Descoberta a primeira lua fora do Sistema Solar (e é do tamanho de um planeta)

Dan Durda

Conceito artístico do planeta Kepler-1625b com a sua enorme exolua

Do tamanho de Neptuno e a orbitar um planeta semelhante a Júpiter, os telescópios da NASA, Kepler e Hubble, encontraram evidências do primeiro satélite natural fora do Sistema Solar – a primeira exolua.

Tentamos o nosso melhor para descartar outras possibilidades, como anomalias de naves espaciais, outros planetas no sistema ou atividade estelar, mas não conseguimos encontrar nenhuma outra hipótese”, afirmou David Kipping, astrónomo da Universidade de Columbia e um dos autores da investigação.

Apesar de os dados recolhidos não serem definitivos, os investigadores esperam voltar a observar o corpo para verificar ou rejeitar a hipótese da existência da primeira exolua.

O candidato a exolua foi nomeado Kepler-1625b-i e orbita um exoplaneta chamado Kepler-1625b, que por sua vez orbita uma estrela amarela semelhante ao Sol chamada Kepler-1625. Todo o sistema está localizado a cerca de 8 mil anos-luz de distância.

A descoberta foi feita através dos telescópios Hubble e Kepler e poderá revelar um novo sistema com propriedades específicas e com implicações para astronomia.

Publicado a 3 de outubro na revista Science Advances, a investigação conta que durante uma pesquisa a 300 exoplanetas, surgiu um gigante gasoso – Kepler-1625d – que mostrou características peculiares que apontaram para a presença de um objeto orbitando-o.

Para perceber melhor o que encontraram, os investigadores utilizaram o Hubble para realizar observações de acompanhamento.

“Este seria o primeiro caso de deteção de uma lua fora do nosso Sistema Solar“, contou Kipping.

Na investigação, as equipas dos astrónomos Alex Teachey e David Kipping, procuraram por mudanças no brilho do planeta. O registo de alterações em intervalos regulares, significaria que algo estaria a orbitar o exoplaneta.

“Durante o ano passado, numa grande pesquisa com quase 300 exoplanetas de Kepler, notamos que o gigante de gás Kepler-1625b exibia algumas peculiaridades nos dados do Kepler, o que nos levou a supor a presença de uma exolua do tamanho de Neptuno“, explicou Kipping.

Com os dados recolhidos de ambos os telescópios, os investigadores reuniram evidências para formularem a hipótese da existência de uma exolua.

Contudo, o astrónomo também alertou para o facto de as provas reunidas não serem “por si só, uma prova da existência de uma exolua”.

“Estamos a pedir cautela. A primeira exolua é obviamente uma reivindicação extraordinária e requer evidências extraordinárias“, afirmou Teachey.

Caso se confirme as observações, a descoberta pode fornecer importantes pistas sobre o desenvolvimento de sistemas planetários e pode fazer com que os especialistas revejam as teorias de formação de luas em torno de planetas.

Para verificar a hipótese formulada, a equipa pretende voltar a utilizar o telescópio Hubble em maio do próximo ano, altura da passagem da exolua.

PARTILHAR

RESPONDER

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …

Liga belga propõe fim do campeonato e o Club Brugge campeão

A Liga de futebol da Bélgica recomendou esta quinta-feira que se dê por terminada a época 2019/20 do campeonato e a “aceitação da classificação atual” que faz do Clube Brugge campeão, devido ao novo coronavírus …

Pico da pandemia pode ser tardio. "Só saberemos quando começarmos a descer"

A diretora-geral da Saúde disse que ainda não é possível saber quando é que será o pico da covid-19 em Portugal, alertando que este pode ser tardio, uma vez que uma progressão mais lenta da …

"China esconde a severidade deste vírus há meses", acusam serviços secretos dos EUA

Os Estados Unidos concluíram que a China falseou os dados sobre a severidade do novo coronavírus, indica um relatório dos serviços de inteligência norte-americanos divulgado esta quarta-feira a vários senadores. A agência Bloomberg aludiu esta quinta-feira …