louco, mas nisto têm razão, andar a sustentar uma cambada de panelei…gays que não são precisos para nada, embutem o medo de deus para absorver dinheiro e viveram nos luxus, á custas das pobres mentalidades, quem acredita em deuses é maluco, porque senão não morriam crianças inocentes e também adultos, deus já tinha arranjado cura para o cancro, corja de malandros, se é religião porque se envolvem em politica, nos tempos antigos matavam pessoas para os deuses, hoje pedem dinheiro, tenho dito, eu pecador há há há.

RESPONDER

João Félix coloca Benfica nas meias-finais da Taça

Um golo de João Félix, aos 14 minutos, bastou para o Benfica garantir hoje o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, no encontro dos quartos de final com o Vitória de …

Hernâni marca no final do prolongamento e apura FC Porto para as 'meias' da Taça

O FC Porto, da I Liga, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, após derrotar no prolongamento o Leixões, da II Liga, por 2-1, com Hernâni a fazer o golo do …

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …