Dois mortos e um ferido no Boom Festival de Idanha-a-Nova

Duas pessoas que estavam no Boom Festival, que decorre em Idanha-a-Nova desde quinta-feira, entraram em paragem cardiorrespiratória e acabaram por morrer durante o transporte para o Hospital de Castelo Branco, foi hoje anunciado.

De acordo com a GNR de Castelo Branco, desconhecem-se as causas que estiveram na origem da morte das duas pessoas.

“Os dois homens, um chinês e um holandês, foram assistidos no posto de saúde que está montando no festival. No trajeto para o hospital de Castelo Branco acabaram por falecer, desconhecendo-se as causas da morte”, disse hoje à agência Lusa o tenente-coronel Fernando Miranda.

Em comunicado, a organização do Boom Festival confirma a ocorrência com dois visitantes e refere que ambos entraram em paragem cardiorrespiratória.

“As vítimas foram prontamente assistidas pelas equipas médicas presentes em permanência no evento, tendo sido imediatamente acompanhadas ao hospital de Castelo Branco”, lê-se no documento.

A organização adianta ainda que foi informada de que ambas as vítimas não resistiram, tendo falecido no hospital, “sendo prematuro avançar as causas de morte“.

A organização do Boom Festival lamenta a morte dos dois visitantes e mostra-se disponível para prestar todo o apoio às famílias e às autoridades.

Em declarações à Lusa, a GNR de Castelo Branco confirmou também a presença no hospital de Castelo Branco, sob a custódia da GNR, de uma terceira pessoa, de nacionalidade portuguesa, com indícios de ter droga no organismo.

Já esta segunda-feira, a GNR de Castelo Branco adiantou que segundo as últimas informações recolhidas, o jovem já expeliu 42 “bolotas” de haxixe que tinha no organismo.

“A última informação que temos é que já tinham recolhido 42 bolotas de haxixe, apesar de o jovem alegar que tinha ingerido 69“, explicou o tenente-coronel Fernando Miranda.

Este responsável adiantou ainda que o homem quando tiver alta hospitalar vai ser detido e presente a tribunal.

Segundo a GNR, presume-se que o homem hospitalizado seja uma “mula”, transportando droga ilegalmente para outros dois indivíduos que têm andado na zona do Boom Festival e que já se encontravam sob a vigilância das autoridades.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pena foi o português ter escapado como é pena que qualquer um que consuma droga escape, toda envenenada seria uma ótima solução, o problema deste mal já estaria resolvido há muito tempo se assim fosse certamente e quem negoceia com ela deveria ser pena de morte.

  2. o pessoal nao sabe meter cenas como deve ser e depois tombam que nem tordos.

    drogaria e sempre a quem confiamos e de qualidade fdx

RESPONDER

Cientistas desenvolveram mini-cérebros (quase) humanos

Cientistas norte-americanos enviaram para a Estação Espacial Internacional (EEI) aglomerados de células nervosas, chamadas de mini-cérebros, que estão, agora, a desenvolver-se de formas que os investigadores não imaginavam ser possível. Os organóides foram criados a partir …

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …