Descoberta a origem das misteriosas ondas de rádio que chegam do espaço

J Cooke Swinburne

A galáxia de origem está no centro desta imagem em negativo e colorida artificialmente, registrada pelo telescópio Subaru.

A galáxia de origem está no centro desta imagem em negativo e colorida artificialmente, registrada pelo telescópio Subaru.

Pela primeira vez na história, os astrónomos identificaram o local de origem de uma rajada rápida de rádio (FRB, na sigla em inglês) que anteriormente foi considerado como sinais da vida extraterrestre.

A FRB descoberta é uma explosão fugaz de ondas de rádio – dura alguns milissegundos no céu – que saem de uma outra galáxia que fica a uma distância de seis mil milhões de anos-luz.

A causa desse grande flash – o 17º detectado na História – ainda é um mistério, mas descobrir a galáxia de origem é um momento-chave no estudo desses fenómenos.

A equipa também conseguiu medir a quantidade de matéria que entrou no caminho das ondas, fazendo assim uma espécie de “pesagem do Universo”.

A FRB é algo semelhante ao Sol porque lança energia para o espaço em forma de ondas de rádio. A diferença entre a FRB e o Sol é a quantidade de energia libertada: a FRB lança a mesma quantidade de ondas de rádio em alguns milissegundos que o Sol lança durante alguns dias.

Anteriormente, quando os astrónomos sabiam menos sobre a FRB, alguns afirmavam que estas ondas de rádio eram sinais enviados de galáxias mais distantes por civilizações extraterrestres.

Agora, conclui-se que são um fenómeno sideral, e não sinais de alienígenas.

A FRB foi identificada graças ao Telescópio Parks Radio, localizado na Austrália. A descoberta, publicada na Nature, foi feita por uma equipa internacional de cientistas da Universidade de Swinburne, na Austrália, e do Instituto Italiano de Astrofísica, INAF.

“Foi lançado um aviso internacional e vários telescópios por todo o globo foram envolvidos na pesquisa dos resultados do sinal”, disse Evan Keane, coordenador do estudo, à Astronomy Now.

A descoberta é apenas uma gota no oceano do que ainda não sabemos sobre o Universo, mas o conhecimento das FRB abre uma nova página na investigação do espaço, afirmou Andrea Possenti, um dos cientistas envolvidos no projeto.

Atualmente, os astrónomos afirmam que o Universo é composto por 70% de energia escura, por 25% de matéria escura e por 5% de matéria ordinária, que é a que podemos ver.

Os astrónomos descobriram apenas metade ae matéria ordinária – o resto é desconhecido.

É por isso que não podemos estar 100% certos de que em algum canto muito distante do Universo não haja extraterrestres.

SN / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O seu a seu dono! O estudo foi liderado por uma equipa de cientistas do centro de astrofísica e supercomputação da universidade de Swinburne na Austrália. O estudo incluiu alguns cientistas do INAF como coautores.

RESPONDER

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …

Polícia de Hong Kong procura autores de roubo de papel higiénico

Um camião que transportava papel higiénico foi, esta segunda-feira, alvo de um assalto à mão armada em Hong Kong, onde a escassez do produto motivou uma corrida ao comércio local. As autoridades informaram que um motorista …

Centeno considera gravações de Varoufakis "politicamente lamentáveis"

O presidente do Eurogrupo considerou, esta segunda-feira, a atitude do antigo ministro das Finanças grego, que gravou reuniões do fórum de ministros das Finanças da zona euro, "politicamente lamentável". "Honestamente, não tenho comentários a fazer sobre …

Elton John obrigado a interromper concerto devido a crise de pneumonia

O cantor britânico foi obrigado a interromper um concerto, na Nova Zelândia, devido a um diagnóstico de pneumonia atípica. No último domingo, o cantor britânico Elton John interrompeu um concerto no Auckland’s Mount Stadium, na Nova …

Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos. Na sessão desta segunda-feira …

Anel de curso perdido nos EUA encontrado 47 anos depois na Finlândia

Um anel de curso de um liceu nos Estados Unidos, perdido em 1973, foi agora descoberto numa floresta da Finlândia. De acordo com o The Guardian, Debra McKenna perdeu o anel de curso do marido em …

Apresentadas mais de 50 queixas contra post de André Ventura sobre Joacine Katar Moreira

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) já recebeu mais de 50 queixas devido à publicação na qual o deputado do Chega sugeria devolver Joacine Katar Moreira ao seu país de origem. Em …