Descoberto tumor com dentes em cemitério gótico do Largo do Carmo

Sofia N. Wasterlain et all

Tumor com dentes em cemitério gótico no Largo do Carmo, em Lisboa.

Tumor com dentes em cemitério gótico no Largo do Carmo, em Lisboa.

Um tumor com dentes foi descoberto no cemitério gótico do Largo do Carmo, em Lisboa. É um achado raro que se junta a apenas mais três casos conhecidos mundialmente, disse a investigadora da Universidade de Coimbra Sofia Wasterlain.

Presente na zona pélvica de um esqueleto, o tumor calcificado tem cerca de 3,8 centímetros de comprimento e 4,3 centímetros de diâmetro, numa massa “irregular e desorganizada”, onde é possível constatar a presença de cinco dentes malformados na sua superfície, refere o estudo recentemente publicado no International Journal of Paleonpathology.

Este tipo de tumor é denominado de teratoma e foi encontrado nas escavações arqueológicas realizadas no cemitério gótico que existia perto do Convento e da Igreja do Carmo, cuja utilização decorreu entre “o século XV e o século XVIII”, tendo sido interrompida pelo terramoto de 1755, explicou a responsável pelo estudo, Sofia Wasterlain.

As escavações arrancaram em 2010/2011, mas só na segunda campanha, de 2013 a 2015, foi possível analisar e estudar o caso.

A mulher onde foi encontrado o tumor, contou a investigadora, deveria ter mais de 45 anos, não havendo “qualquer sinal que evidencia” que este tumor fosse maligno.

Tumor com dentes em cemitério gótico no Largo do Carmo, em Lisboa.A maioria dos teratomas são benignos, sendo que, face às suas dimensões, podem causar “algum tipo de problemas e pressionar alguns órgãos”, elucidou, sublinhando que também esse tipo de lesões não foi encontrado.

Apesar de não se saber o motivo da morte da pessoa, o cal encontrado no esqueleto levanta algumas possibilidades de a mulher ter morrido por uma “doença infetocontagiosa”, visto que era comum ser atirado cal para os corpos quando essa era a causa de morte.

Na literatura paleontológica, só são conhecidos mais três casos de teratomas, sendo que este tipo de tumor “é relativamente invulgar”, sendo caracterizado por “múltiplos tipos de tecido”, podendo ser formados por dentes ou cabelo.

“Os dentes saltaram logo à vista”, sublinha a investigadora do departamento de Antropologia da Universidade de Coimbra.

Para a antropóloga, especializada em antropologia biológica, “é importante fazer estes diagnósticos diferenciais” para se complementarem as fontes históricas e “a história das doenças”.

“Há uma ideia generalizada de que o cancro ou os tumores são produto da nossa vida ocidental e, na verdade, acabamos por encontrar casos de há muitos séculos. É importante documentar estes casos” para se perceber “como é que as coisas aconteciam no passado e não apenas hoje”, realçou a investigadora.

O estudo foi levado a cabo pela Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa e a Câmara de Lisboa.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A forma correta de escrita da palavra é a cal, porque a palavra cal é um substantivo feminino. Dizer o cal está errado.

RESPONDER

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …

"É com Vieira que o FC Porto consegue tirar a final da Taça do Jamor"

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica, apontou baterias ao atual presidente das águias, Luís Filipe Vieira, poucas horas depois de a Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado que a final da Taça …

Rui Rio propôs fim dos debates quinzenais sem consultar deputados

A bancada do PSD só recebeu as propostas do partido para alterar o regimento da Assembleia da República mais de 24 horas depois do anúncio feito por Rui Rio, na terça-feira, no Porto. Rui Rio, líder …

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …

À frente de Figo, Futre e Ronaldo. Joelson é o terceiro mais novo de sempre a estrear-se pelo Sporting

O Sporting venceu esta quinta-feira na receção ao Gil Vicente, por 2-1, no jogo de encerramento da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A partida marcou também a estreia do jovem extremo Joelson …

Austrália pondera dar refúgio a quem abandone Hong Kong

O primeiro-ministro australiano disse esta quinta-feira que o Governo está a ponderar dar refúgio aos residentes de Hong Kong que desejem abandonar a ex-colónia britânica devido à nova lei de segurança nacional imposta por Pequim. Scott …

Vieira ainda sonha com Jesus (e a Libertadores pode ajudar no regresso)

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, não desistiu de voltar a colocar Jorge Jesus no comando técnico da equipa da Luz e, caso a Taça dos Libertadores não seja realizada, o regresso do treinador …

Marta Temido garante que não há descontrolo em Lisboa (mas assume falhas)

Em entrevista à RTP, a ministra da Saúde garantiu que não há "descontrolo" na evolução da pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, mas sublinhou que se trata de uma "situação de sobressalto, …

A genética ajuda a determinar o quão afetuosas são as mulheres (mas não os homens)

A genética desempenha um papel importante no nível de afetividade das mulheres, mas o mesmo não acontece entre os homens, concluiu uma nova investigação científica levada a cabo com gémeos. Na nova investigação, recentemente publicada …