Desenhos com tinta invisível escondidos em pinturas de Basquiat

(dr) Longevity Art Preservation

Um detalhe de Untitled (1981), de Jean-Michel Basquiat, visto sob luz normal (à esquerda) e sob luz ultravioleta (à direita), onde aparece uma seta entre as letras “E” e “P.”

Uma conservadora de arte de Nova Iorque descobriu que o pintor norte-americano Jean-Michel Basquiat utilizou tinta invisível, somente detetada com luz ultravioleta, para esconder desenhos de flechas numa das suas obras.

Segundo informou o Artnet News, no início deste mês, a descoberta decorreu quando Emily Macdonald-Korth foi solicitada por um cliente, em dezembro de 2018, para confirmar se uma das obras de Basquiat tinha sido realmente feita em 1981.

Pensando que se dirigia para um trabalho forense de rotina, a conservadora de arte tinha planeado realizar análises aos pigmentos e aos elementos da pintura, tirar fotografias técnicas e observar a imagem com luzes ultravioletas e infravermelhas.

Segundo o artigo, os desenhos foram detetados quando Emily Macdonald-Korth desligou as luzes do teto e recorreu à lanterna de mão com luz ultravioleta, utilizada, normalmente, para identificar vernizes ou outros sinais que indiquem se uma pintura sofreu reparos ou alterações.

“Começo a olhar para a pintura e vejo flechas”, disse a conservadora à Artnet News, que acendeu novamente as luzes do teto para ter certeza de que os desenhos eram reais. Quando o fez, as flechas desapareceram. Tornando a desligá-las, voltaram a aparecer.

De acordo com Emily Macdonald-Korth, tratam-se de duas flechas desenhadas com o que parece ser um lápis de luz negra, virtualmente idênticas a outras flechas visíveis na tela com barras de óleo vermelhas e pretas.

“Nunca vi nada assim”, afirmou, acrescentando que Basquiat criou “uma parte totalmente secreta” na pintura em questão.

Embora não seja conhecido por incluir imagens específicas com tinta ultravioleta no seu trabalho, esta não é a primeira vez que Basquiat usou esse tipo de material. Em 2012, o Sotheby’s London descobriu que a pintura Orange Sports Figure, de 1982 (criada meses depois da que Macdonald-Korth analisou), continha uma assinatura do nome do artista no canto inferior direito, feita com recurso a tinta invisível.

A Artnet News afirma que não está claro se Basquiat pretendia que os desenhos invisíveis servissem como um guia subjacente para a pintura ou se os considerava um elemento do próprio trabalho.

Para Emily Macdonald-Korth, essas escolhas do pintor encaixam no seu “processo maior de pintura” sobre uma imagem, que pretendia ser parcialmente visível, de forma a criar uma história, com uma parte secreta.

A conservadora de arte suspeita que aparecerão outras telas de Basquiat com desenhos do género, caso os proprietários os procurem.

Outra das suas obras mais famosas, Poison Oasis, de 1981, também contém flechas na sua composição. “A localização de uma das flechas [com tinta invisível] que encontrei está quase no mesmo lugar que na pintura Poison Oasis, mas apontando para baixo e não para cima. Aposto que as encontraríamos [as mesmas fechas com tinta invisível] no Poison Oasis“, disse a conservadora de arte.

“Qualquer um que possua um Basquiat devia ter uma lanterna ultravioleta. É tão emocionante ver algo literalmente invisível que o artista colocou de propósito, de forma completamente intencional”, concluiu.

Taísa Pagno, ZAP // Artnet News

PARTILHAR

RESPONDER

Tancos. Detetada discrepância na listagem de lança-granadas

O CDS alega diferenças entre as listas comunicadas pelo Exército e entregues pela Polícia Judiciária Militar ao Ministério Público e quer alterar relatório final sobre Tancos. O CDS alegou existir uma diferença de 80 lança-granadas …

Rio defende inocência de Álvaro Amaro e critica julgamentos na praça pública

O presidente do PSD defendeu esta segunda-feira, em Viana do Castelo, o respeito pelo princípio de presunção de inocência para todos os portugueses e criticou julgamentos "na praça pública", referindo-se ao processo que envolve o …

Campanha para ajudar Miguel Duarte já angariou mais de 30 mil euros

A campanha de crowdfunding para ajudar Miguel Duarte, acusado pela justiça italiana de auxílio à imigração ilegal, já angariou quase 30 mil euros. Para surpresa de Miguel Duarte, o objetivo inicial da campanha de crowdfunding lançada no …

Misteriosas ilhas artificiais na Escócia são mais antigas que Stonehenge

Arqueólogos da Universidade de Southampton, que trabalharam com colegas da Universidade de Reading e com o arqueólogo local Chris Murray, descobriram que alguns "crannogs" escoceses datam do período neolítico - muito mais antigos do que …

Greves da Soflusa e Transtejo desconvocadas

A secretária-geral e responsável pela comunicação da Soflusa, Margarida Perdigão, confirmou esta segunda-feira que as greves da empresa de transportes foram desconvocadas. As greves tinham início marcado para terça-feira. Os sindicatos assinaram um protocolo que vai …

ONG pede investigação sobre a morte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi

A organização não-governamental Human Rights Watch pediu uma investigação sobre o acesso à assistência médica e aos alegados maus tratos sofridos ao longo dos anos por parte do ex-presidente do Egito Mohamed Morsi, que morreu …

Os golfinhos formam amizades porque partilham os mesmos interesses

No que diz respeito a criar laços de amizade, parece que os golfinhos são mais parecidos connosco do que imaginávamos. O comportamento homófilo desempenha um papel central na formação das amizades humanas, uma vez que os …

Neozelandês que partilhou vídeo do massacre de Christchurch condenado a 21 anos de prisão

Um neozelandês foi esta terça-feira condenado a 21 meses de prisão por ter partilhado o vídeo que o alegado autor do ataque em março contra duas mesquitas de Christchurch, que fez 51 mortos, transmitiu em …

Michel Platini detido por suspeitas de corrupção

Michel Platini foi detido, esta terça-feira, em Nanterre, nos subúrbios de Paris, pela polícia judiciária durante investigação sobre alegada corrupção na organização do Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar. De acordo com a Mediapro, o …

Estados Unidos enviam mais mil militares para o Médio Oriente para "monitorizar" ações do Irão

Após o anúncio do Irão, de que vai recomeçar o enriquecimento de urânio para fins militares, os Estados Unidos decidiram enviar mais mil militares para o Médio Oriente. Os Estados Unidos decidiram enviar cerca de mil …