Maxilar de um dos primeiros humanos a sair de África reescreve a história da humanidade

O maxilar, encontrado numa gruta em Israel, em 2002, indica que o Homo sapiens terá saído de África cerca de 50 mil anos mais cedo do que se pensava.

Foi descoberto um maxilar no Monte Carmelo, em Israel, que é o fóssil mais antigo de um Homo sapiens fora de África, anunciaram os cientistas da Universidade de Tel Aviv, num estudo publicado esta quinta-feira, na Science.

O fóssil tem entre 177 mil e 194 mil anos e foi encontrado na gruta Misliya, numa encosta do Monte Carmelo, por um caloiro de um grupo de arqueologia, em 2002. A gruta deu o nome ao fóssil: Misliya-1, que tem então entre 177 mil e 194 mil anos, segundo três métodos de datação utilizados pelos cientistas.

A descoberta deste maxilar vem reescrever a história da nossa espécie, já que, até agora, pensava-se que os fósseis mais antigos de um homem moderno fora de África tivessem entre 90 mil e 120 mil anos. A mais recente descoberta indica que saímos do continente africano pela primeira vez 40 mil a 50 mil anos mais cedo do que se pensava.

Israel Hershkovitz, principal autor do estudo, conta ao Público que “a história da nossa espécie é mais longa e, provavelmente, mais complicada do que os cientistas antes acreditavam”.

O maxilar inclui sete dentes intactos e um dente incisivo partido. No entanto, apesar de ser muito diferente daquele que o Homem atual te, é mais parecido connosco do que com um Neandertal. Ainda assim, vão ser necessários muitos testes para descobrir a que população de Homo sapiens pertencia este maxilar.

Os cientistas desconfiam que a população em causa terá deixado o continente africano, mas desaparecido pouco tempo depois. Segundo o Observador, este facto torna pouco provável que a pessoa a quem pertencia este fóssil tenha informação genética que tenha contribuído para o ADN humano atual.

Foram também encontradas ferramentas construídas através da tecnologia de Levallois, uma técnica associada a fósseis dos humanos modernos, que terá vindo substituir os bifaces há cerca de 300 mil anos. Os cientistas sugerem assim que o aparecimento desta tecnologia está ligado à chegada do Homo sapiens ao Médio Oriente.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Há uns tempos atrás, a própria ZAP noticiou que os humanos se devem ter desenvolvido na Europa ao invés de África e que em vários sítios paralelamente e não apensas num (se bem me recordo)… por isso que há de estranho nesta datação ser anterior… porque é que não consideram a hipótese de que terão ido para áfrica em vez de virem de lá?

RESPONDER

Investigadores desenvolvem tecnologia que permite datar as impressões digitais

Encontrar as impressões digitais numa cena de crime nem sempre é suficiente para haver condenação, podendo os suspeitos alegar que as mesmas foram deixadas antes de o crime ocorrer. Essa realidade pode estar prestes a …

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …