DJ francês que insultou Portugal vai ser processado

Merzo / Facebook

-

Depois da derrota da França no Europeu de futebol, o DJ escreveu um comentário insultuoso sobre os portugueses nas redes sociais. Advogado português vai avançar com um processo.

Um advogado português decidiu apresentar queixa contra o DJ francês que, na sequência da vitória da seleção portuguesa no Euro 2016, publicou no Facebook um comentário insultuoso sobre o nosso país.

O músico, de nome Merzo, não controlou a fúria provocada com a improvável derrota em casa e utilizou as redes sociais para atacar Portugal.

“F* portugueses, usem as mãos para construir casas e não para jogar futebol”, escreveu na página.

(dr) Merzo / Facebook

-

O comentário rapidamente chegou aos olhos de muitos portugueses que prontamente se disponibilizaram para deixar criticas e insultos ao francês na sua página.

O DJ foi atacado em tão pouco tempo que não aguentou a pressão e teve de encerrar as suas redes sociais, admitindo antes que as suas palavras tinham sido um erro.

(dr) Merzo / Facebook

-

Para Pedro Mendes Ferreira, a publicação configura os crimes de discriminação racial e de ultraje de símbolos nacionais e regionais.

Por isso, o advogado requereu ao Ministério Público do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) que notifique o Facebook, com sede nos Estados Unidos, para informar quem é o titular da conta.

O advogado quer ainda que a rede social em questão informe ainda qual foi o endereço de IP utilizado no último acesso àquela conta e se o titular da conta acedeu à mesma no dia 10 de julho.

“Para a obtenção de tais informações, requer-se a quebra do sigilo de correspondência virtual ao Facebook, para prestar informações sobre a conta de e-mail, nomeadamente quanto ao titular registado”, lê-se na queixa feita ao DCIAP.

Entretanto, também foi criada uma página no Facebook contra o cantor e que pretende obter mais gostos do que os que o cantor tinha inicialmente na sua página.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Caros amigos os franceses são do mais cínico e despreziveis indivíduos ue conhecço. Basta ver os relátórios das companhia aérias sobre clientes aonde os franceses aparecem como sendo os piores, exigentes e repito mais desprezíveis. Armados em bons mesmo qumado não valem uma merda. É chutar neles com força, não valem mais que nós. E estão a tomar conta dos negócios neste país o que os torna ainda mais mesquihnos. Lembram-se das palavras de Patrick Drahi da PT / Altice sobre os salários do pessoal. Ainda não posso mudar por causa das leis estupidas de fidelização mas logo que poder safo-me o mais rápido possível.

  2. Coitadinho do pobre de Cristo ou outro Deus qualquer.
    nem sabe o que diz quanto mais ser DJ?
    Devia ser enrrab….do a sangue frio por 20 portugueses que trabalhem na construção de casas.

    • Não. Não, pode ser o tratamento bruto de 20 pedreiros, porque desconfio que é bicha e talvez gostasse (basta olhar para a carinha dele). Teria de ser qualquer coisa que o chateasse. Se calhar repetir o jogo como eles querem, e ganhar novamente.

  3. Pois imagino que a vitória de Portugal sobre a França foi um enormíssimo balde de água fria sobre os franceses, primeiro porque já se considerariam vencedores à partida ao jogarem em casa, segundo porque de facto a prestação dos portugueses inicialmente não foi famosa mas terminou bem ao contrário deles que terminaram derrotados com a anulação de CR e uma certa ajudinha do árbitro da partida, grande dor de cotovelo!

  4. Episódio do mais anedótico que tenho visto. Um “não acontecimento” sem qualquer importância, que passaria despercebido e muito bem.
    Entretanto aparece um advogadozeco com manias e a dar importância ao que não tem, certamente tentando ganhar notoriedade e protagonismo, num papel de D. Quixote lutando contra moinhos de vento, e incrivelmente tem alguma comunicação social a seguir-lhe os passos. Consegue-se o que antes não se conseguiria: ridicularizar de facto o povo português…

  5. Esse anormal DJ há-de ser um calhau com dois olhos que só deve saber mexer nos botões das mesas de mistura e deve por isso achar-se um artista, sofre certamente de complexos de inferioridade . Onde está a esta união europeia? É com anormais destes ? Este gajo que vá trabalhar para as obras que deve ser para isso que ele tem jeito e talvez lá se fizesse homem. Paniscas e inúteis destes não fazem falta à sociedade.

  6. Pelo menos os Portugueses nao andao a Matar inocentes em Franca como os Muculmanos da raca dele.Cretino pensa duas vezes antes de insultar uma Nacao.

  7. Que lata! Insulta um País inteiro e agora quer que o deixem em paz? Pelo menos com o meu repúdio e o de outros compatriotas meus tens de levar ó pseudo dj da treta. Vai-te catar! Se quiseres mando-te uns supositórios pra meteres na anilha e umas ligaduras pra meteres no cornos, pra ver se te passam as dores de corno.
    Puto imbecil, nunca deve ter visto imagens de jogos, em campeonatos, onde jogámos com eles e fomos vergonhosamente roubados.
    Jogámos e ganhámos limpinho, com paciência mas sobretudo com inteligência.

  8. Esse francês devia primeiro ir aprender inglês antes de vir para as redes sociais atacar seja quem for no meio das calinadas…duplamente lamentável.

  9. Os atos ficam com quem os pratica. O desrespeito pelos outros mostra bem quem somos. É este um desses casos. De nada serve processar o idiota em causa pois ele será sempre assim. Estúpido, ignorante e desrespeitador. Enfim um pobre diabo.

  10. era bem feito q tivesse que pagar uma indenizaçao ao estado e que acabasse com a “carreira” desse individuo…de DJ nao deve ter nada porque nem sequer sabia da sua existencia…logo eu q ando sempre a par de novidades de musica…o q é q este tipo faz?! deve ser um amador qualquer a intitular-se DJ…é, disso tambem temos muito por aqui por Portugal mas…enfim, coitado vai ter que vender os headphones de 50€ q tem para custos juridicos!!

    ahahahahahaha

RESPONDER

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …