Descodificado genoma de ave extinta há 700 anos

Apesar de haver outras espécies extintas que já tiveram o seu genoma descodificado, esta foi a primeira descodificação do material genético do núcleo celular de uma espécie moa, que agora poderá facilitar a obtenção do código genético de outras aves semelhantes.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, em conjunto com um ornitólogo de um museu canadiano, conseguiram descodificar a quase totalidade do genoma dos pequenos moas da espécie Anomalopteryx didiformis.

Estas aves tinham uma estrutura parecida com a do peru e não tinham asas. Viviam na Nova Zelândia e podiam atingir cerca de um metro de altura. Graças à caça intensiva por parte dos humanos, estas aves foram extintas há cerca de 600 ou 700 anos (altura em que os humanos chegaram à ilha).

Mas não existiam apenas os moas Anomalopteryx didiformis. Havia ainda oito outras espécies destas aves, que também acabaram por se extinguir. As nove espécies, todas herbívoras, não eram distribuídas de forma uniforme pelas duas ilhas principais da Nova Zelândia: o Anomalopteryx didiformis era comum nas florestas das duas ilhas.

Através do material genético de um osso da para de uma destas aves, que pertence ao Museu Real do Ontário, foi possível reconstituir o ADN desta espécie. Além da sequenciação do ADN das mitocôndrias, esta foi a primeira descodificação do material genético do núcleo celular de uma espécie moa.

O artigo científico está disponível num repositório de acesso livre de trabalhos científicos de biologia – o bioRxiv -, mas ainda não foi publicado após revisão por pares.

A equipa, conta o Público, recolheu o ADN de peça antigas e tentou perceber onde se encaixavam as sequências genéticas do ADN do núcleo das células desta espécie, compostas por mais de 900 milhões de nucleótidos – a adenina, timina, citosina e guanina, elementos químicos que constituem o ADN, representadas pelas letras A, T, C e G.

Os genes são conjuntos destas letras que comandam o fabrico de proteínas e se encaixam aos pares: A com T e C com G, explica o jornal.

Como comparação, foi utilizado o ADN dos emus, os parentes mais próximos dos moas. Como se de um puzzle se tratasse, esta comparação tornou mais fácil perceber ncaixar as peças do material genético desta espécie. Assim, os investigadores conseguiram que 85% do genoma ficasse bem posicionado.

A descodificação do genoma destas aves pode ser útil para facilitar a leitura do material genético das outras oito espécies de moas extintas. No artigo científico consta que este genoma “abre um novo capítulo” na investigação do material genético dos moas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mais 67 mil eleitores votaram até ao meio-dia, mas a percentagem de afluência caiu

Até ao meio-dia deste domingo, votaram quase mais 67.000 eleitores face às eleições para o Parlamento Europeu de 2014, apesar de a percentagem de afluência às urnas deste ano ser inferior às últimas eleições europeias. As …

Cientistas analisaram vómito de tubarão e descobriram algo inesperado

Um estudo divulgado na terça-feira revelou que o tubarão-tigre também se alimenta de pássaros terrestres, para surpresa dos cientistas. Os tubarões são bastante ecléticos no que toca a comia. As presas vão desde peixes a invertebrados, …

ADN reúne irmãos de países diferentes fruto de uma história de amor da 2ª Guerra Mundial

André Gantois, um francês de 73 anos que passou décadas a tentar descobrir quem era o seu pai, nunca imaginou que a busca chegaria ao fim graças a uma feliz e inesperada coincidência e que …

Foram encontrados ossos de crocodilo no deserto de Israel (mas ninguém sabe como foram lá parar)

Uma equipa de arqueólogos ficou perplexa ao encontrar ossos de crocodilo no deserto de Israel. A incrível descoberta foi feita por cientistas da Universidade de Haifa, na região de Neguev – uma área desértica no …

Empréstimo da CGD a Isabel dos Santos passou por Malta, um dos paraísos fiscais europeus

Uma investigação jornalística descobriu que Isabel dos Santos controlava 13 sociedades em Malta. Uma dessas sociedades serviu para fazer o negócio com a Caixa Geral de Depósitos para a entrada na ZON. Segundo o Expresso, a …

Sérgio Conceição recusou cumprimentar Frederico Varandas. "São formas de estar diferentes"

Sérgio Conceição recusou cumprimentar Frederico Varandas quando este lhe estendeu a mão na tribuna presidencial do Estádio do Jamor. O presidente do Sporting fala em "formas de estar diferentes". Depois de ter perdido a Taça de …

Mesa de voto encerrada com portões fechados a cadeado em Montalegre

Na Junta de Freguesia de Morgade, em Montalegre, a mesa de voto estava fechada esta manhã, com os portões encerrados a cadeado. José Nogueira, presidente da Junta local, disse ao Jornal de Notícias que "tudo indica" …

Físico diz que Marte é o único planeta para onde humanos podem fugir

Segundo o físico Brian Cox, o Planeta Vermelho pode ser a única opção caso os humanos tenham de abandonar o planeta Terra. O cientista diz que "não podemos ficar aqui para sempre". O professor e apresentador …

Décadas de estudos sobre "genes da depressão" podem estar errados

A ideia de um "gene da depressão" capturou a imaginação de cientistas durante décadas. Nos últimos 20 anos, centenas de estudos sugeriram que pessoas com a variação de determinados genes têm um maior risco de …

Formação da Lua trouxe água para o planeta Terra

A formação da Lua trouxe para a Terra condritos carbonosos, que são fonte provável da água no nosso planeta e de elementos altamente voláteis, como carbono, nitrogénio, hidrogénio e enxofre. A Terra é o único planeta …