Dobrar, torcer, alongar e encurtar. Vídeo mostra que o polvo é o “rei da flexibilidade”

Os polvos têm os apêndices mais flexíveis conhecidos na natureza. Além de macios e fortes, cada um dos oito braços do animal consegue dobrar-se, torcer-se, alongar-se e encurtar-se em muitas combinações distintas para produzir movimentos diversos.

De acordo com o ScienceAlert, cada braço de um polvo é essencialmente um cordão de nervos que se estende a partir do seu próprio centro cerebral único, dando aos membros a capacidade de tomar decisões individuais reflexivamente com base no seu sistema sensorial único.

Dois terços dos neurónios de um polvo estão espalhados pelos seus oito braços, o que significa que há mais “cérebro” nos seus membros do que em qualquer lugar central.

Este complexo arranjo da musculatura indica que os polvos têm a capacidade de realizar quatro tipos de movimento. Uma equipa do Laboratório de Biologia Marinha questionou-se: até que ponto os polvos conseguem fazer isto e se será cada braço igualmente capaz.

Com esta pergunta em mente, os cientistas filmaram 10 polvos durante muitos meses, período durante o qual lhes apresentaram uma variedade de desafios – e registaram 16.563 exemplos desses movimentos do braço.

Segundo os investigadores, todos os oito braços conseguem realizar todos os quatro tipos de deformação (dobrar, torcer, alongar, encurtar) em todo o seu comprimento. Além disso, cada tipo de movimento pode ser implantado em várias orientações – como para a esquerda, direita, para cima, para baixo e até em 360º.

Os cientistas notaram ainda a torção no sentido horário e anti-horário que poderia ocorrer ao longo de cada braço durante a flexão, encurtamento ou alongamento. Este braço forte e sinuoso é excecionalmente flexível em qualquer padrão.

“Até mesmo a nossa equipa de investigação, que está muito familiarizada com polvos, ficou surpreeendida com a extrema versatilidade de cada um dos oito braços enquanto analisávamos os vídeos”, disse Roger Hanlon, cientista sénior da MBL, em comunicado.

“Estas análises detalhadas podem ajudar a guiar a próxima etapa para determinar o controlo neural e a coordenação dos braços do polvo e podem revelar princípios de design que podem inspirar a criação de robôs moles de próxima geração.”

Há muito tempo que os engenheiros desejam projetar “braços robóticos macios” com maior agilidade, força e capacidade de deteção. Atualmente, a maioria dos braços robóticos requer materiais rígidos e juntas de várias configurações, todas com limitações.

O polvo apresenta um novo modelo para projetos robóticos futuros. Os seus braços são semelhantes à função da língua humana e à tromba do elefante. São hidrostáticos musculares que usam músculos em diferentes arranjos para produzir movimento.

Esta investigação fornece uma base para investigar o controlo motor de todo o braço do polvo. Braços robóticos suaves e ultraflexíveis podem permitir muitas novas aplicações, por exemplo, inspeção de ambientes desestruturados e desordenados, como edifícios desmoronados, ou inspeção médica mais suave de vias respiratórias ou alimentares.

Este estudo foi publicado em novembro na revista científica Scientific Reports.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Louçã rouba o protagonismo a Marisa Matias e tenta "desviar" votos socialistas

Marisa Matias acusou as autoridades e os poderes públicos em Portugal de terem falhado na preparação da nova vaga da pandemia. No entanto, foi Francisco Louçã quem roubou o protagonismo. O oitavo dia de campanha de …

Despachos do Governo regularizaram provisoriamente mais de 356 mil imigrantes

Mais de 356 mil imigrantes com processos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ficaram regularizados de forma provisória em 2020, ao abrigo de dois despachos publicados na sequência do estado de calamidade devido …

Ex-diretor do FBI compara Donald Trump a "chefe da máfia"

James Comey, antigo diretor do FBI, disse que os Estados Unidos enfrentam "dias perigosos" perante a saída do atual Presidente, Donald Trump. O ex-diretor do FBI James Comey disse, este domingo, que os Estados Unidos enfrentam …

UE pede libertação imediata de Navalny. Opositor impedido de contactar defesa

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, considerou no domingo "inaceitável" a detenção do opositor Alexei Navalny pelos serviços prisionais russos (FSIN) à sua chegada a Moscovo, apelando às autoridades daquele país para o libertarem …

Há três portugueses na corrida ao prémio de Melhor Autarca do Mundo

Os presidentes das Câmaras de Lisboa, de Cascais e de Braga integram a lista de 81 nomeados ao prémio de Melhor Autarca do Mundo. Fernando Medina, Carlos Carreiras e Ricardo Rio correm contra os autarcas …

"É um triunfo da vida contra os negacionistas". Brasil inicia vacinação e fala-se em impeachment de Bolsonaro

O Brasil, um dos países mais afetados pela pandemia de covid-19, aplicou este domingo a primeira dose da vacina contra a doença, em São Paulo, após a aprovação de duas vacinas pela entidade reguladora brasileira. A …

Comunidade cigana rende-se a Ana Gomes (e a candidata culpa Marcelo pela subida dos "adeptos de Trump")

Este domingo, Ana Gomes andou na zona metropolitana de Lisboa a ouvir as queixas dos bombeiros e a receber o apoio em massa da comunidade cigana de um bairro social. No quarto dia de campanha eleitoral, …

Portugal é o país da UE com mais casos por dia por milhão de habitante. Em termos de mortes, fica em 4.º lugar no mundo

Portugal é o país da União Europeia com a maior média de novos casos de covid-1 por milhão de habitantes. A nível mundial, apenas Israel supera a marca portuguesa neste momento. Depois de um crescente número …

FC Porto quer trazer Bruno Costa de volta ao Dragão

O FC Porto está de olho em Bruno Costa, médio do Portimonense que está por empréstimo no Paços de Ferreira. Os portistas estão a ponderar recomprar o médio de 23 anos. Outrora um excedentário do FC …

Migração, saúde e ambiente. Biden já sabe que políticas vai reverter logo no primeiro dia de mandato

Poucas horas depois de substituir Donald Trump como chefe de Estado, já na próxima quarta-feira, Joe Biden, vai assinar “dezenas” de ordens executivas de modo a reverter algumas das principais políticas do presidente cessante. Segundo um …