Duterte “divorcia-se” dos EUA e junta-se à China

Mast Irham / EPA

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, anunciou a “separação” económica das Filipinas com os Estados Unidos, declarando que se realinhou com as ideologias da China.

Duterte está em Pequim, na China, para abrir caminho ao que classifica como “uma nova aliança comercial”, numa altura em que as relações com os EUA se deterioram.

“Agora a América perdeu. Estou a realinhar-me com o fluxo ideológico da China e talvez vá à Rússia conversar com [o presidente russo, Vladimir] Putin e lhe diga que há três de nós contra o mundo – China, Filipinas e Rússia. É o único caminho”, acrescentou.

De acordo com a agência EFE, a China e Filipinas assinaram, esta quinta-feira, 13 acordos sobre investimentos, finanças, energia, agricultura, imprensa, turismo, luta antidrogas, vigilância marítima e infraestruturas.

O secretário de Comércio filipino, Ramón López, anunciou que, no total, serão assinados acordos no valor de 13,5 mil milhões de dólares.

Rodrigo Duterte reuniu-se com o presidente chinês, Xi Jinping, no Grande Salão do Povo, após a cerimónia militar com a qual a China dá as boas-vindas aos líderes estrangeiros.

“Isto é verdadeiramente um marco para as relações sino-filipinas”, afirmou Xi Jinping, destacando que “gerir as diferenças no âmbito do Mar do Sul da China, através do diálogo, é uma base importante para o crescimento saudável e estável das relações com as Filipinas”.

A disputa territorial no Mar do Sul da China (pelo atol de Scarborough ou ilhas Spratly), tem prejudicado as relações entre os dois países nos últimos anos, mas os líderes parecem querer resolver a situação de forma menos conflituosa.

“As nuvens estão a afastar-se. O sol levanta-se no horizonte e irá brilhar de forma bela sobre o novo capítulo das relações bilaterais”, disse o embaixador chinês em Manila, Zhao Jianhua.

A visita de Duterte à China reflete o interesse do presidente filipino em aproximar-se de Pequim, enquanto multiplica as críticas aos EUA – o seu principal aliado militar no último século.

Cerca de dois mil soldados norte-americanos e filipinos realizaram os últimos treinos militares conjuntos entre os dois países, que terminaram na primeira semana de outubro.

“Já dei tempo suficiente aos americanos para brincarem com os soldados filipinos”, afirmou Duterte.

O líder filipino destaca que os EUA não fornecem às Filipinas as armas necessárias, inclusive mísseis, e espera que a China possa ajudar o país na luta contra o terrorismo.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …

Filipe Santos volta a fazer história ao bater recorde do Mundo de natação adaptada

Filipe Santos voltou a fazer história. O nadador algarvio bateu o recorde do Mundo na prova dos 25 metros mariposa, na Classe SM21 - Síndrome de Down, durante o Campeonato de Inverno de Natação Adaptada. …