Descobertas novas gravuras rupestres no Vale do Côa. E são uma surpresa

(dr) Fundação Côa Parque

Gravuras rupestres de Foz Côa.

Uma equipa de arqueólogos colocou a descoberto uma nova rocha com gravuras rupestres, no sítio da Penascosa, no Parque Arqueológico do Vale do Côa (PAVC).

“Esta descoberta revela não só a riqueza da arte rupestre de um dos sítios mais visitados do Vale do Côa, como confirma a importância da continuação de trabalhos arqueológicos, mesmo em locais que se julgam muito bem estudados ou conhecidos”, explicou o arqueólogo Thierry Aubry, um dos profissionais envolvidos na investigação.

Segundo o especialista na “Arte do Côa”, os motivos desta nova rocha apresentam um estilo que é mais característico de fases mais recentes do Paleolítico Superior, com uma idade de 12 mil a 18 mil anos, do que os da maioria das rochas do sítio, com 25 mil a 28 mil anos.

“O sítio rupestre da Penascosa foi um dos primeiros a ser descoberto no Vale do Côa, decorria o ano de 1995. O objetivo destas sondagens foi encontrar vestígios contemporâneos das gravuras do Côa, e acabámos por encontrar uma gravura mais recente, o que demonstra o potencial arqueológico deste sítio”, observou o arqueólogo da Fundação Côa Parque.

A nova descoberta acaba, assim, por ser “uma surpresa“, para os especialistas, por ser uma rocha gravada “num período mais recente da Arte do Côa”.

“Este novo achado vem demonstrar a diversidade de um sítio mais clássico”, do parque arqueológico, “onde há gravuras com cerca de 30 mil anos de antiguidade”, indicou.

“Com este trabalho pretende-se atingir dois objetivos fundamentais. O primeiro é a identificação de vestígios contemporâneos da execução das gravuras deste núcleo. O segundo era verificar se existe alguma relação entre a altitude a que se encontram as gravuras no sítio, e a sua cronologia”, frisou Thierry Aubry.

Passados 20 anos sobre a classificação da “Arte do Côa” como Património Mundial, sondagens no Sítio da Penascosa, no âmbito do projeto “PaleoCôa”, colocaram a olho nu o novo achado, que carece ainda de interpretação e leitura por parte dos especialistas em arte rupestre.

“Temos de terminar as sondagens, que se vão prolongar por mais uns dias, para podermos encontrar o contexto arqueológico em que a nova descoberta está inserida, situada num período mais moderno, face ao que caracteriza o Parque Arqueológico do Vale do Côa”, enfatizou o arqueólogo.

Em março deste ano, foram descobertas vinte novas gravuras do Paleolítico Superior, em que eram representados diferentes animais. Foram todas encontradas na margem esquerda do rio Côa, e terão aproximadamente 20 mil anos.

A arte rupestre do Côa, inscrita na Lista do Património Mundial da UNESCO desde 1998, foi uma das mais importantes descobertas arqueológicas do Paleolítico Superior, em finais do século XX, em toda a Europa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só espero que não esteja projectada a construção de nenhuma barragem no local ou em construção para não acontecer como a outra que lá foram 50 milhões ao charco por ordem do Mário Soares.

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …