Drácula é o maior e o mais forte pterodátilo encontrado até hoje

(dr) Frederik Spindler / Altmühltal Dinosaur Museum

Há 9 anos, cientistas descobriram os ossos de uma nova espécie de pterossauro, com uma constituição física diferente de outras espécies já conhecidas. Os restos mortais permitiram demonstrar que Dracula é mesmo o maior e o mais forte pterodátilo encontrado até hoje.

Os pterossauros, primos dos dinossauros, podem não ter respirado fogo como os dragões da mitologia, mas com os seus membros fortes e esqueletos leves, foram os primeiros vertebrados a voar.

Ao contrário dos morcegos, que têm três dedos embutidos nas asas e um dedo livre para escalar, os pterossauros tinham um dedo alongado que formava a borda frontal de cada asa e três dedos expostos para correr e escalar.

Algumas espécies já conhecidas tinham rabos que os cientistas acreditam que foram usados para ajudar a manobrar, mas desapareceram à medida que os pterossauros evoluíram para pássaros maiores.

Em 2009, cientistas romenos descobriram os ossos de uma nova espécie de pterossauro na Transilvânia, e apelidaram-na de Drácula. Através dos fragmentos dos ossos encontrados, conseguiram reconstruir um modelo da criatura, que afirmam ser o maior o mais forte pterodátilo encontrado até hoje.

De acordo com os cientistas, esta criatura atingia os 3,5 metros de altura e cerca de 12 metros de envergadura. A reconstrução está agora em exibição como parte de uma nova exposição de pterossauros – “Imperadores dos Céus” – no Museu de Dinossauros Altmühltal em Denkendorf, na Alemanha. A exposição mostra também os ossos encontrados.

O pescoço era da largura de um homem adulto“, disse Mátyás Vremir, paleontologista e membro da Sociedade dos Museus da Transilvânia, citado pela Exame.

(dr) Axel Schmidt / Altmühltal Dinosaur Museum

Esta criatura atingia os 3,5 metros de altura e cerca de 12 metros de envergadura.

Os cientistas não têm a certeza se os pterossauros conseguiriam realmente voar. Segundo a informação introdutória da exposição, citada pelo Scientific American, não há provas científicas do contrário. No entanto, Drácula apresenta uma articulação no pulso que difere muito de outras espécies, o que pode significar que não foi feito para voar.

No entanto, um animal do tamanho de uma pequena aeronave no céu, seria certamente um espetáculo bonito de se ver (além de nos proporcionar sombras gigantescas em terra).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …