Dobrar, torcer, alongar e encurtar. Vídeo mostra que o polvo é o “rei da flexibilidade”

Os polvos têm os apêndices mais flexíveis conhecidos na natureza. Além de macios e fortes, cada um dos oito braços do animal consegue dobrar-se, torcer-se, alongar-se e encurtar-se em muitas combinações distintas para produzir movimentos diversos.

De acordo com o ScienceAlert, cada braço de um polvo é essencialmente um cordão de nervos que se estende a partir do seu próprio centro cerebral único, dando aos membros a capacidade de tomar decisões individuais reflexivamente com base no seu sistema sensorial único.

Dois terços dos neurónios de um polvo estão espalhados pelos seus oito braços, o que significa que há mais “cérebro” nos seus membros do que em qualquer lugar central.

Este complexo arranjo da musculatura indica que os polvos têm a capacidade de realizar quatro tipos de movimento. Uma equipa do Laboratório de Biologia Marinha questionou-se: até que ponto os polvos conseguem fazer isto e se será cada braço igualmente capaz.

Com esta pergunta em mente, os cientistas filmaram 10 polvos durante muitos meses, período durante o qual lhes apresentaram uma variedade de desafios – e registaram 16.563 exemplos desses movimentos do braço.

Segundo os investigadores, todos os oito braços conseguem realizar todos os quatro tipos de deformação (dobrar, torcer, alongar, encurtar) em todo o seu comprimento. Além disso, cada tipo de movimento pode ser implantado em várias orientações – como para a esquerda, direita, para cima, para baixo e até em 360º.

Os cientistas notaram ainda a torção no sentido horário e anti-horário que poderia ocorrer ao longo de cada braço durante a flexão, encurtamento ou alongamento. Este braço forte e sinuoso é excecionalmente flexível em qualquer padrão.

“Até mesmo a nossa equipa de investigação, que está muito familiarizada com polvos, ficou surpreeendida com a extrema versatilidade de cada um dos oito braços enquanto analisávamos os vídeos”, disse Roger Hanlon, cientista sénior da MBL, em comunicado.

“Estas análises detalhadas podem ajudar a guiar a próxima etapa para determinar o controlo neural e a coordenação dos braços do polvo e podem revelar princípios de design que podem inspirar a criação de robôs moles de próxima geração.”

Há muito tempo que os engenheiros desejam projetar “braços robóticos macios” com maior agilidade, força e capacidade de deteção. Atualmente, a maioria dos braços robóticos requer materiais rígidos e juntas de várias configurações, todas com limitações.

O polvo apresenta um novo modelo para projetos robóticos futuros. Os seus braços são semelhantes à função da língua humana e à tromba do elefante. São hidrostáticos musculares que usam músculos em diferentes arranjos para produzir movimento.

Esta investigação fornece uma base para investigar o controlo motor de todo o braço do polvo. Braços robóticos suaves e ultraflexíveis podem permitir muitas novas aplicações, por exemplo, inspeção de ambientes desestruturados e desordenados, como edifícios desmoronados, ou inspeção médica mais suave de vias respiratórias ou alimentares.

Este estudo foi publicado em novembro na revista científica Scientific Reports.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …

Bélgica 3-0 Rússia | Diabos belgas à solta em São Petersburgo

A Bélgica entrou com tudo nesta fase final do EURO 2020. Na noite deste sábado, os “diabos vermelhos” andaram à solta e silenciaram São Petersburgo. A Bélgica entrou hoje com o pé direito no Campeonato da …

Um braço robótico conseguiu ajudar um paciente a sentir o mundo

Recentemente, um implante neural permitiu que as pessoas escrevessem uma mensagem apenas com o pensamento. Agora, um novo braço robótico controlado por um implante está a criar curiosidade por conseguir enviar feedback tátil para o …

Dinamarca 0-1 Finlândia | Todos a pensar em Eriksen

A Finlândia venceu o seu encontro de estreia em fases finais de Campeonatos da Europa, num jogo em que o mais importante não foi o resultado final, mas sim a luta de Eriksen pela vida. A …

Polícia chinesa prende mais de mil suspeitos de lavagem de dinheiro com criptomoedas

As autoridades chinesas intensificaram o controlo de esquemas que envolvem criptomoedas e prenderam mais de 1.100 suspeitos de usar os ativos digitais para lavagem de fundos ilícitos. A mega operação ocorreu em 23 províncias, regiões e …

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …

Nome "Donald" atingiu um recorde de baixa popularidade nos EUA

Donald Trump parece ter garantido que será o "Donald" mais notável dos próximos anos, já que o nome do ex-presidente dos Estados Unidos atingiu o recorde de baixa popularidade, em 2020. Um novo relatório da Social …

Euro2020. Eriksen caiu inanimado no relvado, mas já está "estável"

O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do Grupo B do Euro2020, foi interrompido ao minuto 43 depois do médio Christian Eriksen ter caído inanimado do relvado. O jogador do Inter Milão, de 29 …