Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos.

Tradicionalmente, acreditava-se que os dinossauros, como os répteis modernos, eram criaturas de sangue frio. Porém, recentemente, a crescente consciencialização da origem dos pássaros complicou esta suposição, sugerindo que os dinossauros, como as aves de hoje, possam ter tido sangue quente.

De acordo com o último estudo sobre esta debatida questão, que foi publicado este mês na revista científica Science Advances, os dinossauros tinham sangue quente, com base na composição dos produtos químicos antigos escondidos dentro das cascas dos ovos de dinossauros fossilizados.



“Os nossos resultados sugerem que todos os principais grupos de dinossauros tinham temperaturas mais quentes do que o ambiente”, disse o geofísico Robin Dawson, da Universidade de Yale, que está agora na Universidade de Massachusetts-Amherst, em comunicado. “O que descobrimos indica que a capacidade de elevar metabolicamente as suas temperaturas acima do meio ambiente era uma característica antiga e evoluída para os dinossauros”.

Dawson e os seus colegas investigaram fragmentos de casca de ovo de dinossauros que residiram no Canadá há cerca de 75 milhões de anos, incluindo o grande herbívoro Maiasaura peeblesorum e o mais pequeno Troodon formosus, semelhante a um pássaro. Os cientistas também investigaram uma casca de ovo da Roménia, estimada em aproximadamente 69 milhões de anos, que terá pertencido a um saurópode anão de titanossauro.

Fóssil de casca de ovo de dinossauro

Usando uma técnica chamada paleotermometria isotópica agrupada, os investigadores analisaram ligações químicas no antigo mineral carbonato que compõe as cascas dos ovos. A ordem atómica dos isótopos de carbono e oxigénio na estrutura molecular indica a temperatura na qual o material se formou, sugerindo a temperatura corporal interna do dinossauro mãe que depositou os ovos.

A equipa descobriu que as amostras sugeriam que as temperaturas do corpo eram mais quentes do que o ambiente em redor. Ou seja, eram endotérmicos – conseguiam gerar calor internamente -, em oposição aos animais ectotérmicos, que dependem do calor do ambiente.

Nos testes, as amostras variaram entre 3 e 6ºC mais quentes que o ambiente até 15°C, o que, segundo os cientistas, é uma evidência mais ampla de controle metabólico da temperatura nos dinossauros do que se sabia antes.

ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Planeta Terra passa a ter (oficialmente) cinco oceanos

A National Geographic Society fez o primeiro mapeamento dos oceanos em mais de 100 anos e, desta vez, reconhece que a Terra possui cinco oceanos. Definir as fronteiras dos oceanos da Terra não é uma tarefa …

O misterioso escurecimento da Betelgeuse foi oficialmente desvendado

A causa da misteriosa perda de brilho da estrela foi causada por uma nuvem gigante de poeira, expelida pela própria supergigante vermelha. O "Grande Escurecimento da Betelgeuse", como passou a ser conhecido, foi um fenómeno que …

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …