Trump confirma: Diretor da CIA reuniu-se com Kim Jong-un

(dr) Boris Baldinger / Fórum Económico Mundial

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Davos

O Presidente dos Estados Unidos confirmou, esta quarta-feira, que o diretor da CIA fez uma visita secreta à Coreia do Norte na semana passada para se reunir com Kim Jong-un.

Através da sua conta no Twitter, Donald Trump confirmou que, na semana passada, o diretor da CIA esteve na Coreia do Norte para reunir com Kim Jong-un.

Mike Pompeo encontrou-se com Kim Jong-un na Coreia do Norte na semana passada. O encontro correu muito bem e formou-se uma boa relação”, escreveu o Presidente norte-americano na rede social.

“Os detalhes da cimeira estão agora a ser tratados. A desnuclearização vai ser uma coisa muito boa para o Mundo, mas também para a Coreia do Norte!”, realçou ainda.

Esta confirmação vem ao encontro daquilo que tinha sido transmitido pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, que disse terem decorrido contactos “ao mais alto nível” com o líder norte-coreano, mas sem a intervenção direta do Presidente.

Antes, o Washington Post já tinha avançado que o diretor dos serviços secretos e futuro secretário de Estado norte-americano realizou uma visita secreta a Pyongyang, no fim-de-semana de Páscoa.

A partir da sua luxuosa propriedade de Mar-a-Lago, na Florida, onde recebeu o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, Trump mostrou-se otimista em relação aos preparativos para a cimeira histórica com Kim Jong-un, “provavelmente no início de junho”.

“Chegou a hora de falar, de resolver os problemas”, sublinhou. “Há uma verdadeira possibilidade de resolver um problema mundial. Este não é um problema dos EUA, do Japão ou de outro país, é um problema do mundo”, reiterou.

Questionado sobre a possibilidade do encontro se realizar nos EUA, Trump respondeu que “não”, sem dar mais pormenores.

A 27 de abril realiza-se ainda a cimeira entre Kim Jong-un e Moon Jae-in, Presidente da Coreia do Sul. O encontro vai ser o terceiro entre a liderança dos dois países vizinhos, e vai decorrer na parte sul-coreana da zona desmilitarizada, em Panmunjom.

Nesta aldeia fronteiriça, situada na zona desmilitarizada que divide a península coreana, foi assinado o armistício da Guerra da Coreia (1950-53). Seul e Pyongyang continuam, tecnicamente, em guerra, uma vez que o armistício nunca foi substituído por um tratado de paz.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …

FMI avisa que vêm aí "tempos sombrios" e que "todos vão sofrer"

Kristalina Georgieva, chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), avisou que os próximos tempos serão sombrios e que todos irão sofrer. Numa introdução às reuniões da primavera do FMI e do Banco Mundial, que decorrem entre 14 …

Merkel pede paciência: situação continua "frágil"

Angela Merkel pediu paciência aos alemães e admitiu que "não será necessário" impor no país medidas mais rigorosas de confinamento. A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou esta quinta-feira à paciência dos alemães, num momento de crescente …

Detido bilionário chinês que criticou Presidente Xi Jinping. Estava desaparecido há um mês

O bilionário chinês Ren Zhiqiang que criticou a forma como Presidente da China, Xi Jinping, lidou com a pandemia, está sob custódia das autoridades chinesas devido a uma investigação em que é o principal suspeito. …

Bloqueio dos coronabonds pela Holanda é "irresponsável"

Jean-Claude Juncker, antigo presidente da Comissão Europeia, considera que o bloqueio pela Holanda do uso do Mecanismo Europeu de Estabilidade é "irresponsável". O antigo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerou esta quinta-feira “irresponsável” o bloqueio …

Creche recusou receber filho de enfermeira por falta de funcionários. Meteram baixa

A creche e pré-escolar "Voar mais alto", em Setúbal, recusou receber uma criança de três anos, filha de uma enfermeira, por falta de funcionários. A notícia é avançada esta quinta-feira pelo Observador que adianta que as …