Descodificado genoma de ave extinta há 700 anos

Apesar de haver outras espécies extintas que já tiveram o seu genoma descodificado, esta foi a primeira descodificação do material genético do núcleo celular de uma espécie moa, que agora poderá facilitar a obtenção do código genético de outras aves semelhantes.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, em conjunto com um ornitólogo de um museu canadiano, conseguiram descodificar a quase totalidade do genoma dos pequenos moas da espécie Anomalopteryx didiformis.

Estas aves tinham uma estrutura parecida com a do peru e não tinham asas. Viviam na Nova Zelândia e podiam atingir cerca de um metro de altura. Graças à caça intensiva por parte dos humanos, estas aves foram extintas há cerca de 600 ou 700 anos (altura em que os humanos chegaram à ilha).

Mas não existiam apenas os moas Anomalopteryx didiformis. Havia ainda oito outras espécies destas aves, que também acabaram por se extinguir. As nove espécies, todas herbívoras, não eram distribuídas de forma uniforme pelas duas ilhas principais da Nova Zelândia: o Anomalopteryx didiformis era comum nas florestas das duas ilhas.

Através do material genético de um osso da para de uma destas aves, que pertence ao Museu Real do Ontário, foi possível reconstituir o ADN desta espécie. Além da sequenciação do ADN das mitocôndrias, esta foi a primeira descodificação do material genético do núcleo celular de uma espécie moa.

O artigo científico está disponível num repositório de acesso livre de trabalhos científicos de biologia – o bioRxiv -, mas ainda não foi publicado após revisão por pares.

A equipa, conta o Público, recolheu o ADN de peça antigas e tentou perceber onde se encaixavam as sequências genéticas do ADN do núcleo das células desta espécie, compostas por mais de 900 milhões de nucleótidos – a adenina, timina, citosina e guanina, elementos químicos que constituem o ADN, representadas pelas letras A, T, C e G.

Os genes são conjuntos destas letras que comandam o fabrico de proteínas e se encaixam aos pares: A com T e C com G, explica o jornal.

Como comparação, foi utilizado o ADN dos emus, os parentes mais próximos dos moas. Como se de um puzzle se tratasse, esta comparação tornou mais fácil perceber ncaixar as peças do material genético desta espécie. Assim, os investigadores conseguiram que 85% do genoma ficasse bem posicionado.

A descodificação do genoma destas aves pode ser útil para facilitar a leitura do material genético das outras oito espécies de moas extintas. No artigo científico consta que este genoma “abre um novo capítulo” na investigação do material genético dos moas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …