Diogo Faro impedido de entrar no Irão por ser humorista

O humorista Diogo Faro foi deportado do Irão por ser comediante, avançou o próprio na terça-feira numa publicação na rede social Instagram.

Mesmo incomodado, o comediante conseguiu anunciar com humor o que lhe aconteceu. Na publicação, começa por dizer que tudo o que viu no Irão foi “lindo”. Disse mesmo que amou “tudo”.

Porém, fartou-se rapidamente e veio embora, escreve o Observador. “Quer dizer, não foi bem assim”, antecipa, para depois anunciar que foi “deportado por ser comediante”. “O que pelos vistos é uma profissão tão perigosa para o regime como jornalista ou militar (estas vêm com aviso nos guias)”, relata.

Diogo Faro conta que depois de uma viagem de quase 24 horas em que mal dormiu, foi intercetado pelas autoridades e ficou 8 horas à espera sem descansar, sem passaporte e sem comer. Para depois receber a notícia de que não poderia ficar naquele país.

“Estou super feliz. No fundo, foi como ser barrado no Lux só que a perder ligeiramente mais dinheiro. Claro que não estou nada irritado, na foto estou só a coçar o nariz porque as ditaduras me fazem comichão. Mas também, no fundo, ando para aí a ser marxista cultural, a defender a igualdade de género e os direitos LGBTI, estava à espera de quê? Pus-me mais a jeito que uma mulher de mini-saia”, ironiza na publicação na rede social.

Apesar do imprevisto, Diogo Faro diz continuar “com muita curiosidade” sobre aquele país e o seu povo, mas que vai ter de se “acalmar uns anos antes de voltar a tentar”.

Diogo Faro trabalha para a empresa “Sensivelmente Idiota”, que faz atuações por todo o país. Colabora também com alguns jornais, como o Expresso e o Sapo24.

No Portal das Comunidades Portuguesas é possível ler vários avisos sobre as dificuldades de entrada naquele país, sobretudo para cidadãos ligados à área dos media.

“Os profissionais de imprensa deverão munir-se de um visto especifico caso porventura tencionem deslocar-se ao Irão com objetivos profissionais. Assim evitarão situações idênticas à de jornalistas de outras nacionalidades atualmente detidos no Irão por terem entrado no país com vistos de turismo, muito embora o seu objetivo fosse exercer atividades de natureza jornalística».

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. ahhhhh
    Será que devíamos também deportar tudo o que é islâmicos por não gostarem de humor?
    A religião é o opio do povo ficam completamente ceguinhos…

RESPONDER

Liverpool vence Manchester United e vê o título cada vez mais perto

O Liverpool continua imparável na rota do título de campeão que lhe foge há três décadas, depois de ter vencido por 2-0 na receção ao Manchester United, este domingo, em jogo da 23.ª jornada da …

Novo mapa das freguesias na gaveta do Governo há dois anos

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, voltou a garantir, na passada sexta-feira, que o Governo quer reverter a fusão de algumas das 1168 freguesias que se extinguiram em 2013. …

Juventus reforça liderança em Itália com bis de Ronaldo

Dois golos de Cristiano Ronaldo deram a vitória à Juventus, este domingo, na receção ao Parma (2-1), na 20.ª jornada da Liga italiana, com os campeões em título a reforçarem a liderança no campeonato. Frente à …

Salvini tem trunfo na manga para pedir novamente eleições antecipadas

Uma vitória da Liga nas eleições regionais de Emilia Romagna pode dar a Matteo Salvini o pretexto para exigir eleições antecipadas em Itália. Matteo Salvini continua de olhos postos no cargo de primeiro-ministro e pode voltar …

Trocar garrafas de plástico por descontos só será possível em março

O projeto-piloto para o depósito de garrafas de plástico a troco de talões de desconto nos supermercados estava previsto arrancar em janeiro. Porém, o atraso em desbloquear fundos de financiamento pode empurrar o arranque para …

Depressão Glória. Quedas de árvores, falhas de eletricidade e um ferido grave

A depressão Glória já provocou várias quedas de árvores, falhas na eletricidade e um ferido grave. Coimbra, Viseu e Castelo Branco são os distritos mais afetados. "O concelho mais afetado, neste momento, é Coimbra", afirmou o …

Ministério Público contratou ex-agente da PJ para analisar contas da Operação Tutti Frutti

As contas do caso Tutti-Frutti foram entregues a Edígio Cardoso, antigo diretor da Unidade de Perícia Financeira e Contabilística (UPFC) da Polícia Judiciária, reformado há mais de um ano. A investigação do caso Tutti-Frutti iniciou-se em …

Reconstruções em Pedrógão. Gulbenkian exige indemnização de meio milhão por suspeita de ilegalidades

A Fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de euros por ilegalidades na reconstrução de casas de Pedrógão. Estão em causa cinco habitações. A fundação Calouste Gulbenkian exige uma indemnização de meio milhão de …

Austrália. Depois dos incêndios, chega o granizo (e já está a provocar estragos)

A Austrália está a recuperar dos enormes incêndios dos últimos meses. No entanto, a costa oriental do país debate-se agora com chuvas intensas que tem provocado inúmeras inundações. As fortes chuvas que caíram esta segunda-feira proporcionaram …

Taxa sobre produtos poluentes rendeu 200 milhões em dois anos

A taxa aplicada sobre produtos poluentes - plástico, cartão, embalagens de vidro, entre outros -, rendeu ao Estado português 199,6 milhões de euros em dois anos, avança o Jornal de Notícias esta segunda-feira. O valor, arrecadado …