Documento secreto da URSS revela planos para receber sinais da Lua, Vénus e Marte

(cv) NASA 360

A empresa Rossiyskie Kosmicheskie Sistemy publicou um documento de 1961 sobre a criação do complexo de comunicações espaciais de longa distância que assegurou os voos de sondas espaciais soviéticas até à Lua, Vénus e Marte.

De acordo com RKS, este documento está cheio de otimismo dos seus criadores, que no momento da sua elaboração tinham acabado de construir as antenas.

No ano do primeiro voo espacial tripulado, eles não tinham dúvidas de que as pessoas se deslocariam pelo Sistema Solar e que os voos de sondas espaciais para outros planetas aconteceriam em breve.

O documento histórico de 1961 era dedicado à criação e modernização do complexo de comunicações espaciais de longa distância na Crimeia que assegurou os voos de sondas espaciais soviéticas até à Lua, Vénus e Marte.

“O desenvolvimento do centro espacial em Eupatória permitirá ter comunicação bidirecional via rádio com as sondas espaciais dentro do Sistema Solar e manter comunicação telefónica e foto-telegráfica com as sondas espaciais com alcance de mil milhões de quilómetros (cerca da órbita de Júpiter)”, diz a mensagem da empresa russa.

O documento, intitulado “Desenvolvimento de um sistema de comunicação de longa distância baseado no centro de Eupatória Pluton (Plutão)” não estava disponível para o público geral.

O projeto reflete as perspetivas para modernização do Centro Pluton, construído em Eupatória em tempo recorde – cinco anos antes do surgimento de um centro semelhante nos EUA – e capaz de trabalhar com objetos a uma distância que atingia a órbita de Júpiter.

Segundo os autores do documento, era necessário desenvolver o centro para se poder comunicar via rádio até à órbita de Júpiter, transmitir um sinal de televisão a partir de Vénus e comunicação vídeo-telefónica a partir de Marte. A transmissão de uma imagem desde Vénus demoraria cinco segundos, de Marte um minuto e de Júpiter 15 minutos.

“Todos estes planos são descritos sem reservas, os autores do documento parecem estar totalmente convencidos: todas estas missões são apenas uma questão de tempo, e seriam realizadas nos tempos mais próximos“, relata a mensagem da empresa russa.

Segundo explica RKS, em 1962 o complexo de comunicações espaciais remotas em Eupatória foi modernizado e assegurou a comunicação com todas as sondas espaciais soviéticas. Com ajuda deste centro, foi possível realizar o reconhecimento via radar das superfícies de Marte, Mercúrio e Vénus e cumprir quase tudo o que seus criadores haviam planeado em 1961.

PARTILHAR

RESPONDER

O robô humanóide Pepper tem uma nova missão: garantir que toda a gente usa máscara

O robô humanóide Pepper já faz atendimento ao cliente, fornecimento de informações em estações de comboio, venda de smartphones e anotação de pedidos na Pizza Hut. Agora, tem uma nova missão de saúde pública: determinar …

Leipzig 2-1 Atlético | Alemães ganham asas e passam às “meias”

O 2.º semi-finalista desta edição da Liga dos Campeões está encontrado. Na noite desta quinta-feira em Alvalade, o Leipzig venceu o Atlético de Madrid por 2-1 e assegurou uma presença inédita nas meias-finais da prova …

EUA apreendem 1,6 milhões de euros em criptomoedas de organizações terroristas

O Departamento da Justiça dos Estados Unidos apreendeu 2 milhões de dólares (1,6 milhões de euros) em contas de criptomoedas que vários grupos, incluindo a Al-Qaida e o grupo ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), utilizavam para …

"Janelas de Vinho". Itália ressuscita tradição do tempo da peste

Centenas de bares e restaurantes italianos "ressuscitaram" a tradição antiga das chamadas "Janelas de Vinho" durante a pandemia de covid-19, tentando assim servir os seus clientes com o mínimo contacto pessoal. A tradição remonta aos …

Um dos maiores telescópios do mundo ficou gravemente danificado devido a um cabo partido

O radiotelescópio de Arecibo, um ícone da busca para entender o Universo, sofreu graves danos como resultado do rompimento de um cabo. A causa da quebra e quanto tempo o telescópio demorará a ser consertado …

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …