Descoberto monstro marinho que viveu há 480 milhões de anos

Marianne Collins / ArtofFact

Aegirocassis benmoulae, um monstro marinho com 480 milhões de anos

Aegirocassis benmoulae, um monstro marinho com 480 milhões de anos

Investigadores das Universidades de Yale e de Oxford descobriram um mostro marinho semelhante a um crustáceo com dois metros de comprimento, que terá habitado os mares há 480 milhões de anos e que se alimentaria como o fazem as baleias.

A criatura marinha “devia ser uma das maiores da sua época”, diz Allison Daley, zoologista da Universidade de Oxford, na Grã-Bretanha, e co-autora do estudo, publicado esta quarta-feira na revista Nature, e que foi desenvolvido em parceria com a Universidade de Yale, nos Estados Unidos.

academia.edu

Allison Daley, zoologista da Universidade de Oxford

Allison Daley, zoologista da Universidade de Oxford

O animal tinha na cabeça uma rede de espinhos que utilizaria para filtrar os alimentos, o que o torna num dos mais antigos gigantes aquáticos conhecidos por se alimentarem filtrando a água do mar, uma técnica que as baleias utilizam para recolher o plâncton.

Esta nova espécie foi batizada de Aegirocassis benmoulae, numa alusão ao caçador de fósseis marroquino Mohamed Ben Moula, que realizou pesquisas em Marrocos.

O Aegirocassis benmoulae faz parte da família desaparecida dos anomalocaridídeos, animais marinhos que surgiram há 520 milhões de anos.

Mas, até agora, a maioria dos anomalocaridídeos descobertos eram predadores que estavam no topo da cadeia alimentar, mais perto dos nossos tubarões atuais.

Peter Van Roy, investigador da Universidade de Yale, um dos outros autores do estudo, utilizou um novo método de análise de fósseis que permitiu uma visão tridimensional (3D) do animal, fornecendo uma ideia de como ele seria quando habitava os oceanos.

Num artigo no The Conversation, o investigador explica em detalhe algumas das conclusões da sua investigação, entre as quais a de que o Aegirocassis benmoulae teria uma espécie de barbatanas em ambos os lados do corpo, ancestrais da dupla fila de patas que caracteriza os artrópodes – invertebrados cobertos com uma concha, como os crustáceos, as aranhas e os insetos.

Estas pequenas criaturas poderão, assim, ser os parentes vivos mais próximos do monstruoso Aegirocassis benmoulae extinto.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …

Resgate à TAP deverá ser feito através de empréstimo obrigacionista

A ajuda do Estado à TAP deverá chegar através de um empréstimo obrigacionista convertível em ações, avança o jornal Expresso neste sábado. Este é o cenário mais provável para a TAP, apurou o semanário, que …