Descoberta jóia misteriosa que pode reescrever a história da civilização Maia

Erik Jepsen/UC San Diego Publications

Arqueólogo Geoffrey Braswell com uma réplica do pendente de jade Maia.

Arqueólogo Geoffrey Braswell com uma réplica do pendente de jade Maia.

Uma equipa de arqueólogos norte-americanos descobriu um pendente de jade, que foi usado por um antigo Rei Maia, e que parece contar a história do início do fim desta civilização.

Encontrado em escavações em Nim Li Punit, no Belize, por uma equipa de arqueólogos liderada por Geoffrey Braswell, professor de antropologia da Universidade da Califórnia em São Diego, nos Estados Unidos, este grande pendente de jade talhado estava dentro de um túmulo, no interior de um palácio construído por volta do ano 400 D.C..

Descoberto entre vestígios de vasos cerâmicos e de um grande copo de pedra em forma de uma divindade, o pendente com 18,8 centímetros de largura e 10,4 de altura é “a segunda maior peça de jade Maia que já foi encontrada”, conforme explica a Universidade de San Diego (UCSD) num comunicado.

O túmulo onde estava enterrado data de 800 D.C., segundo os arqueólogos, ou seja, próximo do fim da civilização Maia em locais como o Belize e a Guatemala.

O pendente tem inscritos 30 hieróglifos que detalham todos os antepassados de quem possuiu a jóia e revela, nomeadamente, que terá sido usado pela primeira vez em 672 D.C., quando a região terá vivido uma mudança climática com uma grande seca.

Os arqueólogos acreditam, deste modo, que a jóia pode documentar o início do fim dos Maias e ajudar a “reescrever” a história desta civilização desaparecida, conforme notam no artigo científico publicado no jornal Ancient Mesoamerica da Universidade de Cambridge.

Geoffrey Braswell / UC San Diego Publications

Pendente de jade que pertenceu a Rei Maia tem 30 hieróglifos para desvendar.

Pendente de jade que pertenceu a Rei Maia tem 30 hieróglifos para desvendar.

Tributo ao deus do vento para mudar o clima

Os arqueólogos alegam que os Reis Maias usavam este tipo de pendentes durante cerimónias religiosas importantes para atrair as chuvas.

Este pendente de dimensão generosa tem a forma de T que “corresponde ao glifo Maia “ik“, que significa “vento e respiração” e indica que foi usado durante rituais para o deus mais importante, Huracán, o deus do vento“, explica a UCSD.

Jóias como esta eram habitualmente enterradas com o rei que as usou, mas os arqueólogos não encontraram vestígios humanos ao seu lado, o que indicia que pode ter sido enterrado com um fim determinado, designadamente como tributo especial ao deus do vento na expectativa de alterar o clima desfavorável.

“Uma teoria recente é de que as alterações climáticas causaram secas que levaram à falha generalizada da agricultura e ao colapso da civilização Maia”, nota Geoffrey Braswell, citado pela UCSD.

“A dedicatória deste túmulo, nesse tempo de crise, ao deus do vento, que traz as chuvas anuais, dá suporte a esta teoria e deve lembrar-nos a todos do perigo das alterações climáticas”, acrescenta o arqueólogo.

A tradução dos hieróglifos do pendente ainda não terminou e há muitas expectativas de que venham a ser descobertos novos dados surpreendentes sobre os Maias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já vai poder dormir no castelo de "Downton Abbey" (mas com algumas condições)

O castelo de Highclere, que os fãs da série Downton Abbey conhecem como a casa da família ficional Crawley, está a receber hóspedes. O conde de Carnarvon resolveu abrir as portas a apenas dois convidados, a …

Tinder produz a sua primeira série de televisão (e é “apocalíptica”)

A aplicação de encontros Tinder já terminou as filmagens da sua primeira série de televisão no âmbito da intenção do seu proprietário, o Match Group, de aprofundar a criação de conteúdos originais. Fazer novos programas faz …

Sondagens à boca das urnas mostram empate técnico entre Netanyahu e Gantz

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e Benny Gantz, antigo chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas que lidera a coligação centrista, estão numa situação de empate técnico nas primeiras sondagens à boca das urnas. Esta terça-feira, …

Dois youtubers detidos a tentar invadir a Área 51

Quatro dias antes do evento mundial, dois youtubers adiantaram-se e foram detidos na última terça-feira por tentarem invadir a Área 51, uma base militar secreta dos Estados Unidos. Ties Granzier e Govert Sweep, dois holandeses de …

Onda de bebés nascidos com mãos deformadas abre investigação na Alemanha

As autoridades de saúde lançaram uma investigação depois de três bebés nasceram com deformações raras das mãos nos últimos quatro meses num hospital alemão. "Entre junho de 2019 e o início de setembro de 2019, um …

Explosão causou incêndio nas instalações onde a Rússia armazena a varíola e a ébola

Esta segunda-feira, uma explosão causou um incêndio no Centro Estatal de Investigação de Virologia e Biotecnologia, na Rússia. Estas instalações são dos poucos sítios onde a varíola e a ébola estão armazenadas. Uma explosão num tanque …

Ikea vs Kitea: batalha judicial entre suecos e marroquinos em Portugal

A marca sueca de imobiliário Ikea está a contestar nos tribunais portugueses o registo da marca marroquina Kitea. A semelhança entre os dois nomes não é uma mera coincidência, já que ambas vendem o mesmo …

EUA vão processar Edward Snowden por causa da sua autobiografia

O governo dos EUA vai processar Edward Snowden a propósito da autobiografia que chegou esta terça-feira a mais de 20 países. O processo judicial argumenta que autor violou acordos de confidencialidade. A autobiografia de Edward Snowden, …

27 anos depois, o maestro do trânsito regressa a Castelo Branco

A figura do polícia sinaleiro regressou a Castelo Branco 27 anos depois para coordenar o trânsito, numa iniciativa que surpreendeu os jovens condutores e peões, e que levou os mais velhos a aplaudiram e a …

Descoberto em Ílhavo primeiro sítio pré-histórico subaquático português

Uma equipa de arqueólogos descobriu vestígios de uma mancha de ocupação ou possível acampamento do neolítico a cerca de dois metros de profundidade na Ria de Aveiro, em Ílhavo. "Temos estado a apanhar algumas surpresas valentes. …