Cientistas criam plástico que pode ser totalmente reciclado

Uma equipa de cientistas norte-americanos criou um novo tipo de plástico que pode ser reciclado variadas vezes, característica que diferencia este material dos que são amplamente utilizados nos dias de hoje. A nova investigação visa otimizar o processo de reciclagem, sem perdas no material reciclado.

Para chegar ao novo composto, a equipa alterou o plástico durante a sua fabricação, adicionando-lhe produtos químicos que lhe conferem as suas qualidades, como a dureza ou flexibilidade – características que impedem a reutilização permanente, tal como escreveram os cientistas no novo estudo esta semana publicado na revista Nature Chemistry.

Tal como explica o instituto em comunicado, os plásticos contêm vários aditivos – como corantes, enchimentos ou retardadores de chamas – e, por isso, poucos podem ser reciclados sem perdas na qualidade do material ou no aspeto estético.

Mesmo o plástico mais reciclável, o PET (politereftalato de etileno) é apenas reciclado a uma taxa de 20 a 30%. O que resta destes plásticos pode acabar em incineradoras ou aterros, onde levará anos para se decompor.

“A maioria dos plásticos nunca foi feita para ser reciclada“, disse Peter Christensen, investigadores da instituição norte-americana Molecular Foundry do Berkeley Lab.

A descoberta da equipa, explicou Christensen, reside essencial numa “norma forma de fabricar” os plásticos. “Consideremos a reciclagem a partir de uma perspetiva molecular”.

Para entender o novo plástico recém-criado, é necessário explicar o “velho”. Por norma, os plásticos comuns são criados por polímeros, que se formam a partir da união de monómeros que contêm carbono. Os produtos químicos que são adicionados ao plástico permanecem ligados, mesmo após o processo de reciclagem e a mistura de outros plásticos com diferentes composições. Assim, torna-se mais difícil conhecer as propriedades do novo material criado.

Para contornar o inconveniente, a equipa criou polydiketoenamine, também apelidado de PDK, um produto “circular no qual os monómeros pode libertar-se dos químicos.

“Com o PDK, os elos imutáveis dos plásticos convencionais são substituídos por elos revertíveis que permitem ao plástico reciclar-se de forma mais eficaz“, explicou Brett Helms, outro cientista que participou na investigação.

Para isso, os monómeros devem ser imersos numa solução de alto teor de ácido, que separará os produtos químicos agregados.

“Os plásticos circulares e a reciclagem são grandes desafios. Temos visto o impacto dos resíduos de plástico que se infiltram nos nossos ecossistemas aquáticos e é provável que esta tendência seja agravada pelas quantidades crescentes [de plástico] que são fabricadas”, acrescentou Helms.

Marilyn Chung Berkeley Lab

Peter Christensen, Kathryn Loeffler, e Brett Helms

O novo sistema evitará ainda que os produtos plásticos acabem em aterros ou oceanos, tendo um ciclo de vida que se poderá repetir. “Estamos interessados na Química que redireciona os ciclos de vida de plástico de linear para circular. Vemos a oportunidade de fazer a diferença onde não há opções de reciclagem.

Os especialistas do laboratório de Berkeley descobriram este novo material enquanto aplicavam ácidos no material de vidro que é utilizado para desenvolver adesivos PDK. Foi nesse momento que perceberam que a composição destes adesivos tinha sido modificada. “Para nossa surpresa, eram os monómeros originais“, disse Helms.

Depois, a equipa concluiu que os monómeros PDK poderiam formar polímeros que, quando reutilizados, perdiam as suas características originais. O próximo passo passará agora por desenvolver este tipo de plástico com diferentes propriedades térmicas e mecânicas que podem ser aplicadas em têxteis, impressões 3D e espumas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …

Ministros das Finanças e da Justiça britânicos demitem-se se Boris Johnson for primeiro-ministro

O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, disse este domingo à BBC que se demite se o candidato à liderança do Partido Conservador Boris Johnson se tornar primeiro-ministro, por se opor a um Brexit sem …

Há 50 anos, Armstrong pousou na lua. Simulação mostra como foi

A equipa do Lunar Reconnaissance Orbiter Camera (LROC) da NASA recriou o pouso na superfície da Lua em 1969, do módulo lunar Apollo 11, conhecido como "Águia", mostrando o que o astronauta Neil Armstrong viu da …