A depressão pode ser uma doença física

Cientistas defendem que há uma ligação clara entre a depressão e a inflamação causada por um sistema imunitário hiperativo. Casual ou não, esta relação pode abrir novas vias de tratamento e esperança para os pacientes.

Os tratamentos atuais para a depressão concentram-se sobretudo em produtos químicos cerebrais como, por exemplo, a serotonina. Porém, uma equipa de cientistas pensa agora que a inflamação em todo o corpo, desencadeada por um sistema imunitário hiperativo, pode ser a causa do problema.

A inflamação generalizada pode produzir sentimentos de infelicidade, falta de esperança e fadiga. Se assim for, a depressão pode ser tratada com medicamentos anti-inflamatórios.

Mas também pode ser um sintoma: muitas pessoas ficam com um mau estado de espírito quando estão doentes e o seu sistema imunitário está ocupado a lutar contra infeções ou vírus. No caso da depressão crónica, o sistema imunitário pode estar a falhar em “desligar” depois de uma doença ou trauma, levando a sintomas persistentes.

Um grande conjunto de pesquisas, incluindo artigos científicos e resultados de ensaios clínicos, parece revelar uma relação entre o tratamento da inflamação e o alívio da depressão.

No final de julho, cientistas da Universidade de Stanford, nos EUA, afirmaram que poderiam criar um teste de diagnóstico para encefalomielite miálgica/síndrome de fadiga crónica, juntamente com um tratamento. Este trabalho confirmou outros anteriores que ligavam a síndrome à depressão e à inflamação.

Em outubro de 2016, uma revisão importante sobre medicamentos anti-inflamatórios também revelou uma ligação definitiva entre a inflamação e a depressão. O trabalho mostrou que cerca de um terço das pessoas com depressão têm níveis mais elevados de citocinas, proteínas que controlam a maneira como o sistema imunitário reage.

Segundo Ed Bullmore, chefe do Departamento de Psiquiatria da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, um novo campo de “imuno-neurologia” deve surgir em breve. “É bastante claro que a inflamação pode causar depressão”, disse o investigador, durante uma conferência do Academy of Medical Sciences FORUM.

“Em relação ao humor, além de qualquer dúvida razoável, existe uma associação muito robusta entre a inflamação e os sintomas depressivos. A questão é se a inflamação leva a depressão ou vice-versa, ou se é apenas uma coincidência. Nos estudos de medicina experimental, se tratamos indivíduos saudáveis com uma droga inflamatória, uma percentagem substancial dessas pessoas ficará deprimida. Por isso, pensamos que há provas suficientes para um efeito causal”.

Uma consequência importante desses trabalhos seriam tratamentos mais eficazes para curar a depressão e que talvez não precisassem de durar a vida toda. Outra implicação é que, se esse conhecimento melhorar a nossa compreensão de como tratar a doença, poderíamos transformar a perceção que as pessoas têm atualmente.

Socialmente, ver a depressão como uma condição com uma causa física definitiva poderia ajudar a reduzir o estigma à volta das doenças mentais que, muitas vezes, impedem as pessoas de procurar e obter tratamento.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

"The Shape of Water" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações

O filme "The Shape of Water" lidera as nomeações da 90.ª edição dos Óscares, que serão entregues a 04 de março, em Los Angeles, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …

Nem escondido num porta-bagagens Puigdemont vai poder regressar a Espanha

Espanha montou um sistema de vigilância para assegurar a prisão do líder independentista Carles Puigdemont no caso de este tentar regressar à Catalunha, mesmo que tente voltar escondido num porta-bagagens. O ministro da Administração Interna espanhol, …