Desvendado enigma do pré-histórico monstro Tully (mas o mistério continua)

Sean McMahon / Yale University

Ilustração do pré-histórico Monstro Tully, criatura marinha que terá vivido há 300 milhões de anos.

Ilustração do pré-histórico Monstro Tully, criatura marinha que terá vivido há 300 milhões de anos.

Ao cabo de 58 anos desde a descoberta desta estranha criatura marinha, conseguiu-se finalmente resolver o enigma quanto a que tipo de animal é o chamado monstro Tully. Mas prossegue o mistério em torno deste primo afastado das lampreias.

Os primeiros fósseis do Tullimonstrum gregarium, nome por que é cientificamente conhecido, foram encontrados em 1958, num poço de extracção de carvão em Mazon Creek, no Illinois, EUA, pelo coleccionador amador Francis Tully – é em sua homenagem que a bizarra criatura recebeu o nome de monstro Tully.

Nesse local, foram encontrados todos os espécimes do animal descobertos até agora, não se sabendo porquê, o que também ajuda a alimentar o mistério em torno dele. E foi também por isso que foi declarado o fóssil oficial do Illinois em 1989.

O animal que terá vivido há cerca de 300 milhões de anos, em águas pouco profundas, medindo cerca de 20 centímetros de comprimento e possuindo uma espécie de cauda com dentes, começou por ser identificado como uma espécie de molusco muito estranho.

Havia “uma ideia clara de como era, mas nenhuma ideia do que era”, explica a investigadora líder do estudo que veio desvendar parte do mistério, Victoria McCoy, citada no site da Universidade de Yale.

Na pesquisa, publicada esta semana na revista Nature, refere-se que se trata afinal, de um vertebrado, com guelras e uma corda dorsal, uma espécie de espinal medula primitiva, a suportar o seu corpo.

O seu parente vivo mais próximo será a lampreia e Victoria McCoy, que fez a investigação no âmbito da sua graduação na Universidade de Yale, nota que seria carnívoro.

“Tem olhos grandes e muitos dentes, por isso, provavelmente era um predador“, nota a investigadora que está actualmente vinculada à Universidade de Leicester.

Mas “é tão diferente dos seus parentes modernos que não sabemos muito sobre como vivia“, assume McCoy.

Um dos co-autores do estudo, Derek Briggs, professor de Geologia e Geofísica na Universidade de Yale, nota no site da instituição que a investigação abre apenas “uma pequena janela” sobre esta estranha criatura.

“Não sabemos porque apareceu ou desapareceu porque nem sequer sabemos quando isso aconteceu. Só o encontramos num depósito que tem 300 milhões de anos de antiguidade, assim não temos informação sobre durante quanto tempo viveu”, salienta a investigadora em declarações ao jornal espanhol El Mundo.

A cientista reporta para as várias extinções em massa que ocorreram, notando nomeadamente o “impacto de um asteróide que acabou com os dinossauros, há 65 milhões de anos”, vaticinando que o monstro Tully pode ter desaparecido durante uma dessas “extinções massivas”.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Cogumelos laminados

O consumo de cogumelos pode diminuir o risco de depressão

Além de reduzirem o risco de cancro e morte prematura, os cogumelos podem beneficiar a saúde mental de uma pessoa. Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina de Penn State, nos Estados Unidos, analisou dados …

Os hipopótamos de Pablo Escobar começaram a ser esterilizados

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do indesejado legado deixado na Colômbia pelo traficante de droga Pablo Escobar, está a ser esterilizado. Quando o Cartel de Medellín estava no seu auge, Pablo Escobar gastou parte …

Ian Brackenbury Channell, o "feiticeiro de Christchurch"

Duas décadas depois, uma cidade neozelandesa decidiu despedir o seu feiticeiro

Vinte e três anos depois, a autarquia de Christchurch, na Nova Zelândia, decidiu despedir Ian Brackenbury Channell, o famoso feiticeiro da cidade. Desde 1998 que Ian Brackenbury Channell era o "feiticeiro de Christchurch", sendo responsável por …

Um dos microscópios de Darwin vai a leilão. Esteve nas mãos da sua família durante quase 200 anos

Um microscópio que Charles Darwin ofereceu ao filho Leonard - e que esteve nas mãos da sua família ao longo de quase 200 anos - vai ser leiloado em dezembro e poderá valer cerca de …

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …