Deslocações entre o emprego e casa devem contar como trabalho

O tempo despendido nas deslocações entre a casa e o emprego, no caso de trabalhadores sem local de trabalho fixo num escritório, deve ser contabilizado como tempo de trabalho.

É o que defende o Tribunal Europeu de Justiça, numa decisão que pode ter consequências nas legislações laborais dos Estados membros da União Europeia.

Em causa está particularmente a situação dos trabalhadores que não têm um local específico de trabalho, como é o caso dos electricistas, dos vendedores de gás ou de outras pessoas que se deslocam ao domicílio para executarem as suas funções.

O Tribunal Europeu de Justiça entende que a primeira e última deslocações diárias destes trabalhadores devem contar como horário de trabalho.

“O facto de os trabalhadores começarem e terminarem as suas jornadas nas suas casas decorre directamente da decisão dos seus empregadores de abolirem os escritórios regionais e não do desejo dos próprios trabalhadores”, constata o Tribunal.

A decisão foi tomada no âmbito de um caso legal que decorre em Espanha envolvendo uma empresa de segurança de sistemas, a Tyco, noticia o jornal britânico The Independent.

“Requerer-lhes que carreguem o fardo da escolha dos seus empregadores seria contrário ao objectivo de proteger a saúde e a segurança dos trabalhadores prosseguido pela directiva sobre o Tempo de Trabalho da União Europeia, diz ainda o Tribunal Europeu de Justiça.

“Esta directiva inclui a necessidade de garantir aos trabalhadores um período mínimo de descanso”, conclui o TEJ.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Vocês não leram bem o qu o tribunal EU disse. Não se trata do trajecto casa/emprego,mas sim do trajecto casa / CLIENTES. Isto é, apenas para os trabalhadores itinérantes que não tem uma base escritorio/sede de empresa. O trajecto para o escritorio ou para a empresa não faz parte desta decisão.
    Este artigo é portanto desinformação…

    • Caro Pirod,
      A primeira e última deslocações diárias de trabalhadores sem local de trabalho fixo num escritório, a que se refere a notícia, são deslocações casa / emprego, mesmo que o local de trabalho seja o endereço de um cliente.
      Obrigado pelo seu reparo. Ajustámos o texto para realçar que se trata do caso de trabalhadores sem local de trabalho fixo em escritório.

  2. Mas isto acontece há muito, o chulismo patronal é mesmo assim.
    Trabalhei em “empresas” que ou só contava uma ida/volta como horário e outras nem sequer contava nenhuma, chegando a trabalhar 10/12H sem reflexo no ordenado.
    Há muita exploração em Portugal e disso pouco se fala!

RESPONDER

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …