Autocarros de dois andares poderão deixar de circular na faixa Bus na Av. da Liberdade

Fernando Medina admitiu esta quinta-feira a possibilidade de os autocarros de dois andares poderem deixar de circular na faixa ‘Bus’ da Avenida da Liberdade, em Lisboa.

Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, admitiu esta quinta-feira a possibilidade de os autocarros de dois andares poderem deixar de circular na faixa ‘Bus’ da Avenida da Liberdade, de modo a evitar acidentes que possam envolver árvores. Primeiramente, o autarca admite avançar com a “avaliação da situação das árvores”, para depois o município tomar uma decisão.

Questionado sobre a responsabilidade da manutenção e da gestão do património arbóreo na Avenida da Liberdade, pelo vereador do CDS-PP João Gonçalves Pereira, Medina respondeu ue a solução pode passar pela “intervenção de poda sobre as árvores”.

“Se no caso limite a isso formos obrigados para evitar abates de árvores em casos que elas se possam manter saudáveis – a limitação à circulação de autocarros de dois andares nos corredores ‘Bus’, para evitar que acidentes daquela natureza voltem a ocorrer”, afirmou Medina.

“Dos documentos que analisámos, ficámos com a sensação de que a responsabilidade era da câmara”, afirmou o presidente, acrescentando que “há árvores com idênticas condições daquela que foi motivo de abate na Avenida”.

O autocarro embateu numa árvore que estava inclinada para a estrada e que acabou por ser cortada, incidente que provocou mais de uma dezena de feridos ligeiros. Na altura, Medina anunciou que a manutenção do arvoredo na freguesia de Santo António vai voltar a ser exercida pela autarquia.

Por seu turno, o presidente da junta frisou que a árvore onde o autocarro embateu “não estava sinalizada” devido a problemas fitossanitários, não havendo, por isso, “necessidade de intervenção”.

Também em resposta ao vereador do CDS-PP, José Sá Fernandes, vereador da Estrutura Verde, salientou que “o auto de transferência é inequívoco a dizer que a gestão das árvores passou para a Junta de Freguesia”. “Independentemente de as árvores serem deste ou daquele”, devem ser tomadas “medidas preventivas necessárias“, disse Sá Fernandes.

Na reunião pública desta quinta-feira, Fernando Medina anunciou ainda que vai apresentar uma proposta para o município reassumir a manutenção de “todo o eixo do Marquês de Pombal até Entrecampos, toda a parte central, mas aí por uma questão de operacionalidade”.

O socialista explicou que os espaços verdes naquele eixo estão “sob a gestão das várias juntas de freguesia”, o que torna “um pouco impraticável toda a limpeza e manutenção do separador central da Fontes Pereira de Melo e da Avenida da República”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Museu Neandertal responde a Joe Biden. "Eram mais espertos do que pensa"

O Museu Neandertal, na Alemanha, endereçou um convite ao Presidente norte-americano Joe Biden, depois de o governante ter considerado a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara um …

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …