Deputados pró-democracia de Hong Kong renunciam em bloco

Jerome Favre / EPA

Os deputados pró-democracia de Hong Kong anunciaram, esta quarta-feira, a renúncia ao Conselho Legislativo, após quatro deles terem sido afastados sob o pretexto de constituírem uma ameaça à segurança nacional.

“Nós, [membros] do campo pró-democracia, permaneceremos ao lado dos nossos colegas que foram excluídos. Vamos renunciar em massa“, disse Wu Chi-wai, chefe dos quinze legisladores pró-democracia no parlamento local.

O Executivo de Hong Kong anunciou, esta quarta-feira, que vai desqualificar os legisladores Alvin Yeung, Dennis Kwok, Kwok Ka-ki e Kenneth Leung.

As desqualificações ocorreram depois de o Comité Permanente da Assembleia Nacional Popular (ANP) da China, que reuniu na terça e quarta-feira, aprovar uma resolução que afirma que aqueles que apoiam a independência de Hong Kong, recusam-se a reconhecer a soberania da China sobre a cidade, ameaçam a segurança nacional ou pedem a intervenção de forças externas nos assuntos da cidade, devem ser desqualificados.

“Embora estejamos a enfrentar muitas dificuldades no futuro próximo na luta pela democracia, nunca, mas nunca desistiremos”, disse Wu Chi-wai.

Wu disse que os legisladores pró-democracia vão entregar as suas cartas de demissão na quinta-feira. Durante a conferência de imprensa, os legisladores pró-democracia gritaram “força Hong Kong, permaneceremos juntos”, de mãos dadas.

“Este é um ato de Pequim que visa soar o toque de morte na luta pela democracia em Hong Kong, porque eles pensariam que, de agora em diante, qualquer pessoa que eles considerem politicamente incorreto ou não patriota, ou simplesmente não lhes agradasse, poderiam simplesmente derrubá-lo”, disse a legisladora pró-democracia Claudia Mo.

Pequim impôs este ano uma lei de segurança nacional, depois de meses de protestos anti-governamentais terem abalado a cidade no ano passado.

“Em termos de legalidade e constitucionalidade, obviamente que, do nosso ponto de vista, isto é claramente uma violação da Lei Básica, e dos nossos direitos de participar nos assuntos públicos, e uma falha em observar o devido processo” legislativo, disse Kwok, um dos deputados desqualificados por Pequim, referindo-se à miniconstituição de Hong Kong.

A líder de Hong Kong, Carrie Lam, disse, hoje, que os legisladores devem agir de maneira adequada e que a cidade precisa de uma assembleia composta por patriotas.

“Não podemos permitir que membros do Conselho Legislativo julgados de acordo com a lei sejam incapazes de cumprir os requisitos e pré-requisitos para continuarem a trabalhar”, disse Lam.

Uma renúncia em massa pelo campo pró-democracia deixará a legislatura de Hong Kong com apenas deputados pró-Pequim, que já representam a maioria dos assentos. As renúncias podem permitir que os legisladores aprovem projetos de lei favorecidos por Pequim sem oposição.

No início do ano, os quatro deputados agora desqualificados foram impedidos de concorrer às eleições legislativas, originalmente marcadas para setembro, antes de o Executivo declarar que iria adiar as eleições por um ano devido à pandemia de covid-19.

Os deputados foram desqualificados pelos seus apelos junto de Governos estrangeiros para que impusessem sanções a Hong Kong e a Pequim. Os quatro legisladores permaneceram nos seus cargos após o adiamento das eleições.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Wenbin, disse, hoje, que a desqualificação dos legisladores é necessária para manter o Estado de Direito e a ordem constitucional em Hong Kong.

“Apoiamos firmemente o Executivo [de Hong Kong] no desempenho das suas funções, de acordo com a decisão do Comité Permanente”, disse Wang, em conferência de imprensa.

A imposição por Pequim da lei de segurança nacional em Hong Kong, em junho passado, foi alvo de condenação por Washington e outras democracias ocidentais.

Vários países suspenderam os seus tratados de extradição com Hong Kong. Washington impôs sanções sobre Lam e outros membros do Executivo de Hong Kong.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da luz não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …

"Alguma vez foi fácil?" Catarina Martins diz que Governo "tem pouca vontade" de discutir temas concretos

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira que o Governo socialista “tem pouca vontade” de discutir questões concretas nas negociações do Orçamento do Estado para 2022, insistindo na necessidade de debater …

Fisco vai devolver 82 milhões no IVAucher

O programa IVAucher irá devolver aos contribuintes 82 milhões de euros, anunciou, esta terça-feira, António Mendonça Mendes. O secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, anunciou esta terça-feira que os contribuintes acumularam …

Creches passam a ser gratuitas para todas as crianças do 2.º escalão

Esta terça-feira, o Governo anunciou o alargamento da gratuitidade das creches a todas as crianças dos agregados do 2.º escalão de rendimentos da comparticipação familiar.  A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de …

Bissouma disse que é o melhor médio na Premier League. O que dizem os números?

O jogador do Brighton & Hove Albion apresenta dados importantes, numa equipa que está no quarto lugar da Premier League. As declarações causaram algum impacto e também foram reproduzidas pelo ZAP: “Não quero ser arrogante, mas …

Governo britânico expôs acidentalmente identidade de mais de 250 tradutores afegãos

Os endereços eletrónicos de mais de 250 afegãos que colaboraram com as forças britânicas e procuram realocação no Reino Unido foram divulgados por engano pelo Ministério da defesa britânico. O Ministério da Defesa britânico expôs as …

Etna volta a entrar em erupção. É a segunda vez em menos de um mês

O vulcão Etna, em Itália, voltou a entrar erupção, espalhando rapidamente uma nuvem de fumo na parte oriental da ilha italiana da Sicília. O vulcão mais ativo da Europa entrou em erupção esta terça-feira. Segundo o …