Descoberta finalmente a natureza da “doença jihadista” que afecta Síria e Iraque

Uma estirpe de Leishmaniose, que alguns chamam de “doença jihadista”, começou repentinamente a afligir os territórios capturados pelo Daesh, causando decomposição e apodrecimento da pele das suas vítimas, começando pelo rosto.

A “doença jihadista”, que transforma os afectados em “zombies” e que nunca tinha sido detectada na Síria e no Iraque, chegou a estes países ao mesmo tempo que o Daesh. A temível enfermidade alastra-se habitualmente através de moscas que não são endémicas desta região.

Agora que a maior parte dos territórios ocupados pelos terroristas foi libertada, os cientistas tiveram finalmente oportunidade de estudar os infectados e descobrir a estirpe específica do patogeno, informação indispensável para criar a vacina: Leishmania major.

As moscas que transportam esta estirpe particular do vírus terão vindo do Irão, país hostil aos militantes do Daesh, segundo concluiu a pesquisa publicada a semana passada na revista Neglected Tropical Diseases da PLOS.

Os cientistas sugerem que originalmente estas moscas foram trazidas por hamsters iranianos para os novos territórios. Após chegarem à sua nova localização, as moscas prosperaram nos numerosos cadáveres dos oponentes aos terroristas, que eram frequentemente deixados a apodrecer nas ruas das cidades iraquianas e sírias.

Segundo os cientistas, foram estas condições que permitiram a propagação desta estirpe, que alastrou de uma região em que era endémica para uma região não endémica, provocando uma crise de saúde pública.

Úlcera cutânea causada pela Leishmaniose num adulto da América Central

A leishmaniose, doença causada por protozoários parasitas do género Leishmania e disseminada pela picada de certos tipos de moscas, causa uma necrose que se alastra por todo o corpo, às vezes iniciando-se por dentro, que faz com que o corpo do doente apodreça e se desfaça. A forma interna da doença pode matar a vítima em 20-30 dias.

As infecções em seres humanos são causadas por mais de 20 espécies de Leishmania. Entre os factores de risco estão a pobreza, desnutrição, e densidade populacional humana e canina nas regiões urbanas. Actualmente há cerca de 12 milhões de pessoas estão infectadas em 98 países.

Os protótipos da primeira vacina apareceram em fevereiro de 2017, mas os cientistas têm agora uma oportunidade de os aperfeiçoar, para combater com maior precisão a estirpe que, literalmente, devora a Síria e o Iraque.

PARTILHAR

RESPONDER

Missão a Marte poderá ser fatal para os astronautas

Os astronautas de uma futura viagem a Marte estarão expostos, na ida e volta ao planeta vermelho, a cerca de 60% do total de radiação recomendada para toda a sua carreira profissional, revelou um novo …

Tony transformou autocarro em Arca de Noé para salvar animais do Florence

Enquanto muitos americanos fugiam do furacão Florence, um camionista de 51 anos fazia o percurso inverso com uma missão em mente. Dentro de um autocarro, Alsup transportou mais de 60 animais da costa da Carolina …

Mais de 500 rinocerontes mortos na África do Sul este ano

A caça furtiva na África do Sul causou a morte a 508 rinocerontes, entre janeiro e agosto deste ano, o que significa um decréscimo no número de espécimes caçados, em relação a 2017, anunciou o …

Número de mortos em naufrágio na Tanzânia sobe para 170

O número de pessoas que morreram no naufrágio de um navio de passageiros no lago Vitória, na Tanzânia, subiu para 170, de acordo com os meios de comunicação locais. As operações de resgate recomeçaram na manhã …

Há um satélite-pescador no espaço

O Satélite britânico RemoveDebris está a navegar no espaço desde junho e lançou com sucesso uma rede em órbita com o objetivo de capturar material que anda à deriva em redor da Terra. O satélite-pescador britânico …

Governo cumpriu “rigorosamente” acordo com setor do táxi

O Ministro Ambiente, João Matos Fernandes, disse este sábado que o governo cumpriu “rigorosamente” o acordo que assinou com a duas associações que representam os taxistas para a modernização do setor. "Não é verdade que se …

Juízes defendem acórdão que desvaloriza violação de mulher inconsciente

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses sai em defesa dos dois magistrados, um dos quais o presidente da entidade, que assinaram o acórdão que desvaloriza a gravidade da violação de uma mulher inconsciente, numa discoteca, …

Salas para maiores de 18 anos levam à demissão do director de Serralves

O director artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, demitiu-se do cargo depois de a administração ter limitado a maiores de 18 anos uma parte da exposição dedicada ao fotógrafo norte-americano Robert …

Isabel do Santos desmente ação contra João Lourenço mas processo deu entrada no Supremo

Isabel do Santos, filha do antigo Presidente da Angola, desmente ter entrado com uma ação contra o atual Presidente João Lourenço. No entanto, o processo cível contra o Estado deu entrada no Supremo. De acordo …

Arqueólogos fazem "descoberta do Século" no Tejo (e tem pimenta)

Uma equipa de arqueólogos da Câmara Municipal de Cascais, do Projeto Municipal da Carta Arqueológica Subaquática do Litoral, descobriu uma nau que terá naufragado entre 1575 e 1625, e que é considerada a “descoberta do …