Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos.

Tradicionalmente, acreditava-se que os dinossauros, como os répteis modernos, eram criaturas de sangue frio. Porém, recentemente, a crescente consciencialização da origem dos pássaros complicou esta suposição, sugerindo que os dinossauros, como as aves de hoje, possam ter tido sangue quente.

De acordo com o último estudo sobre esta debatida questão, que foi publicado este mês na revista científica Science Advances, os dinossauros tinham sangue quente, com base na composição dos produtos químicos antigos escondidos dentro das cascas dos ovos de dinossauros fossilizados.

“Os nossos resultados sugerem que todos os principais grupos de dinossauros tinham temperaturas mais quentes do que o ambiente”, disse o geofísico Robin Dawson, da Universidade de Yale, que está agora na Universidade de Massachusetts-Amherst, em comunicado. “O que descobrimos indica que a capacidade de elevar metabolicamente as suas temperaturas acima do meio ambiente era uma característica antiga e evoluída para os dinossauros”.

Dawson e os seus colegas investigaram fragmentos de casca de ovo de dinossauros que residiram no Canadá há cerca de 75 milhões de anos, incluindo o grande herbívoro Maiasaura peeblesorum e o mais pequeno Troodon formosus, semelhante a um pássaro. Os cientistas também investigaram uma casca de ovo da Roménia, estimada em aproximadamente 69 milhões de anos, que terá pertencido a um saurópode anão de titanossauro.

Fóssil de casca de ovo de dinossauro

Usando uma técnica chamada paleotermometria isotópica agrupada, os investigadores analisaram ligações químicas no antigo mineral carbonato que compõe as cascas dos ovos. A ordem atómica dos isótopos de carbono e oxigénio na estrutura molecular indica a temperatura na qual o material se formou, sugerindo a temperatura corporal interna do dinossauro mãe que depositou os ovos.

A equipa descobriu que as amostras sugeriam que as temperaturas do corpo eram mais quentes do que o ambiente em redor. Ou seja, eram endotérmicos – conseguiam gerar calor internamente -, em oposição aos animais ectotérmicos, que dependem do calor do ambiente.

Nos testes, as amostras variaram entre 3 e 6ºC mais quentes que o ambiente até 15°C, o que, segundo os cientistas, é uma evidência mais ampla de controle metabólico da temperatura nos dinossauros do que se sabia antes.

ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …