Dois meses depois, Bob Dylan agradece prémio Nobel da Literatura

Pete Souza / White House

Bob Dylan, Nobel da Literatura 2016

Bob Dylan, Nobel da Literatura 2016

A Fundação Nobel anunciou esta segunda-feira ter recebido o discurso de agradecimento do músico norte-americano Bob Dylan, dois meses depois de ter sido distinguido com o prémio da Literatura.

Dylan tinha já informado a Academia Sueca de que não estará na cerimónia de entrega dos prémios. “O laureado da Literatura do ano, Bob Dylan, não vai participar na semana Nobel, mas enviou um discurso que será lido durante a cerimónia” de entrega dos prémios, no dia 10 deste mês, indicou a Fundação em comunicado.

Desde que a Academia Sueca decidiu atribuir o prémio ao músico, Bob Dylan provou ser um laureado caprichoso. Não recusou o prémio, mas no dia do anúncio da atribuição do Nobel, a 13 de outubro, deu um concerto em Las Vegas sem dizer uma palavra sobre o assunto.

Aos 75 anos, Bob Dylan foi o primeiro cantor a receber o prestigiado prémio, uma decisão que surpreendeu os meios culturais que apostavam numa escolha mais convencional. Dylan foi galardoado com o Nobel da Literatura por criar “novas expressões poéticas dentro da grande tradição da canção norte-americana”.

Depois de tentar entrar em contato com o músico sem sucesso durante vários dias, a Academia Sueca finalmente desistiu, enquanto um dos seus membros, o escritor Per Wästberg, chamou Dylan de “rude” e “arrogante” – uma posição da qual a instituição se desmarcou.

No final de outubro, enfim, ao ser questionado sobre a sua participação na cerimónia da entrega dos prémios e no tradicional banquete, Dylan afirmou ao jornal britânico Daily Mail: “Seguramente. Desde que seja possível“.

Numa conversa por telefone com Sara Danius, secretária permanente da Academia, Dylan finalmente aceitou e agradeceu o Prémio Nobel, que o deixou “sem palavras”. No entanto, numa carta enviada à Academia Sueca a 16 de novembro, o músico mudou de ideias, por ter “outros compromissos”.

Na cerimónia de entrega de prémios, a norte-americana Patti Smith, admiradora de Bob Dylan, vai interpretar uma das suas canções “A Hard Rain’s A-Gonna Fall“.

De acordo com a Academia Sueca, há “fortes possibilidades de que o laureado venha a Estocolmo no próximo ano”, durante o primeiro semestre, e aproveite para fazer o discurso de aceitação do prémio.

Embora não seja obrigatório que o premiado esteja na cerimónia de entrega do prémio, a Academia Sueca prevê a necessidade de o vencedor dar uma palestra para ter acesso às oito mil coroas suecas (cerca de 800 mil euros), segundo a Agência EFE.

ZAP / Lusa / ABr

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Vários artigos sob Bob Dylan publicados em Gunderedo Angop. É fácila a sua leitura +ara interessados no assunto.
    Muchas gratias!.
    By Gunderedo

RESPONDER

"Agiu com responsabilidade, legalidade e integridade". Boris Johnson segura assessor

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, apoiou este domingo o seu principal conselheiro, Dominic Cummings, acusado de violar as regras de confinamento impostas para combater a pandemia covid-19, assegurando que o assessor agiu legalmente e com …

Dieselgate. Volkswagen condenada a indemnizar cliente

A justiça alemã condenou hoje a Volkswagen a indemnizar em parte um cliente que comprou um automóvel equipado com um motor diesel falsificado, numa sentença que deve influenciar dezenas de milhares de processos cinco anos …

Caso prazo das moratórias não seja alargado "terão de ser criadas outras medidas extraordinárias"

Caso as "as moratórias dos créditos não forem prolongadas, ou o Governo ou a Assembleia da República terão de criar outras medidas extraordinárias para as apoiar", disse a coordenadora do Gabinete de Proteção Financeira (GPF) …

Santuário de Fátima retoma no sábado celebrações com presença de peregrinos

O Santuário de Fátima vai retomar as celebrações com a presença de peregrinos a partir de sábado, garantindo as condições de segurança para o maior número de pessoas. O Santuário de Fátima, no concelho de Ourém, …

Ex-ministro da Saúde da Bolívia em prisão preventiva por suspeitas de corrupção

O ex-ministro da Saúde da Bolívia foi detido, na semana passada, por suspeita de corrupção na compra de ventiladores. O ex-ministro da Saúde da Bolívia, detido na última semana por suspeita de corrupção na compra a …

OMS considera cada vez mais improvável segunda grande vaga

A diretora do departamento de Saúde Pública da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que é "cada vez mais" improvável uma segunda grande vaga do novo coronavírus, mas aconselhou muita prudência. Em entrevista à rádio …

Açores reabrem creches e jardins de infância. Aulas de 11.º e 12.º também em São Miguel

As respostas sociais, encerradas devido à pandemia, reabrem esta segunda-feira no Pico, Faial, Terceira e São Jorge, e na ilha de São Miguel são retomadas as aulas dos 11.º e 12.º anos para alunos inscritos …

"Há muita gente a passar fome" no sector das Artes (alguns artistas receberam 50 euros de apoio)

Não vai haver condições para abrir muitas salas de espectáculos a 1 de Junho, como está permitido, alerta-se no sector das Artes, onde há "há muita gente a passar fome". Alguns artistas só conseguiram receber …

Cancelamento de consultas leva a quebra de vacinação contra a pneumonia

O cancelamento ou adiamento de milhares de consultas levou a uma quebra na vacinação contra a pneumonia. É preciso "voltar a dar confiança às pessoas para que regressem aos estabelecimentos de saúde", apela o Mova. De …

Há 11.636 casos activos de covid-19 em Portugal (e duas crianças nos Cuidados Intensivos)

Portugal regista esta segunda-feira 1.330 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 30.788 infectados, mais 165, segundo o boletim da Direcção-Geral da Saúde (DGS). Há duas crianças internadas nos Cuidados …