Desenho com 400 anos ajuda a encontrar dois navios Viking enterrados

Universidade Flinders

Com a ajuda de um desenho com 400 anos, uma equipa de investigadores conseguiu encontrar o local onde estavam enterrados dois navios Viking.

Em 1650, o antiquário Ole Worm, da Universidade de Copenhaga, fez desenhos de um cemitério de navios Viking na pequena ilha dinamarquesa de Hjarnø. As suas representações mostravam mais de 20 túmulos de navios, mas até agora só tinham sido encontrados dez.

Agora, graças ao desenho de Worm e à tecnologia moderna, investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, descobriram mais dois navios Viking enterrados no local, escreve o All That’s Interesting.

“O nosso estudo identificou duas novas áreas elevadas que poderiam na verdade ser configurações de navios que se alinham com os desenhos de Worm de 1650”, disse Erin Sebo, autora principal do artigo publicado no The Journal of Island and Coastal Archaeology.

“Um parece ser um cenário típico de navio e o segundo permanece ambíguo, mas é impossível saber sem escavações e investigação adicional”, acrescentou, num comunicado divulgado pelo site da universidade australiana.

A equipa de investigadores usou várias abordagens, estudando registos medievais e recorrendo a fotogrametria aérea e análise com tecnologia LIDAR.

O folclore escandinavo está repleto de referências a esta pequena ilha, conhecida como Kalvestene. O conto mais famoso diz que os Vikings colocaram pedras como um tributo a um rei chamado Hiarni. Segundo a lenda, Hiarni tornou-se rei depois de escrever um poema particularmente bonito sobre o anterior rei, a quem ele derrotou em batalha na ilha.

“A ilha era famosa provavelmente porque os navios teriam que navegar para chegar a um centro de comércio em Horsens e artefactos sugerem que a ilha foi visitada por comerciantes estrangeiros”, diz Sebo.

Os investigadores também concluíram que o sítio de enterro dos navios parece mais tipicamente sueco do que dinamarquês.

Os autores ponderam agora a possibilidade de este cemitério poder ter sido uma espécie de tributo pan-Viking ao deus nórdico Njord.

Apesar de terem sido encontrados dois navios, o coautor Jonathan Benjamin explicou que o estudo não pode oferecer prova definitiva de que as ilustrações de Worm eram totalmente precisas.

“Embora este estudo não seja capaz de oferecer uma compreensão conclusiva das origens de Kalvestene, ele demonstra o valor de combinar a crítica e análise das fontes com dados arqueológicos para contribuir para uma maior compreensão sobre o local”, acrescentou Benjamin.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …

Três norte-americanos emitem carbono suficiente para matar uma pessoa, revela estudo

O estilo de vida de três norte-americanos leva a uma emissão de carbono suficiente para matar uma pessoa, revelou um novo artigo, concluindo ainda que as emissões de uma única usina a carvão podem causar …

Terceira dose da vacina da Pfizer aumenta "fortemente" a proteção contra a variante Delta

Farmacêutica norte-americana pretende submeter um novo pedido de autorização de emergência para a administração da terceira dose ao regulador, depois de já ter visto um pedido anterior ser recusado por falta de evidências científicas. Depois de …

Estabelecimentos abertos até às 02h00. Máscaras na rua acabam em setembro

O primeiro-ministro anunciou, esta quinta-feira, a partir do Palácio Nacional da Ajuda, as novas medidas de desconfinamento decididas no Conselho de Ministros. António Costa começou por referir que, graças às medidas restritivas dos últimos tempos, é …

Surpresa na Liga dos Campeões: Celtic é uma equipa de "terceira divisão"

Críticas à qualidade do plantel do gigante escocês, que nem passou da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. O Midtjylland fez a festa. Há uns tempos seria uma surpresa mas, nos anos mais recentes, …