Nova testemunha acrescenta mistério ao desaparecimento de Zé do Pipo

Está tudo em aberto na investigação ao caso do desaparecimento do cantor popular Zé do Pipo, cujo paradeiro é desconhecido desde Novembro de 2018. As hipóteses de homicídio, suicídio ou rapto estão em cima da mesa do Ministério Público.

Nuno Roberto ou Zé do Pipo, como era conhecido no mundo artístico, desapareceu em Novembro do ano passado na praia de Peniche, local onde foram encontrados os seus documentos e o carro. As buscas pelo cantor de 40 anos já cessaram sem que tenham sido encontrados quaisquer vestígios que apontem para o seu paradeiro.

A família acredita que Nuno Roberto se suicidou, atirando-se ao mar, mas o Ministério Público (MP) não descarta as hipóteses de homicídio, de rapto ou sequestro, como apurou o Correio da Manhã (CM).

Citando o processo que se encontra no Tribunal de Leiria, o jornal refere que o MP está a investigar como “possibilidades abstractamente consideradas” a “eventual prática dos crimes de homicídio, de rapto ou de sequestro“.

Assim, os investigadores procuram delinear o percurso feito por Zé do Pipo desde a sua residência até ao Banco e à farmácia, onde terá ido no dia do desaparecimento, até que se lhe tenha perdido o rasto.

Entretanto, o CM conseguiu chegar a uma testemunha ouvida pela Polícia Marítima e pela Polícia Judiciária, quando decorriam as buscas por Zé do Pipo, que acrescenta novos dados ao mistério.

Esta testemunha, identificada como António Chicharro, assegura que no dia em que o artista desapareceu viu um homem que parecia ser Zé do Pipo a falar ao telemóvel, na mesma praia onde foi encontrado o seu carro. “O homem andava desorientado, nervoso”, conta esta testemunha, relatando que “andava no pontão para trás e para a frente” sem parar.

O CM acrescenta que há suspeitas de que alguém pode ter apagado as chamadas do telemóvel de Zé do Pipo.

O MP está a tentar obter a listagem das chamadas recebidas e efectuadas pelo artista, bem como a localização do telemóvel. Neste momento, há um recurso no Tribunal da Relação, interposto pelo MP, depois de o juiz de instrução ter negado esse rastreamento do telemóvel.

O juiz de instrução alegou que está em causa a “pura e simples busca pelo cadáver do desaparecido”, frisando que “provavelmente se lançou ao mar, até porque passava por uma profunda depressão“. Mas o MP contrapõe que o objectivo é “averiguar a existência de indícios de crime – de homicídio, rapto ou sequestro”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Duarte Cordeiro, Alexandra Leitão e Ricardo Serrão Santos. Costa e Marcelo reunidos para falar sobre novo governo

O primeiro-ministro indigitado está esta tarde reunido com o Presidente da República, na habitual reunião semanal, que foi antecipada e que servirá para António Costa entregar a composição do novo governo a Marcelo Rebelo de …

FMI. Portugal vai crescer acima da zona euro em 2019 e 2020

Com a revisão em alta de 0,2 pontos percentuais para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, o FMI posiciona as suas previsões alinhadas com as do Governo, mas mantêm-se menos otimista para 2020 do …

Ex-diretora e delatora do caso Cambridge Analytica vai à Web Summit

Brittany Kaiser, ex-diretora e denunciante do caso Cambridge Analytica, vai participar nas conferências da Web Summit, que se realiza entre 4 e 7 de novembro, no Parque das Nações, em Lisboa. A estrela do documentário “Nada …

Comprar casa à distancia de um clique. Nova app já é uma das mais descarregadas

Uma nova aplicação para smartphone permite a procura, compra ou venda de imóveis de uma forma mais prática, facilitando o agendamento de visita às casas. A Century21 anunciou recentemente o lançamento de uma nova aplicação para …

Prédio de sete andares desaba no Brasil. Há um morto e várias vítimas nos destroços

Um edifício residencial de sete andares desabou, esta terça-feira de manhã, em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, provocando pelo menos um morto e vários feridos, segundo os bombeiros. Segundo fonte dos …

Já chegaram 138 mil votos dos emigrantes portugueses (mas nenhum da África do Sul)

Já chegaram 138 mil envelopes com votos dos emigrantes portugueses espalhados pelo mundo. Foram enviadas 1.464.709 cartas com um boletim de voto para 186 países nos primeiros dias de setembro. Porém, destes 138 mil boletins, nenhum …

"Portugal tem margem" para ter défice em caso de crise

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, diz que Portugal pode deixar o défice subir em caso de crise, mas avisa que é preciso cuidado para que a despesa não se torne permanente. Numa entrevista …

Rui Rio continua "em ponderação" e não anunciará qualquer decisão na quarta-feira

A Comissão Política Nacional do PSD vai reunir-se na próxima quarta-feira, mas o presidente do partido não falará ainda publicamente sobre o seu futuro político e continua “em ponderação”, disse à Lusa fonte oficial social-democrata. Segundo …

Ministério nega "situação anómala" de alunos ainda sem professores

Milhares de alunos continuam sem professores um mês depois de as aulas terem começado e o Ministério da Educação diz não ter sido informado de qualquer “situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes”. Ainda …

Gage Skidmore

John Bolton denunciou pressão sobre a Ucrânia dois meses antes de sair da Casa Branca

John Bolton, o antigo conselheiro de Segurança Nacional norte-americano que saiu do cargo em setembro em confronto com Donald Trump, fez saber aos advogados da Casa Branca, em julho, que estava em curso uma campanha …