Deslizamento de terras no Alasca pode desencadear um tsunami gigante

A Divisão das Encostas Geológicas e Geofísicas (DGGS) do Alasca alertou para a ameaça de um tsunami grande e potencialmente perigoso na zona de Prince William Sound, onde é cada vez mais provável um deslizamento de terra que pode gerar uma onda com efeitos devastadores.

Steve Masterman, diretor do DGGS, disse, em comunicado, que a sua equipa, em colaboração com uma força-tarefa de vários institutos, recebeu indicações de que a rápida retirada do glaciar Barry do sistema conhecido como Barry Arm poderia libertar milhões de toneladas de rocha no Harriman Fjord, desencadeando um tsnami tão grande como alguns dos maiores registados na história do estado.

“O mais notável desses tsunamis foi em 1958, quando um deslizamento de terra entrou na Baía de Lituya em Glacier Bay e gerou uma onda que subiu 500 metros no lado oposto do fiorde”, disse Masterman. “A mais recente foi em 2015 no glaciar Taan, no sudeste do Alasca, onde uma onda subiu 200 metros acima da parede oposta do vale glacial”.

As massas de rocha libertadas tinham pelo menos um décimo do tamanho de um possível deslizamento de terra em Barry Arm.

Esta avaliação é baseada em cálculos e comparações com tsunamis anteriores, onde os geólogos estudaram topografia de pré-escorregamento, geometria de emissário, presença de cicatrizes e outros dados e compararam com dados da região de Barry Arm.

Os geólogos conhecem a área de Barry Arm como parte do “prisma acionário”, onde as placas tectónicas forçaram rochas sedimentares a fundir-se com a costa sul do Alasca continental há muito tempo na história geológica. O processo criou inúmeras falhas e fendas e a subsequente formação e movimento de glaciares mais fraturadas e corroeu a paisagem.

À medida que os glaciares recuam, removem o apoio das paredes do vale, permitindo quedas de rochas e deslizamentos de terra que podem criar tsunamis quando entram na água.

Embora não seja possível prever um deslizamento de terra, chuvas significativas, neve ou atividade sísmica, ou uma combinação de tais efeitos, pode precipitar um deslizamento de terra. Um recuo glacial contínuo também aumenta essas hipóteses.

Esta região atrai muitos navegantes envolvidos no uso comercial, desportivo, de pesca pessoal ou de subsistência e de camarão, além de velejadores e campistas de lazer. No verão, até 500 pessoas podem estar na área ao mesmo tempo e correr o risco de um tsunami por deslizamentos de terra.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …