Nem todos os dinossauros tinham sangue frio

Doyle Trankina, Gerald Grellet-Tinner / UCLA

Os pequenos ovirraptorossauros da Mongólia são os dinossauros mais próximos dos pássaros atuais

Os pequenos ovirraptorossauros da Mongólia são os dinossauros mais próximos dos pássaros atuais

Cientistas mediram a temperatura corporal de dinossauros com quase 80 milhões de anos analisando quimicamente as cascas dos seus ovos fossilizados, segundo um estudo hoje publicado na revista britânica Nature Communications, demonstrando que variava consoante a espécie.

Uma equipa de investigadores dirigida por Robert Eagle, da Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA), utilizou uma técnica pioneira de análise química das cascas fossilizadas, partindo da descoberta que a sua composição depende da temperatura a que foram sujeitas quando se formaram no interior do corpo dos dinossauros fêmeas.

Dois isótopos raros do carbonato de cálcio – ingrediente fundamental da casca de ovo – o oxigénio 18 e o carbono 13, tendem a juntar-se se as temperaturas forem baixas, e a separar-se se forem mais elevadas.

“Esta nova técnica permite-nos definir a temperatura interna do dinossauro fêmea no momento da ovulação”, explica Aradhna Tripati, co-autora do estudo.

O comunicado da UCLA sublinha que se trata das “primeiras medições diretas da temperatura corporal de dois tipos de dinossauros”.

Os investigadores debruçaram-se sobre duas espécies, os grandes saurópodes de pescoço longo, cujos ovos fossilizados foram encontrados na Argentina, e os pequenos ovirraptorossauros da Mongólia, os mais próximos dos pássaros atuais.

Resultado: a temperatura corporal dos maiores era de cerca de 38 graus Celsius e a dos mais pequenos era ligeiramente inferior a 32 graus Celsius.

Tal permite concluir que a temperatura corporal dos dinossauros varia entre diferentes espécies.

Os dinossauros tinham mesmo sangue frio?

Tem sido alvo de debate nos últimos anos na comunidade científica a ideia antiga de que os dinossauros eram animais de sangue frio.

O estudo de Eagle e Tripati vem agora também salientar que a temperatura corporal dos ovirraptorossauros era mais elevada que a temperatura ambiente, o que sugere que os dinossauros não tinham realmente sangue frio, mas antes intermédio.

Nos animais de sangue frio, como os jacarés, crocodilos ou lagartos, a temperatura do corpo é definida pelas trocas térmicas com o meio ambiente.

Nos de sangue quente ou endotérmicos  como os homens, mamíferos ou pássaros, a temperatura corporal é definida por um mecanismo interno, independentemente da temperatura do meio ambiente.

“Os ovirraptorossauros podiam ser uma categoria intermédia, algures entre o crocodilo e o atual pássaro”, explica Robert Eagle.

“Isto pode significar que eles gerem a sua temperatura corporal e podem aumentá-la até ultrapassar a do ambiente, mas não a mantêm tão elevada como os pássaros modernos, a 40 graus Celsius”, acrescenta.

Um estudo anterior conduzido por John Grady, biólogo da Universidade do Novo México, e publicado em junho na revista Science, tinha já chegado às mesmas conclusões, mas através de outra técnica: a partir dos anéis de crescimento dos ossos fossilizados.

Segundo o biólogo, os dinossauros integram-se na categoria intermédia, dita mesotérmica, mais próxima da do atum, de alguns tubarões e de algumas tartarugas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …

Nenhum rohingya se apresentou para sair do Bangladesh e regressar a Myanmar

O Comissário para os Refugiados, Assistência e Repatriamento do Bangladesh, Abul Kalam, disse na quinta-feira que nenhum rohingya se apresentou para regressar a Myanmar (antiga Birmânia) numa segunda tentativa de repatriamento da etnia muçulmana. Numa conferência …

No ano letivo passado, houve nove denúncias de praxes abusivas

A linha de denúncias de praxes abusivas e violentas recebeu no passado ano letivo nove queixas relativas a agressões entre alunos que aconteceram, na sua maioria, em instituições de Ensino Superior do norte do país. A …