Descoberta parede feita de ossos humanos debaixo de catedral belga

Ruben Willaert

Foi descoberta uma parede feita de ossos humanos debaixo da Catedral de Saint-Bavo, na Bélgica. Acredita-se que o objetivo era libertar espaço num cemitério próximo.

Uma equipa de construção civil descobriu acidentalmente uma parede feita de ossos enquanto estava a fazer escavações para um novo centro de visitantes na histórica Catedral de Saint-Bavo, na Bélgica. O achado foi posteriormente analisado por arqueólogos que se encarregaram de estudá-lo e analisá-lo.

Os especialistas estimam que esta parede tenha sido construído algures entre o século XVII e XVIII. Além disso, os ossos já teriam provavelmente cerca de 200 anos na altura em que foram usados para a construção desta estrutura macabra.

“Este é um fenómeno que nunca encontramos aqui”, confessou Janiek De Gryse, o líder dos projeto de escavação em declarações ao The Brussels Times. Para construir a parede foram usados ossos de adultos, tendo sido alguns deles quebrados para que preenchessem os espaços entre as ossadas inteiras.

Os investigadores acreditam que os ossos usados tenham sido retirados de um cemitério de uma igreja próxima à catedral. Além disso, as evidências sugerem que a parede foi construída quando o cemitério ainda estava em uso, levando a crer que as pessoas estavam a abrir espaço para novos enterros no cemitério.

“Ao limpar um cemitério, os esqueletos não podem ser simplesmente jogados fora. Dado que os fiéis acreditavam na ressurreição do corpo, os ossos eram considerados a parte mais importante”, explicou De Gryse, citado pelo All That’s Interesting.

Os arqueólogos realçam também que não foram encontrados ossos de crianças na parede, o que não surpreende pelo facto de serem demasiado frágeis para usar na construção da estrutura. Os ossos usados eram todos de adultos e eram principalmente da coxa e da canela.

“Ao limpar os túmulos, as pessoas frequentemente apressam-se e não se incomodam em recolher ossos mais pequenos ou frágeis, como vértebras, costelas, ossos das mãos e dos pés. Por isso, uma seleção de caveiras e ossos longos surgiu”, escreveu a equipa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …

Gás natural pode transformar Moçambique no "Qatar de África" (se os jihadistas deixarem)

A descoberta de gás natural em Moçambique é vista como uma grande esperança para o país que, à boleia dos avultados investimentos que está a receber de grandes multinacionais, sonha tornar-se no "Qatar de África". …