Dormir mais de 8 horas pode estar associado a problemas cardiovasculares

É certo que dormir o suficiente é fundamental para nos mantermos saudáveis, mas dormir demasiado pode estar ligado a um maior risco de contrair problemas cardíacos e até a um maior risco de mortalidade.

Na verdade, dormir demasiado não mata diretamente mas, passar muito tempo na cama pode ser um sintoma de um outro problema ou pode mesmo piorar outros problemas de saúde já existentes, aponta um novo estudo, publicado na semana passada no Journal of the American Heart Association.

A equipa de cientistas que conduziu a investigação afirma que devemos prestar mais atenção ao sono em excesso, alertando que reduzindo as noites de sono para as recomendadas 7 ou 8 horas pode acabar por reduzir significativamente a probabilidade de contrair problemas de saúde mais tarde.

“As nossas conclusões revelam implicações importantes, apontando que os médicos devem ter em consideração, quando exploram o sono nas consultas, o tempo e a qualidade do sono”, considerou Chun Shing Kwok, um dos investigadores.

“Se forem encontrados padrões de sono excessivos, com durações prolongadas de 8 horas ou mais, os médicos devem considerar o rastreamento de fatores de risco cardiovascular e a apneia obstrutiva do sono – um distúrbio grave do sono que se dá quando a pessoa está a dormir”, revelou.

Ou seja, se os pacientes passam muitas horas a dormir, vale a pena os médicos investigarem – principalmente se o sono for longo, mas não refrescante.

Aumento no risco morte

Para a pesquisa, foram analisados 74 estudos anteriores que avaliaram a duração e a qualidade do sono, bem como a taxa de mortalidade e a saúde cardiovascular. No total, os estudos contavam com 3 milhões de participantes.

Os investigadores descobriram que a duração média de sono de 10 horas por noite está associada a um aumento de 30% na taxa de mortes prematuras, comparativamente com os sonos de 7 ou 8 horas.

A média de 10 horas de sono também representa um aumento de 56% no risco de morte por acidente vascular cerebral (AVC) e um aumento de 49% por doença cardiovascular. A  má qualidade do sono, implicava um aumento de 44% no risco de mortalidade por doença coronária.

Mesmo considerando uma grande amostra, o estudo apresenta algumas limitações. O facto do sono ser relatado pelos próprios pacientes e não medido em laboratório é uma das principais. Por isso, o estudo não é totalmente preciso.

Por tudo isto, os investigadores não podem dizer que há uma relação direta entre dormir mais de 8 horas e sono e ter uma morte prematura.

Importa ainda salientar que há vários fatores de diferente natureza que afetam o sono por isso, a investigação sobre o tema vai continuar. “O sono afeta-nos a todos. A sua quantidade e qualidade é um assunto complexo”, concluiu Kwok.

PARTILHAR

RESPONDER

China proíbe a venda de vários modelos de iPhone (e as ações da Apple caem)

As ações da gigante norte-americana Apple sentiram uma queda de 1,7% na bolsa de Nova Iorque depois de o Tribunal de Fuzhou, na China, ter proibido a venda de alguns modelos de iPhone no país. …

Suspeito da morte de Maëlys admite ter filmado agressões sexuais a crianças

O principal suspeito da morte da jovem lusodescendente Maëlys de Araújo admitiu ter filmado agressões sexuais contra a afilhada e a prima, de quatro e seis anos de idade, respetivamente, antes de, alegadamente, matar a …

Preço do bilhete para visitar o Taj Mahal sobe 400% (para os indianos)

Os especialistas alertam que o fluxo de pessoas está a causar danos irreversíveis ao monumento emblemático mais importante da Índia. O preço do bilhete para os visitantes indianos do Taj Mahal foi aumentado em 400%, na …

Morreu Gérman, o último habitante das ilhas Ciés

Germán Luaces Freijeiro, de 54 anos, instalou-se no arquipélago de Cíes, localizado na foz do estuário de Vigo, em meados dos anos 90 e nunca mais se voltou a mudar. Vivia sozinho naquelas ilhas onde acolhia …

Atentado no Mercado de Natal de Estrasburgo faz quatro mortos e nove feridos

Um tiroteio que ocorreu esta terça-feira na cidade francesa de Estrasburgo, no local onde ocorre o Mercado de Natal, fez pelo menos quatro mortos e nove feridos, anunciou a autarquia local. A Câmara Municipal de Estrasturgo …

Galatasaray vs Porto | Eficácia dá vitória e record de pontos

O FC Porto não abranda e somou a 12ª vitória consecutiva em todas as competições. Na deslocação ao terreno do Galatasaray, em jogo da sexta jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, os “dragões” tiveram …

"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"

O Turismo está "a cumprir bem" o seu papel no combate ao despovoamento, considera o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado, que vaticina que "o luxo do século XXI vai ser o Interior de Portugal". O …

Mãe tenta vender virgindade da filha na Internet por 21 mil euros

Uma mãe pôs à venda a virgindade da filha de 13 anos na Internet por 21.200 euros. A mulher chegou a enviar fotografias de carácter sexual da filha ao comprador, mas não esperava o desfecho …

Há polícias a dormir no carro devido aos preços dos quartos

Sem dinheiro para arrendar quartos, face aos preços praticados, "há polícias a dormir dentro de carros", denuncia o Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP). Acabados de formar na Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, os …

António Lobo Antunes lamenta que Portugal e Espanha não sejam o mesmo país

O escritor António Lobo Antunes lamentou que portugueses e espanhóis não sejam cidadãos do mesmo país, numa entrevista dada ao jornal catalão La Vanguardia no âmbito da Feira Internacional do Livro de Guadalajara e publicada …