Duterte “divorcia-se” dos EUA e junta-se à China

Mast Irham / EPA

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente das Filipinas, Rodrigo Roa Duterte

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, anunciou a “separação” económica das Filipinas com os Estados Unidos, declarando que se realinhou com as ideologias da China.

Duterte está em Pequim, na China, para abrir caminho ao que classifica como “uma nova aliança comercial”, numa altura em que as relações com os EUA se deterioram.

“Agora a América perdeu. Estou a realinhar-me com o fluxo ideológico da China e talvez vá à Rússia conversar com [o presidente russo, Vladimir] Putin e lhe diga que há três de nós contra o mundo – China, Filipinas e Rússia. É o único caminho”, acrescentou.

De acordo com a agência EFE, a China e Filipinas assinaram, esta quinta-feira, 13 acordos sobre investimentos, finanças, energia, agricultura, imprensa, turismo, luta antidrogas, vigilância marítima e infraestruturas.

O secretário de Comércio filipino, Ramón López, anunciou que, no total, serão assinados acordos no valor de 13,5 mil milhões de dólares.

Rodrigo Duterte reuniu-se com o presidente chinês, Xi Jinping, no Grande Salão do Povo, após a cerimónia militar com a qual a China dá as boas-vindas aos líderes estrangeiros.

“Isto é verdadeiramente um marco para as relações sino-filipinas”, afirmou Xi Jinping, destacando que “gerir as diferenças no âmbito do Mar do Sul da China, através do diálogo, é uma base importante para o crescimento saudável e estável das relações com as Filipinas”.

A disputa territorial no Mar do Sul da China (pelo atol de Scarborough ou ilhas Spratly), tem prejudicado as relações entre os dois países nos últimos anos, mas os líderes parecem querer resolver a situação de forma menos conflituosa.

“As nuvens estão a afastar-se. O sol levanta-se no horizonte e irá brilhar de forma bela sobre o novo capítulo das relações bilaterais”, disse o embaixador chinês em Manila, Zhao Jianhua.

A visita de Duterte à China reflete o interesse do presidente filipino em aproximar-se de Pequim, enquanto multiplica as críticas aos EUA – o seu principal aliado militar no último século.

Cerca de dois mil soldados norte-americanos e filipinos realizaram os últimos treinos militares conjuntos entre os dois países, que terminaram na primeira semana de outubro.

“Já dei tempo suficiente aos americanos para brincarem com os soldados filipinos”, afirmou Duterte.

O líder filipino destaca que os EUA não fornecem às Filipinas as armas necessárias, inclusive mísseis, e espera que a China possa ajudar o país na luta contra o terrorismo.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Há risco de irrealismo no preço das casas em Lisboa e Porto, alerta a Moody's

A Moody's prevê que os preços das casas continuem a subir em Portugal, mas adianta que em algumas zonas os aumentos não foram normais. De acordo com a agência de rating Moody's, os preços das casas …

PSD quer cortar metade do IRS dos senhorios nos contratos com mais de 10 anos

O PSD leva esta quinta-feira à Assembleia da República dez projetos-lei sobre habitação e arredamento. Um dos projetos que vai a votos propõe que se reduza a taxa de IRS para senhorios em metade nos …

Antiga Feira Popular dá "jackpot" à Câmara de Lisboa. Medina quer gastar em casas acessíveis

A Câmara de Lisboa arrecadou esta quarta-feira mais 85,5 milhões do que estimava no leilão dos terrenos de Entrecampos, dinheiro que será investido em habitação a custos acessíveis, adiantou o presidente, Fernando Medina "O resultado desta …

Um cometa verde vai passar pela Terra na segunda-feira (e qualquer pessoa vai poder vê-lo)

A cada 5,4 anos, o cometa 46P/Wirtanen orbita o Sol, passando pelos céus da Terra durante o caminho. Este ano, a sua visita é este mês. Geralmente, o cometa 46P/Wirtanen está demasiado longe para o podermos …

May consegue adiar a sua queda, mas não tira o Brexit da corda bamba

Mais de treze horas de incerteza em que o coração de Theresa May voltou a bater depressa demais. A primeira-ministra sobreviveu à moção de censura, mas tem pela frente mais um osso duro de roer: …

Ministra da Saúde reage às demissões no D. Estefânia (e acaba por criticar a sua secretária de Estado)

A ministra da Saúde, Marta Temido, assumiu esta quarta-feira que o Hospital pediátrico D. Estefânia é “uma das jóias da coroa” e não pode ser desfalcado, mas lembrou que “não abundam pediatras no país” e …

Sócios do Sporting vão decidir em AG se Bruno de Carvalho continua suspenso

Os sócios do Sporting vão decidir no sábado em Assembleia Geral se Bruno de Carvalho vai permanecer suspenso, na apreciação do recurso do ex-presidente do clube. Da ordem de trabalho para a reunião magna, marcada para …

CDS cola Governo de Costa a Sócrates. "Um país a cair aos pedaços"

O CDS-PP "colou" nesta quarta-feira vários ministros de António Costa ao Governo de José Sócrates, responsabilizando-os pelos problemas financeiros que dificultam a recuperação de infraestruturas de "um país a cair aos pedaços". "As infraestruturas públicas estão, …

Stormy Daniels condenada a pagar 257 mil euros a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares, cerca de 257 mil euros, a Donald Trump para cobrir os gastos do Presidente dos EUA com a justiça. A atriz pornográfica Stormy Daniels, cujo nome real …

Denúncia de praxes violentas na Escola Naval. "Tortura do sono" e "sacos na cabeça"

A Marinha recebeu há alguns dias queixas de pais que, sob anonimato, denunciaram alegadas praxes violentas sobre alunos do 1.º ano da Escola Naval. De acordo com os relatos, esta quinta-feira divulgados pelo Diário de Notícias, …