Deputadas do Bloco depõem contra Arroja no caso das “esganiçadas”

Paulete Matos / Flickr

A deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua

O Parlamento autorizou, por unanimidade, as deputadas do Bloco de Esquerda a prestarem declarações, como testemunhas, no âmbito do inquérito movido ao economista Pedro Arroja que lhes chamou “esganiçadas”.

A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género apresentou queixa contra Pedro Arroja no início de Janeiro passado, depois de o economista se ter referido às mulheres do Bloco de Esquerda como “esganiçadas”.

“Não queria nenhuma daquelas mulheres, nem dada”, disse ainda Pedro Arroja, no seu espaço de comentário no Porto Canal, em Novembro de 2015.

No entanto, só agora o Parlamento deu aval às deputadas Catarina Martins, Mariana Mortágua, Joana Mortágua, Isabel Pires e Sandra Cunha para prestarem declarações por escrito no âmbito do inquérito que decorre no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Porto.

A eurodeputada Marisa Matias também vai ser ouvida no âmbito do caso.

Em causa pode estar a prática do crime de discriminação sexual, conforme salienta o Jornal de Notícias, notando que a moldura penal prevista é de pena de prisão de seis meses a cinco anos.

ZAP

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Crime de discriminação sexual? Mas que discriminação sexual? Então o homem já não tem direito a ter a sua opinião acerca de alguém? Mas que raio de liberdade é esta? A liberdade é só para alguns? Oraaaa tenham decoro… percam tempo com o que realmente interessa… deixem-se de historias para boi dormir… rssss

  2. É bom que Pedro Arroja aprenda que as pessoas lá por não serem da sua cor politica merecem respeito!
    As mulheres do PSD e CDS, quando põem defeito em tudo o que é de esquerda são o quê?
    Quanto a mim são mulheres! E também há os homens que fazem o mesmo!
    O que ele fez é discriminação reles e reveladora do mau carácter de um reles comentador. Isso sim!, E é bom que ele leve um correctivo!
    Quem vem para a comunicação social fazer comentários, deve ser responsabilizado pelo que diz e não dizer o que lhe apetece, sem respeito pelas pessoas.

  3. Mas consideraram que foi um piropo? ou agora dizer que não se gosta de alguém é crime? tenham juízo, vão dar banho ao cão!

  4. E não são esganiçadas? è alguma mentira? Tal como um comentador já aqui escreveu eu tb digo – ASSENTA-LHES QUE NEM UMA LUVA”

  5. Por unanimidade, quando toca a defenderem-se uns e outros, como eles conseguem unanimidade, é como os casos de corrupção, em que se escondem atrás uns dos outros.

  6. E o Parlamento autorizou por unanimidade as meninas do Bloco a prestarem declarações, pois assim até vamos compreender melhor porque razão um deputado goza de imunidade parlamentar, quando se trata de se protegerem a eles próprios tombam todos para o mesmo lado e estas no final mais esganiçadas ficarão certamente sentindo-se donas e senhoras disto tudo.

  7. É realmente ridículo fazer uma peixeirada com uma simples opinião (fundamentada, diga-se em abono da verdade). Ve-se que não têm nada de mais importante para tratar… Que tristeza!

  8. Incrível! O nojo de gente que para aqui anda! Se eu vos insultasse, não ficariam… ofendidos? Se ocupassem um cargo de relevo, não fariam algo? Só porque é do partido que não gostam, está bem?… Vocês metem-me nojo… Para vocês, cambada de…, vão “banho ao cão”, como disse o toni dos bifes!

  9. Que confusão…
    Quando se fala em “esganiçadas”, alguns pensam que se está a falar das suas mães…
    Já deviam saber que nem todas são iguais…

RESPONDER

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …

Detidos cinco suspeitos da morte de jovem cabo-verdiano em Bragança

A Polícia Judiciária anunciou, esta sexta-feira, que foram detidos cinco homens, suspeitos de estarem envolvidos na morte do estudante cabo-verdiano, em Bragança. A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, em comunicado, que procedeu, esta quinta-feira, a "buscas domiciliárias, …

Cláudio Monteiro renuncia a cargo de juiz do Tribunal Constitucional

O juiz renunciou ao mandato do Tribunal Constitucional por ter sido, entretanto, nomeado Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal. O juiz Cláudio Monteiro renunciou, esta quinta-feira, ao mandato de juiz do Tribunal Constitucional (TC), de acordo com …

Proposta do BE sobre IVA da energia vai ser rejeitada pelo Governo, revela PS

Uma proposta do Bloco de Esquerda (BE) para reduzir o IVA sobre a eletricidade e o gás natural, sem impacto no Orçamento de Estado para 2020, vai ser rejeitada pelo Governo, por não corresponder à sua …

Petição quer enfermeiros como profissão de desgaste rápido e subsídio de risco. 2.500 já assinaram

Mais de 2.500 pessoas já assinaram uma petição online que defende a atribuição do estatuto de profissão de desgaste rápido aos enfermeiros, bem como a atribuição de um subsídio de risco. No texto, os promotores defendem …

Para os norte-americanos, Portugal é o melhor país para gozar a reforma

Para os norte-americanos, Portugal é o melhor país para gozar a reforma depois de uma vida de trabalho. Os custos de vida, o clima e as pessoas são alguns dos motivos que levam os pensionistas …

Berardo apresenta recurso contra arresto de imóveis de luxo

Joe Berardo apresentou um recurso contra o arresto a dois imóveis de luxo em Lisboa. As propriedades foram arrestadas pela Caixa Geral de Depósitos por dívidas superiores a 300 milhões. O empresário madeirense Joe Berardo interpôs …

Para além de autocarros, Cascais quer comboios gratuitos dentro do município

Desde 1 de janeiro de 2020, Cascais tornou-se no primeiro concelho do país a ter transportes públicos rodoviários gratuitos. Agora, quer alargar a iniciativa aos comboios. "Estamos a abrir um novo paradigma, que encara a mobilidade …

Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano. De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração …

Governo prepara injeção final de 1400 milhões no Novo Banco

Desde a venda, em outubro de 2017, o Estado já injetou 1,9 mil milhões de euros no Novo Banco. Agora, o Fundo de Resolução estuda injetar mais 1,4 mil milhões. O Fundo de Resolução e o …