Detetados mais 95 novos planetas fora do Sistema Solar

O telescópio norte-americano Kepler detetou 95 novos planetas fora do Sistema Solar, divulgou esta quinta-feira a Universidade Técnica da Dinamarca.

A Universidade Técnica da Dinamarca divulgou, esta quinta-feira, que o telescópio Kepler detetou 95 novos planetas fora do Sistema Solar.

Os novos exoplanetas foram identificados de uma lista de 275 candidatos, dos quais foram validados 149 como verdadeiros. Contudo, destes apenas 95 eram novos. Os resultados da descoberta, que envolveu uma equipa internacional de astrónomos a analisar os dados, foram publicados na Astronomical Journal.

Os 95 planetas extrassolares vêm aumentar a lista de exoplanetas existentes, que totalizam 3.600 com tamanhos variáveis entre Terra e Júpiter. De acordo com o Público, os planetas extra-solares são a regra, não a exceção, à volta das estrelas.

O telescópio Kepler foi lançado em 2009 para encontrar exoplanetas numa determinada zona do céu. Os planetas extrassolares são detetados a partir da redução do brilho da estrela-hospedeira quando o planeta passa em sua frente, o chamado método de trânsito.

Com o novo telescópio espacial James Webb, cujo lançamento está previsto para 2019 – com um ano de atraso – os astrónomos esperam estudar e caracterizar melhor exoplanetas do tamanho da Terra capazes de, eventualmente, suportar vida tal como se conhece.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …