Descoberto na nossa galáxia um sistema solar da idade do Universo

Tiago Campante / Peter Devine / IACE

Imagem artística do sistema Kepler-444, com os seus cinco planetas do tipo terrestre, dois dos quais em trânsito.

Imagem artística do sistema Kepler-444, com os seus cinco planetas do tipo terrestre, dois dos quais em trânsito.

Uma equipa de investigadores, que envolve o instituto português de Astrofísica e Ciências do Espaço, descobriu cinco planetas, possivelmente semelhantes à Terra na sua constituição, a orbitar uma estrela mais antiga do que o Sol, a Kepler-444.

Segundo os resultados da investigação, publicados na revista científica The Astrophysical Journal, os cinco exoplanetas (fora do Sistema Solar) em causa são próximos, no tamanho, de Mercúrio e Vénus.

O astrofísico e investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) Sérgio Sousa, que participou no estudo, adiantou à Lusa que as medições feitas aos planetas, a partir de imagens captadas pelo telescópio Kepler, da NASA, revelam que a sua densidade é elevada, o que leva a crer, assinalou, que “são rochosos” como a Terra, apesar de mais pequenos do que o “planeta azul”.

A estrela Kepler-444, uma anã laranja, ligeiramente menor do que o Sol e com cerca de 5.000°C à superfície, é “bastante antiga, tem quase a idade do Universo“, frisou.

Ao contrário de estrelas de segunda geração, como o Sol, a Kepler-444 tem menos ferro, “elemento fulcral na formação dos planetas”, e mais magnésio e silício, apontou Sérgio Sousa.

Para os investigadores, a descoberta prova que poderão ter sido criadas condições para o aparecimento de planetas desde muito cedo na formação do Universo.

“A descoberta de um sistema com planetas do tipo terrestre, tão antigo como o Kepler-444, confirma que os primeiros planetas se formaram muito cedo na vida da nossa Galáxia, o que nos dá uma indicação de quando terá começado a era da formação planetária”, sustenta o investigador Vardan Adibekyan, do IA e da Universidade do Porto, citado num comunicado do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.

O sistema estelar Kepler-444 ter-se-á formado há 11,2 mil milhões de anos, quando o Universo tinha cerca de um quinto dos atuais 13,8 mil milhões de anos, esclarece a nota, acrescentando que, quando a Terra se formou, os cinco planetas extrassolares deste sistema, “cerca de 2,5 vezes mais velho do que o Sistema Solar, já eram mais velhos do que a idade atual da Terra”.

Para os cientistas, trata-se, por isso, do “mais antigo sistema estelar conhecido a albergar exoplanetas do tipo terrestre”.

Situado a 116 anos-luz de distância da Terra, o sistema Kepler-444 é visto como um dos sistemas estelares “mais próximos” do “planeta azul” que foram observados pelo telescópio Kepler, tendo a equipa de investigadores internacionais medido o raio dos cinco planetas através do método dos trânsitos – medição da diminuição da luz de uma estrela provocada pela passagem do exoplaneta à frente dessa estrela.

Adicionalmente, e como o método dos trânsitos é indireto, “só permite determinar o tamanho dos planetas em relação ao tamanho da estrela-mãe”, ressalva o IA, a equipa recorreu a técnicas de asterossismologia, que permitem estudar o interior das estrelas através da sua atividade sísmica medida à superfície, de forma a “conhecer com precisão as caraterísticas físicas da estrela” e, assim, “conseguir determinar o tamanho dos planetas”.

De acordo com a investigação, as órbitas dos cinco planetas extrassolares são cinco vezes menores do que a órbita de Mercúrio, completam uma translação à volta da sua estrela em dez dias ou menos.

O próximo passo do grupo de cientistas será caraterizar melhor, com novos instrumentos, os planetas detetados.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez em 10 anos, a Wikipédia vai mudar de aparência

A icónica Wikipédia vai, pela primeira vez em 10 anos, ser modificada para tornar o site mais acessível - e menos "assustador" - para novos utilizadores. A Wikipédia tem sido parte integrante da cultura da web …

Encontrados medicamentos ilegais em suplementos para o cérebro

Cientistas encontraram medicamentos ilegais, não aprovados nos Estados Unidos, em suplementos que alegadamente melhoram o desempenho cognitivo. Clareza mental, criatividade aprimorada e uma memória extremamente nítida são algumas das promessas feitas a quem compra suplementos de …

Voluntários oferecem-se para cumprir pena de jovem acusado de blasfémia

Num ato de solidariedade, 120 voluntários pediram para cumprir a pena de um jovem nigeriano condenado a 12 anos de prisão por blasfémia. Entre os voluntários está o diretor do Memorial de Auschwitz. Ao todo, 120 …

ADN ajuda a identificar assassino em série num dos mais infames casos da Austrália

Uma amostra de ADN ajudou a justiça australiana a considerar um homem como culpado pelo assassinato de duas mulheres na década de 1990, encerrando um caso que permaneceu sem solução durante quase 25 anos. Durante quase …

Mais 665 casos e nove mortes por covid-19 em Portugal

Portugal regista, este domingo, mais 665 novos casos positivos e nove mortes por covid-19, segundo boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Assim, desde o início da pandemia, Portugal conta com 73.604 infetados e 1.953 …

De guerreiros a anciões. Grupo étnico no Quénia faz cerimónia única de "transformação"

Milhares de homens Maasai vestidos com xales vermelhos e roxos e com as suas cabeças revestidas de ocre vermelho reuniram-se esta semana para uma cerimónia que os transforma de Moran (guerreiros) em Mzee (anciãos). De acordo …

Há 60 anos, Richard Nixon tricou uma sanduíche (e este homem guardou-a desde então)

Há 60 anos, o então vice-Presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, trincou uma sanduíche - e Steve Jenne, um homem que vive em Illinois, guardou-a os restos desde então. De acordo com o The New York …

Coreia do Norte adverte Sul para não procurar nas suas águas oficial assassinado

A Coreia do Norte pediu hoje à Marinha sul-coreana que deixe de entrar nas suas águas territoriais, numa altura em que Seul procura recuperar o corpo de um oficial sul-coreano morto a tiro no mar …

"Um abandonar dos utentes". Centros de saúde atiram pacientes para farmácias e privados

Sem resposta nos centros de saúde, vários utentes vêm-se obrigados a recorrer ao setor privado e a farmácias. A Entidade Reguladora de Saúde já recebeu várias reclamações. Face à pandemia de covid-19, os centros de saúde …

Polícia treinou uma cadela para farejar provas eletrónicas

No Minnesota, Estados Unidos, a polícia treinou uma cadela para farejar dispositivos eletrónicos. Sota já ajudou a encontrar provas em dez crimes. A polícia estatal do Minnesota treinou uma cadela labrador britânica para farejar dispositivos eletrónicos, …