Descoberta de 66 locais do exército romano revela detalhes da conquista da Península Ibérica

A descoberta de 66 novos locais ocupados pelo exército romano revela detalhes sobre um dos seus conflitos mais infames: a conquista da Península Ibérica.

Uma equipa de investigadores espanhóis, da qual faz parte o português João Fonte, descobriu que o exército romano teve uma presença maior na região do que se pensava durante a batalha de 200 anos para conquistar a Península Ibérica.

Os arqueólogos descobriram vários campos usados para treino e abrigo, que permitiram perceber como é que os soldados do exército romano atacaram grupos indígenas e aprender mais sobre a sua presença na orla norte da bacia do rio Douro.

A presença temporária do exército romano deixou sempre vestígios subtis na superfície. O trabalho dos investigadores, que recorreram a uma tecnologia de deteção remota, mostra a forma do perímetro dos acampamentos militares romanos, geralmente retangulares.

Estas dezenas de novos locais ocupados pelas forças militares do Império Romano estão localizadas no sopé da Cordilheira Cantábrica, no norte de Espanha.

romanarmy.eu

Encontrados 66 acampamentos do exército romano.

Isto sugere, de acordo com os autores do estudo, que os soldados andavam entre terras baixas e altas, usando os cumes das montanhas para ficarem escondidos e, assim, ficarem mais seguros. Além disso, de acordo com o Phys, o facto de haver tantos acampamentos na região mostra o imenso apoio logístico que permitiu ao Império Romano conquistar a Península Ibérica.

O estudo contou com a colaboração de João Fonte, investigador português no Departamento de Arqueologia da Universidade de Exeter, no Reino Unido. Os resultados foram publicados, em dezembro, na revista científica Geosciences.

“Os restos são dos acampamentos temporários que o exército romano montou ao deslocar-se em território hostil ou ao realizar manobras em torno das suas bases permanentes. Eles revelam a intensa atividade romana na entrada da Cordilheira Cantábrica durante a última fase da conquista romana da Hispânia”, explicou João Fonte.

A equipa de investigadores está atualmente a desenvolver um projeto para catalogar e documentar todos os acampamentos romanos na província de Leão através de drones, a fim de obter um melhor entendimento das suas estruturas ou da evolução do seu estado de conservação.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Quando se faz divulgação científica não se deve introduzir adjetivação apelando a reações afetivas: Porquê e para quê dizer que a conquista da península ibérica foi um dos conflitos mais infames do exército romano? Os métodos utilizados foram idênticos aos usados noutros conflitos e na época não eram considerados infames, mas normais em conflitos.

    • Certíssimo!

      Também não foi uma batalha de 200 anos. Foi, isso sim, uma guerra de 200 anos. Uma batalha é um conflito pontual e tem um desfecho imediato. Um conjunto de batalhas prefaz uma guerra.

    • Falta explicar que levaram porrada a torto e a direito dos Lusitanos, um povo que ja nao existe, ou melhor existe poucos descendentes, o resto chama-se portugueses que sao um povo LIXO, descendentes dos turdos.

  2. O impacto da romanização da peninsula foi tão profundo que ainda hoje, após mais de 1000 anos se faz sentir. Avaliar os efeitos do direito romano, da pedofilia e corrupção, da proliferação de sociedades de caracter mafioso, constitui campos abertos à investigação e a numerosas teses de doutoramento!

RESPONDER

Emma, uma pequena rinoceronte, viajou para o Japão para encontrar o amor

Uma pequena rinoceronte branca de cinco anos viajou de Taiwan para o Japão. Tudo para encontrar o amor. Tal como muitos humanos, os planos de viagem de Emma acabaram por ter de ser adiados devido ao …

Países Baixos 3-2 Ucrânia | Futebol espectáculo em Amesterdão

Os Países Baixos, campeões em 1988, derrotaram hoje a Ucrânia, por 3-2, em jogo da primeira jornada do Grupo C do Euro2020 de futebol, disputado em Amesterdão. Os Países Baixos estiveram a ganhar por 2-0, com …

Esta pequena ilha nas Caraíbas já não tem restrições (e está a oferecer noites em hotéis)

A ilha de Curaçao está a suspender todas as restrições que foram implementadas no âmbito da pandemia de covid-19 e para comemorar está a oferecer estadias em hotéis para os turistas. Curaçao, um território holandês que …

10 estrangeiros do Benfica já jogaram em Europeus (duas estreias na mesma tarde)

Num espaço de seis horas, Seferović e Vertonghen juntaram-se à lista restrita. É um pouco extensa a lista de futebolistas portugueses que jogaram a fase final de um Europeu enquanto tinham contrato com o Benfica. Portugal participou …

"Clara desconexão". Empresas ganham milhões com o consumo de álcool por menores

Os jovens menores de idade consumiram 8,6% das bebidas alcoólicas vendidas em 2016, o que representa lucros de cerca de 17,5 mil milhões de dólares para as empresas. Os produtos das empresas AB Inbev, MillerCoors e …

Após 12 anos de Netanyahu no poder, Israel tem um novo primeiro-ministro

O Parlamento de Israel aprovou, este domingo, o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, que sucede a Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos. Dos 119 deputados presentes, de um Parlamento …

Áustria 3-1 Macedónia do Norte | Banco austríaco vale triunfo inédito

A Áustria estreou-se, este domingo, com um triunfo sobre a Macedónia do Norte, por 3-1, no Euro2020, no primeiro jogo do Grupo C da competição, disputado em Bucareste. Stefan Lainer (18 minutos), Michael Gregoritsch (78) e …

Facebook restringe conta de André Ventura

A rede social decidiu restringir, durante 24 horas, a conta do presidente e deputado único do Chega, após terem sido denunciadas duas publicações. De acordo com o Correio da Manhã, denúncias em duas publicações feitas por …

Com parecer desfavorável, arraial da IL juntou centenas (e fez mira a adversários)

A Iniciativa Liberal organizou, este sábado, apesar do parecer desfavorável das autoridades de saúde, um arraial comício, onde se juntaram centenas de pessoas, para dar "esperança" a Lisboa e mostrar que "não há impossíveis". No seu …

Marcelo reafirma: "Comigo não vai haver volta atrás" no desconfinamento

O Presidente da República declarou, este domingo, que, no que depender de si, não haverá "volta atrás" no desconfinamento, e deu a Feira da Agricultura de Santarém como exemplo do “virar de página”. "Já não voltamos …