Descoberto caminho de peregrinos mandado construir por Pôncio Pilatos em Jerusalém

Nick Thompson / Flickr

Jerusalém, Israel

Um caminho em pedra que terá sido usado há cerca de 2000 anos por peregrinos e mandado construir por Pôncio Pilatos foi descoberto perto do Monte do Templo, em Jerusalém, com uma centena de moedas antigas, anunciaram esta segunda-feira investigadores.

Num novo estudo publicado no Journal of the Institute of Archaeology, da Universidade de Telavive, os investigadores da Autoridade de Antiguidades de Israel dizem ter feito o achado na chamada “Cidade de David”, no Parque Nacional dos Muros de Jerusalém.

Os especialistas revelam, no estudo, que a construção do caminho em pedra terá sido comissionada por Pôncio Pilatos, governador da província romana de Judeia e figura retratada na Bíblia como responsável pela crucificação de Jesus, aproximadamente no ano 31 depois de Cristo.

Após seis anos de profundas escavações arqueológicas, os investigadores das autoridades israelitas e da universidade descobriram uma secção com 220 metros de uma estrada que já tinha sido identificada por arqueólogos britânicos em 1984.

A estrada ascende da Piscina de Siloé, no sul, em direção ao Monte do Templo, local sagrado para as chamadas “três religiões do livro” (Cristianismo, Judaísmo e Islamismo). O Monte do Templo, localizado dentro da Cidade Velha de Jerusalém, tem sido local de veneração desde há milhares de anos, e, contam os fiéis, que na época da construção da estrada, Jesus terá curado um homem cego dizendo-lhe para lavar os olhos na Piscina de Siloé.

As moedas encontradas por baixo das pedras do caminho estão datadas entre 17 e 31 depois de Cristo, dando fortes evidências de que os trabalhos de construção tenham começado quando Pôncio Pilatos governava a Judeia.

“A datação através das moedas é muito exata”, assinala no artigo Donald T. Ariel, arqueólogo e especialista em numismática da Autoridade Nacional para as Antiguidades de Israel.

Como as moedas têm cunhado o ano da sua produção, significa que a estrada foi construída no mesmo ano ou depois. Com 600 metros de comprimentos e oito de largura, o caminho foi pavimentado com pedras de calcário largas, uma cobertura habitual durante o Império Romano.

“Se fosse mais uma estrada para ligar o ponto A ao B nunca teria sido construído da forma grandiosa como foi”, comentam, no estudo, os arqueólogos e coautores Joe Uziel e Moran Hagbi, indicando que as pedras foram finamente polidas e ornamentadas, tratando-se do que deveria ser um caminho especial.

A estrada estava coberta com camadas de entulho que os investigadores tiveram de retirar, trazendo também à luz armas enterradas, como pontas de flecha e fundas usadas para atirar pedras.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19: Brasil supera as 100.000 mortes

O Brasil ultrapassou hoje a barreira das 100.000 mortes associadas à covid-19, quase cinco meses depois da confirmação do primeiro óbito no país, indicam dados oficiais divulgados pelas secretarias regionais de Saúde. Segundo os mais recentes …

As vacas leiteiras têm relações complexas (que se alteram quando mudam de grupo)

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Chile e dos Estados Unidos concluiu que as vacas leiteiras vivem em redes sociais complexas que se alteram quando estes animais são movidos para outros grupos.  Para …

Virgin Galactic quer desenvolver avião comercial supersónico (que promete superar a velocidade do som)

A Virgin Galactic vai aliar-se à Rolls-Royce para criar um avião comercial supersónico, ainda mais rápido do que o mítico Concorde. A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou uma parceria com a Rolls-Royce para desenvolver …

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …