Descoberto um enorme objecto escuro no limite do sistema solar

Alexandra Angelich / NRAO/AUI/NSF

Os astrónomos não conseguiam dizer se DeeDee era pequeno, mas altamente reflexivo, ou grande, mas extremamente escuro.

Os astrónomos não conseguiam dizer se DeeDee era pequeno, mas altamente reflexivo, ou grande, mas extremamente escuro.

Não, não é a Estrela da Morte. Astrónomos da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, encontraram um corpo planetário nos limites do nosso sistema solar, chamado de DeeDee.

Deedee, abreviatura usada para “Distant Dwarf”, ou “Anão Distante”, foi descoberto pela primeira vez no fim de 2016, mas pouco se sabia sobre a sua estrutura física.

Agora, novos dados recolhidos pelo ALMA, o telescópio Atacama Large Millimeter / submillimeter Array, revelaram detalhes sobre a verdadeira identidade do objeto misterioso: tem cerca de dois terços do tamanho do planeta anão Ceres, o maior membro do nosso cinturão de asteroides, e massa suficiente para ser esférico.

Isto significa que DeeDee cumpre os critérios necessários para ser considerado um planeta anão, embora os investigadores ainda não lhe tenham dado esse rótulo oficial.

A descoberta foi publicada na revista científica Astrophysical Journal Letters.

Desvendando o mistério

DeeDee foi visto pela primeira vez usando o telescópio Blanco no Observatório Interamericano Cerro Tololo, no Chile.

A descoberta fez parte da pesquisa Dark Energy Survey, que produziu cerca de 15.000 imagens e identificou mais de 1.1 mil milhões de objectos, a maioria dos quais estrelas e galáxias distantes. Apenas uma minúscula fracção desses objectos do nosso próprio sistema solar acabou por se revelar interessante.

Sem as observações de acompanhamento do ALMA – um conjunto de antenas de rádio que podem recriar imagens mais claras do espaço distante -, os investigadores não conseguiam perceber se DeeDee era pequeno, mas altamente reflexivo, ou grande, mas extremamente escuro.

Agora, os astrónomos puderam verificar que o objeto é incrivelmente frio, apenas um pouco acima do zero absoluto, e confirmaram que é invulgarmente grande, mas tão escuro que só reflecte cerca de 13% da luz solar que o atinge.

Por outras palavras, DeeDee é tão brilhante como uma vela a meio caminho da lua.

DeeDee fica a aproximadamente 92 unidades astronómicas do sol, cerca de 137 mil milhões de quilómetros. É o segundo mais distante objecto transneptuniano conhecido, com uma órbita apenas mais pequena do que a do planeta anão Eris. De facto, a órbita de DeeDee é tão grande que ele leva 1.100 anos a completar uma volta ao Sol.

Só porque estes objectos se encontram longe, não significa que não sejam importantes. Os objectos como DeeDee são vestígios da criação do nosso sistema planetário.

Os cientistas esperam agora obter mais informações sobre como e quando estes objectos se formaram, para esclarecer também como os planetas do nosso sistema solar, incluindo a Terra, se desenvolveram originalmente.

E talvez as mesmas tecnologias que usamos para estudar Deedee possam ser usadas para encontrar o hipotético Planeta Nove, previsto para orbitar ainda além deste anão.

PARTILHAR

RESPONDER

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …