Descoberto ingrediente secreto responsável pelo efeito 3D nas pinturas de Rembrandt

Wikimedia

“O filho pródigo na taberna”, Rembrandt (1637)

Um grupo de especialistas conseguiu desvendar o principal segredo da famosa técnica de impasto de um dos mais famosos artistas plásticos de todos os tempos, Rembrandt (1606-1669).

Segundo os investigadores, o génio holandês dava aos seus trabalhos um efeito tridimensional graças a uma receita misteriosa que utilizava nas suas pinturas. Depois de séculos de investigação, os cientistas descobriram que o artista utilizava uma combinação de materiais disponíveis nos mercados da Holanda no século XVII, como pigmentos de chumbo branco e compostos orgânico, como é o caso do óleo de linhaça.

Contudo, e apesar de todos os anos de investigação, havia um ingrediente em falta que os investigadores só agora conseguiram descobrir depois de analisar com npvos métodos três obras do artista: “O Retrato de Marten Soolmans” (Rijksmuseum), “Betsabé com a carta de David”(Louvre) e “Susanna e as velhas”‘ (Mauritshuis).

De acordo com o estudo, publicado no início de janeiro na revista Angewandte Chemie International Edition, foram os raios-X das máquinas de rastreio de última geração do Laboratório Europeu de Radiação Síncrotron (ESRF, localizado em Grenoble, França), que permitiram à equipa de investigadores, composta por cientistas holandeses e franceses, identificar os elementos químicos presentes nas camadas de tinta.

O ingrediente “desaparecido” acabou por ser identificado como o mineral plumbonacrite, identificado em algumas pinturas do século XX e também num pigmento de chumbo vermelho degradado num trabalho de Van Gogh (1853-1890).

Não esperávamos encontrar a [substância], uma vez que é muito incomum nas pinturas dos velhos mestres”, explica o autor principal do estudo, Víctor González, do Rijksmuseum e da Universidade Tecnológica de Delft, na Holanda.

Mistura intencional

Além de descobrir o ingrediente secreto, a análise das obras mostrou ainda que Rembrandt modificou intencionalmente os seus materiais de pintura. “Com base em textos históricos, acreditamos que Rembrandt tenha acrescentado óxido de chumbo ao óleo para obter esse efeito, convertendo a mistura numa tinta pastosa”, assinala Cotte Marinho, especialista internacional em conservação de arte.

E é deste “truque” que nasce a técnica de nome “impasto”, originária do verbo italiano impastare, que significar tornar em pasta. Com esta receita especial, o artista aumentava as propriedades da textura da tinta que refletem a luz e, consequentemente, melhoram as possibilidades de perceção da obra.

Apesar do avanço conseguido, os cientistas notam que o número de obras estudadas nesta amostra não é grande o suficiente para avaliar se os impastos de chumbo branco contêm, de forma sistemática, vestígios de plumbonacrita.

“Estamos a trabalhar com a hipótese de que Rembrandt poder ter utilizado outras receitas, e essa é a razão pela qual vamos estudar amostras de outras pinturas do artista holandês, bem como de outros mestres holandeses do século XVII, incluindo Vermeer Hals e outros pintores do círculo de Rembrandt” , considerou Annelies van Loon, especialista do Museu Nacional de Amesterdão.

ZAP // RT

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A notícia não desperta grande interesse. Aliás, parece é que o resultado do trabalho dos investigadores não passa de uma espécie de “ovo de Colombo”
    O impasto, que não tem de ser preparado como a notícia descreve, sempre existiu, sendo utilizado de modo consciente ou não. E até era desvalorizado, tido como má técnica, se utilizado por amadores ou pintores de duvidosos créditos. Foi necessário que nomes de primeira Plana, como Rembrandt, o incorporassem na sua prática artística para que a crítica e os restantes ditos entendidos também o admitissem e até o valorizassem, como se vê. Mas que é que um tal meio ou processo tem que ver com o efeito 3D?
    Parece é que ninguém se lembrou de abordar a questão da tendência áptica de que certos artistas se valem.

RESPONDER

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …

Escolas devem reabrir normalmente. Governo preparado para decisões diferentes

As escolas devem reabrir em situação de normalidade e só uma evolução negativa da pandemia levará a decisões contrárias, de maior ou menor alcance, que o Governo disse esta quinta-feira estar preparado para tomar. Na conferência …

Família de ativista saudita teme que esteja a ser torturada na prisão

Familiares de uma importante ativista dos direitos das mulheres da Arábia Saudita, detida desde maio de 2018, temem que esteja a ser torturada na prisão, uma vez que não dá notícias há vários meses. Loujain al-Hathloul, …