Desenho de Miguel Ângelo pode resolver enigma da gravura de Florença

marcovangelisti / Flickr

Palazzo Vecchio, em Florença

Um historiador de arte descobriu no Museu do Louvre, em Paris, um desenho que tem bastantes semelhanças com a gravura da fachada do Palazzo Vecchio, em Florença.

O imponente Palazzo Vecchio, no coração de Florença, em Itália, tem na sua fachada, talhada na pedra, uma pequena gravura de um homem com cabelo encaracolado que intriga os historiadores ao longo dos tempos.

De acordo com o jornal El Español, a versão contada pelos guias turísticos é que esta gravura foi elaborada por Miguel Ângelo, uma ideia contestada por vários especialistas. Alguns dizem que o artista caricaturou o charlatão que o assaltava habitualmente quando passava pela praça, outros que seria o rosto de um homem condenado à morte.

Mas agora, conta o jornal espanhol, Adriano Marinazzo, curador do Museu de Arte Muscarelle, no estado norte-americano da Virgínia, reabriu o debate sobre essa hipótese. O historiador de arte encontrou um desenho do artista renascentista no Museu do Louvre, em Paris, que tem bastantes semelhanças com a gravura no palácio italiano.

Além disso, nas margens do desenho, Miguel Ângelo escreveu: “Quem diria que eu fiz isto?”. Marinazzo considera que esta enigmática mensagem pode ser uma subtil referência à sua “arte de rua”.

A gravura na fachada do Palazzo Vecchio, em Florença

Para reafirmar a sua teoria, o historiador da arte acrescenta que, devido à importância do Palazzo Vecchio e ao facto de ter segurança permanente, não se teria sido permitido realizar este tipo de arte a um artista desconhecido.

O investigador acredita que Miguel Ângelo realizou esta gravura quando esteve na cidade italiana, em 1504, não só para supervisionar a instalação da escultura de David, que foi colocada originalmente onde agora se encontra a sua réplica, mas também para reunir ideias para uma pintura que devia ser feita no interior do edifício.

Nessa altura, o artista tinha 29 anos e, portanto, segundo Marinazzo, ainda era “suficientemente travesso e ambicioso” para fazer tudo o que pudesse para chamar a atenção das pessoas para a sua grande escultura.

Mas quem será, afinal, o homem representado na gravura? O historiador de arte sugere que poderá ser uma espécie de homenagem a Francesco Granacci, amigo do artista que, juntamente com Leonardo da Vinci e Sandro Botticelli, aprovou a instalação de David na Piazza della Signoria, a praça central de Florença onde se encontra o Palazzo Vecchio.

Segundo o jornal espanhol, um retrato de Granacci, feito pelo pintor Giorgio Vasari, mostra-o com um nariz, queixo e caracóis semelhantes aos da gravura.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Macacos foram geneticamente modificados com cérebros humanos (e os seus neurónios aumentaram)

Um gene humano injetado nos cérebros dos macacos não apenas os tornou maiores, mas também aumentou a função dos neurónios, tornando os primatas "mais humanos". Os cérebros dos macacos são muito menores e mais lisos do …

Académicos sul-africanos querem diminuir o brilho do Sol

Um grupo de cientistas e académicos sul-africanos considera diminuir o brilho do Sol para evitar uma seca devastadora na Cidade do Cabo, de acordo com um novo estudo científico recentemente publicado. Os especialistas pretendem lançar …

O Universo está cheio de uma substância misteriosa: chama-se quintessência

Uma equipa internacional de cientistas sugere, num novo estudo, que a expansão acelerada do Universo pode ser causada por uma substância misteriosa chamada quintessência. Os cientistas acreditam que a expansão do Universo está relacionada com a …

Entrevista: "Demorei 2 anos a aperfeiçoar o meu passe; os miúdos de Timor já jogam lindamente!"

Sara Moreira Silva é a líder da primeira escola de voleibol em Timor-Leste, que vai arrancar em janeiro de 2021. Fica aqui a perspetiva de uma portuguesa que vê muito talento entre os timorenses...que não …

O edifício mais antigo do mundo ainda em funcionamento "mora" em Roma

O Panteão de Roma, o edifício mais antigo desta cidade italiana, continua a ser utilizado nos dias de hoje, cerca de 2.000 anos depois da sua construção. Edificado em meados de 125 a.C sob a …

Da cabeça de javali à perdiz. Historiadores e chefs ensinam a cozinhar pratos medievais

Uma equipa de historiadores e grandes chefs reuniu-se para oferecer um curso online para ensinar os alunos a criar banquetes medievais. Professores da Universidade de Durham e chefs do restaurante Blackfriars criaram o Eat Medieval, que …

The Climate Store. Os preços desta loja sueca variam conforme a pegada ecológica

Os rótulos dos alimentos já indicam o quão bom ou mau um produto é para a nossa saúde, mas e o planeta? Um número crescente de marcas está agora a rotular os seus produtos para …

A cidade-irmã mais famosa de Petra abre finalmente ao público. "Esconde" túmulos amaldiçoados

A cidade de Hegra, localizada nos desertos a norte de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, vai pela primeira vez abrir ao público, podendo os visitantes explorar agora este local antigo sem quaisquer restrições. …

Falha no Microsoft Excel pode ter levado a mais de 1.500 mortes no Reino Unido

Um erro no Microsoft Excel que eliminou quase 16 mil casos de covid-19 das estatísticas do Reino Unido pode ter levado a mais de 1.500 mortes evitáveis, de acordo com um artigo da Warwick University. Os …

Pessoas com bons hábitos de sono têm menor risco de insuficiência cardíaca

Os padrões de sono saudáveis ​​incluem acordar de manhã cedo, dormir 7 a 8 horas por noite e não ter insónias ou sonolência diurna excessiva. Esta pode ser a receita secreta para evitar insuficiência cardíaca, …