Desmond Tutu luta para escolher a hora de morrer

O arcebispo anglicano emérito sul-africano e ícone anti-apartheid, Desmond Tutu, celebrou o seu 85.º aniversário na sexta-feira, dizendo que espera que lhe seja permitida a opção de morte assistida com dignidade.

“Hoje, eu mesmo estou mais perto da sala das partidas do que da das chegadas, por assim dizer, e os meus pensamentos centram-se em como eu gostaria de ser tratado quando chegar o momento”, disse Tutu, num artigo de opinião publicado no Washington Post.

“Preparei-me para a minha morte e deixei claro que não desejo ser mantido vivo a qualquer custo”, disse o religioso consagrado com o Prémio Nobel da Paz em 1984.

“Espero ser tratado com compaixão e que me seja permitido partir para a próxima fase da jornada da vida da forma que eu escolher”, frisou.

O arcebispo já terá defendido o “direito de morrer” em 2014, mas sem especificar que ele próprio gostaria de ter essa escolha.

“Para os que estão a sofrer e a chegar ao fim das suas vidas, o facto de saber que há a opção de uma morte assistida já é um grande conforto”, afirmou.

Desmond Tutu, a quem chamam carinhosamente “the Arch” (abreviatura de arcebispo), esteve várias vezes hospitalizado desde o ano passado devido a uma infeção persistente, resultante do tratamento para o cancro da próstata que faz há quase 20 anos.

“Agora mais que nunca, sinto-me impelido a dar voz a esta causa: para aqueles que sofrem insuportavelmente ao chegarem ao fim das suas vidas, apenas saber que uma morte assistida está ao seu alcance pode dar um incomensurável conforto“, argumentou.

O suicídio medicamente assistido ou eutanásia voluntária é ilegal na África do Sul, mas, nos últimos anos, tem havido vários apelos para que seja legalizado – no ano passado, o país concedeu o direito de morrer a um homem que sofria de uma doença terminal.

“Já houve avanços promissores em lugares como a Califórnia e o Canadá, onde as leis permitem a morte assistida para pacientes com doenças terminais, mas ainda há dezenas de milhares de pessoas às quais está a ser negado o direito de morrer com dignidade”, destacou Tutu.

A Igreja Anglicana, da qual o arcebispo faz parte, é totalmente contra a morte assistida.

Mas esta não é a primeira vez que o arcebispo está contra uma posição da igreja – Tutu tem defendido abertamente os direitos dos homossexuais e já criticou a atitude de cristãos conservadores contra os gays.

Na sexta-feira, Desmond Tutu presidiu à Eucaristia na igreja da sua paróquia na Cidade do Cabo e prestou um comovente tributo à catedral de St. George antes de deitar a cabeça na mesa da comunhão e chorar por uns momentos.

“Dei indicação de que, quando chegar o momento, quero repousar aqui, permanentemente, convosco”, disse aos fiéis.

Ordenado sacerdote aos 30 anos e nomeado arcebispo em 1986, Desmond Tutu já usou a sua posição para defender a adoção de sanções internacionais contra o poder da minoria branca na África do Sul e, mais tarde, para lutar por direitos, de forma global.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Colocações no ensino superior adiadas para o final de setembro

Na sequência do adiamento nos calendários dos exames nacionais do ensino secundário, o acesso às licenciaturas é também atrasado. O calendário de acesso ao ensino superior vai ser atrasado em cerca de três semanas. Os resultados …

Rangel e outros 13 eurodeputados do PPE pedem expulsão de partido húngaro

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel e outros 13 chefes de delegação do Partido Popular Europeu (PPE) pediram na terça-feira a expulsão do partido húngaro Fidesz, exigindo ao líder parlamentar daquela família política, Manfred Weber, …

Milhares pediram o cancelamento do TV Fest. Festival foi suspenso

O Ministério da Cultura criou um festival televisivo exclusivamente dedicado à música portuguesa em parceria com a RTP, mas o formato e os critérios estão a causar forte polémica no meio. Uma petição pública online …

Comércio internacional pode cair para níveis da Grande Depressão

A Organização Mundial do Comércio referiu na quarta-feira que o arrefecimento do comércio internacional provocado pela Covid-19 pode chegar aos níveis registados nos anos 30 devido à Grande Depressão. Segundo noticiou o Observador, na melhor das …

Loja de telemóveis apanhada a vender álcool gel com lucro até 400%

Os inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram, em Lisboa, uma loja de reparação e venda de acessórios para telemóveis a vender frascos de gel desinfetante de 500 ml a 24,95 euros …

Em Portimão, uma sirene toca quando alguém sai de casa sem justificação

A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém sair de casa e andar na rua sem justificação. O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de Portimão em comunicado. De …

Short Selling - ou como vender ações emprestadas para ganhar muito dinheiro

Vender ações da bolsa que não são suas é uma forma de ganhar bastante dinheiro. Esta forma de negociação, denominada short selling, é muito lucrativa mas implica algum risco, pelo que é prudente aconselhar-se junto …

"Nem mais um abuso". Grupo no Whatsapp servia para planear ataques à polícia em Espanha

Dois homens de 25 e 30 anos, os dois criadores de um grupo de Whatsapp que servia para planear ataques à polícia espanhola, foram detidos esta terça-feira. De acordo com o jornal espanhol El País, o …

Trabalhadores independentes que reduziram descontos da Segurança Social terão apoio mais baixo

Os trabalhadores independentes que optaram por reduzir em 25%, de forma fictícia, o rendimento sobre o qual incidem as contribuições, e que por isso descontaram menos, verão refletida essa diminuição no apoio que podem receber …

Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o …