Dormir pouco ou mal aumenta risco de diabetes

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono (APCMS), Miguel Meira e Cruz, alertou que dormir pouco ou mal pode aumentar o risco de desenvolver diabetes.

O alerta da associação surgiu no sentido de assinalar o Dia Mundial da Diabetes, que se comemorou este sábado, uma doença cuja prevalência voltou a aumentar em Portugal em 2014, atingindo 13,1% da população, mais de um milhão de portugueses.

Em declarações à agência “Lusa”, Miguel Meira e Cruz afirmou que existe alguma evidência de que os doentes com sono mais curto (menos de seis horas) têm “uma maior prevalência de problemas relacionados com o metabolismo glicémico”.

“É um risco a privação do sono, seja voluntária ou causada por outras doenças do sono”, como a apneia obstrutiva do sono ou as insónias”, disse o especialista, lembrando que a diabetes é responsável por quase 9% da mortalidade por todas as causas no mundo, sendo que em Portugal é de cerca de 4,5%.

“Existe, de facto, uma necessidade de tentar reverter estes números. Claro que não é só com o sono”, mas com o controlo da obesidade, a redução do colesterol e com atividade física.

Meira e Cruz citou um estudo realizado em 2012, que envolveu 31 doentes que foram submetidos a polissonografia, um exame de referência para estudo do sono.

O especialista e co­autor do estudo explicou que quando comparados dois grupos de não diabéticos, um com elevação da glicemia em jejum e outro sem essa alteração, verificou-se que os doentes do grupo com valores elevados demoravam mais tempo a adormecer e muitos preenchiam critérios clínicos de insónia.

À medida que o tempo de sono profundo diminuiu, aumentaram os níveis de glicemia em jejum, observou o estudo.

“Embora um estudo não dite regras, o que impressionou neste trabalho foram as alterações que se registaram naquela etapa que é o início da doença metabólica conhecida por diabetes, ainda por cima, num grupo que é relativamente negligenciado do ponto de vista clínico, porque é considerado normal”, sublinhou.

Além disso, advertiu ainda que “o impacto da privação de sono é mais grave em doenças que, para além de fragmentarem o sono, interferem diretamente com o metabolismo através dos seus fatores de risco, como sucede nas perturbações respiratórias associadas ao sono”.

Muitas vezes as pessoas esquecem-se da importância de dormir bem.

“As pessoas trabalham cada vez mais, até mais tarde” os jovens “ficam frequentemente até altas horas” a estudarem ou a divertirem-se, “comprometendo o sono, porque o despertador toca à mesma hora”.

Estes descuidos têm impactos na saúde, sobretudo à medida que a idade avança.

Além de maus comportamentos, existem outras alterações que condicionam o processo de sono, como a síndrome de apneia obstrutiva do Sono, que atinge cerca de 17% dos homens e 9% das mulheres.

Move

PARTILHAR

RESPONDER

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …