Duterte “divorcia-se” dos EUA e junta-se à China

Mast Irham / EPA

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, anunciou a “separação” económica das Filipinas com os Estados Unidos, declarando que se realinhou com as ideologias da China.

Duterte está em Pequim, na China, para abrir caminho ao que classifica como “uma nova aliança comercial”, numa altura em que as relações com os EUA se deterioram.

“Agora a América perdeu. Estou a realinhar-me com o fluxo ideológico da China e talvez vá à Rússia conversar com [o presidente russo, Vladimir] Putin e lhe diga que há três de nós contra o mundo – China, Filipinas e Rússia. É o único caminho”, acrescentou.

De acordo com a agência EFE, a China e Filipinas assinaram, esta quinta-feira, 13 acordos sobre investimentos, finanças, energia, agricultura, imprensa, turismo, luta antidrogas, vigilância marítima e infraestruturas.

O secretário de Comércio filipino, Ramón López, anunciou que, no total, serão assinados acordos no valor de 13,5 mil milhões de dólares.

Rodrigo Duterte reuniu-se com o presidente chinês, Xi Jinping, no Grande Salão do Povo, após a cerimónia militar com a qual a China dá as boas-vindas aos líderes estrangeiros.

“Isto é verdadeiramente um marco para as relações sino-filipinas”, afirmou Xi Jinping, destacando que “gerir as diferenças no âmbito do Mar do Sul da China, através do diálogo, é uma base importante para o crescimento saudável e estável das relações com as Filipinas”.

A disputa territorial no Mar do Sul da China (pelo atol de Scarborough ou ilhas Spratly), tem prejudicado as relações entre os dois países nos últimos anos, mas os líderes parecem querer resolver a situação de forma menos conflituosa.

“As nuvens estão a afastar-se. O sol levanta-se no horizonte e irá brilhar de forma bela sobre o novo capítulo das relações bilaterais”, disse o embaixador chinês em Manila, Zhao Jianhua.

A visita de Duterte à China reflete o interesse do presidente filipino em aproximar-se de Pequim, enquanto multiplica as críticas aos EUA – o seu principal aliado militar no último século.

Cerca de dois mil soldados norte-americanos e filipinos realizaram os últimos treinos militares conjuntos entre os dois países, que terminaram na primeira semana de outubro.

“Já dei tempo suficiente aos americanos para brincarem com os soldados filipinos”, afirmou Duterte.

O líder filipino destaca que os EUA não fornecem às Filipinas as armas necessárias, inclusive mísseis, e espera que a China possa ajudar o país na luta contra o terrorismo.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …