Depois de morrer, sabemos que morremos

No momento da morte, estamos ou não conscientes? Esta é uma pergunta curiosa, que cientistas de todo o mundo estão a tentar responder.

A morte começa com uma paragem cardíaca – a cessação do impulso eléctrico que cria batimentos cardíacos. Como resultado, o coração para. Mas isso “apaga” a nossa mente imediatamente? Não. De acordo com um estudo americano, a consciência mantém-se durante alguns segundos após a morte.

Há algum tempo que os cientistas estudam as EQM – “experiências de quase morte”, e entre as conclusões mais notáveis que resultaram destes estudos está a descoberta de que uma onda de electricidade invade o cérebro momentos antes da morte cerebral.

Um estudo 2013 da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, publicado na PNAS e divulgado na altura na revista National Geographic, examinou os sinais eléctricos no interior do crânio de ratos, e permitiu concluir que, antes da morte, os animais entram num estado de hiperalerta.

O maior estudo de sempre sobre experiências de quase morte, publicado em 2014 no jornal Ressuscitation, encontrou provas de consciência após a morte por vários minutos.

Agora, os cientistas começam a pensar que as EQM são causadas por fluxo sanguíneo reduzido, juntamente com o comportamento eléctrico anormal dentro do cérebro. Assim, o famoso “túnel de luz branca” que algumas pessoas dizem ter visto quando morreram (e foram ressuscitadas) pode ter origem nesse aumento da actividade neural.

Sam Parnia, director de investigação da Unidade de Cuidados Intensivos e Ressuscitação da Universidade de Nova Iorque, está a investigar exactamente como é que o cérebro morre. Em trabalhos anteriores, o cientista estudou EQMs e realizou experiências em animais, observando-os momentos antes e depois da morte.

“Muitas vezes, as pessoas que tiveram estas experiências descrevem-se a flutuar pela sala, conscientes da presença da equipa médica a trabalhar no seu corpo. Os pacientes dizem ver os médicos e enfermeiras a trabalhar e ouvem as suas conversas, coisas que estavam a acontecer, que de outra forma não seriam conhecidas por eles”, diz Parnia.

Mas a grande questão é: se as pessoas estavam tecnicamente mortas, como sabiam o que estava a acontecer à sua volta?

De acordo com Sam Parnia, mesmo depois de a respiração e o batimento cardíaco terem parado, continuamos conscientes de 2 a 20 segundos. Esse é o tempo durante o qual o córtex cerebral – região responsável pelo pensamento, tomar de decisões, e decifrar a informação recolhida pelos sentidos – pode ficar activo sem oxigénio.

Durante este período, perdemos todos os reflexos do tronco encefálico, incluindo o maxilar e o pupilar. As ondas cerebrais do córtex tornam-se depois indetectáveis. Mesmo assim, podem passar horas até que o pensamento seja completamente desligado.

O último estudo de Parnia examina um grande número de europeus e americanos que sofreram paragem cardíaca e sobreviveram. Um dos objectivos é observar como o cérebro age e reage durante a paragem cardíaca, através do processo de morte e durante a RCP, ressuscitação cardiopulmonar.

Quanto oxigénio é preciso para reiniciar o cérebro? Como é que o cérebro é afectado após a RCP? Geralmente, quando o coração para de bater, a RCP proporciona cerca de 15% do oxigénio necessário para realizar a função normal do cérebro. Quanto mais tempo passa, mais células cerebrais continuam a morrer, mas a uma taxa mais lenta.

Assim, aprender os nossos limites pode melhorar as técnicas de ressuscitação, o que pode salvar inúmeras vidas por ano.

“O que estamos a fazer é estudar a mente humana e a consciência no contexto da morte, para perceber se continua depois de termos morrido há algum tempo – e como isso se relaciona com o que está a acontecer dentro do cérebro em tempo real”, explica Parnia.

PARTILHAR

50 COMENTÁRIOS

  1. isso é tudo mt bonito … o problema é perceber como é q as pessaos q passam por EQM descrevem acontecimentos da sala ao lado … isso é q os entendidos ficam sem piu …

    • Ora muito bem dito Ângelo! Quando não sabem explicar, varrem para debaixo do tapete…Sei bem como eles funcionam.
      Mas também não preciso que a ciência me confirme que o espírito, consciência(chamem-lhe o que quiserem) continua depois da morte do invólucro físico.
      “Somos seres espirituais tendo uma experiência humana e não seres humanos tendo uma experiência espiritual”.

    • Uma das principais questões é saber se a nossa informação sobre “o que se passa na sala do lado” é um facto ou apenas uma propaganda barata de grupos paranormais. Acho que não necessito de lhe dizer o que penso.

      • Eu penso que depois de deixar nos o corpo físico passamos a viver num corpo espiritual porque pela quilo que sei há vida espiritual.depois da morte e vamos para um sítio calmo isto pelo que pesquisei e também tenho vindo aperceber mas há um mito que diz que esse túnel que vemos e o desespero de morrer e a angustia de partirmos porque penso que ninguém quer morrer certo eu nunca morri mas volto a focar que ainda ninguém voltou depois de re reencarnar certo se estou enganada me corrijam por favor?

        • Ana Maria, nada contra você ler muito sobre a espiritualidade e o que possa vir após a chamada morte física, mas, enquanto o seu espírito estiver activo/vivo na chamada vida (antes da morte), seria óptimo esse mesmo espírito aprender um pouco de português…. Que confusão!!!

  2. O corpo morre mas é a única coisa porque o espirito a nossa alma essa permanece eterna, o corpo é uma espécie de fato, sempre ouvi dizer que quando morremos temos uma pessoa que conhecemos á nossa espera para nos levar, muitas pessoas que passaram por experi~encias quase morte já o disseram e falam de uma paz nunca sentida na terra. Eu acredito que existe algo mais para além da morte, algo espiritual

    • Nunca morremos sozinhos Ana, temos sempre membros da família à nossa espera para nos ajudar na transição!
      Os laços de amor que nos unem são para todo o sempre, nada acaba com a “morte” do corpo.

  3. Amigos, o estado que foi denominado de EQM, tem outro nome que pelo qual eu conheço, à vários anos, como “viagem astral” e que várias vezes já tive a oportunidade de a fazer. Exige um elevado grau de concentração que é muito difícil de obter. O corpo debate-se, treme e transpira para que não nos abandonemos a nós próprios. É bastante exaustivo porque tem que ser bastante trabalhado, mas nas experiências posteriores torna-se mais fácil. Inicialmente, é algo triste e intimidativo ver-se a si próprio, um corpo deitado, de olhos fechados e todo o ambiente circundante. Podemos sair da sala onde estamos mas é bastante perigoso, pois se houver uma interrupção brusca da experiência podemos não voltar ao nosso próprio corpo.

    • E “ quem” ou o quê é que faz a viagem astral? Por acaso não será chamado de alma/ espírito, reconhecida como imortal? Seja, “ nós “ somos o corpo mortal + alma/espírito imortal. E tudo isto será por mero acaso?! O desenvolvimento científico e tecnológica demonstra a inteligência do humano mas tal como a inteligência artificial, tem que existir alguém a criá-la. Afirmar que as peças de um computador se uniriam por acaso, sem uma inteligência por detrás, é uma teimosia “demoníaca” é diabólica, não concorda?

    • Deodato…já estamos a divagar um bocado. Essa experiência de que fala não é a alma que sai do corpo, é a sua consciência. São coisas bem distintas.

    • Certo !! Eu tambem faço isso ! Mas tenho sempre receio de nao poder voltar para o meu corpo ! So gasto 10 segindos !!

  4. Tenho infelizmente uma situação familiar,(o meu querido pai),que no leito do hospital em coimbra,nos dizia par nos dar-mos todos bem( os filhos) e terminava: ” morrer custa tanto”. Passadas 5 horas… expirou.

  5. É melhor ler o que a Bíblia diz em Eclesiástes 9 :5 até ao 10. E também as palavras de Jesus em João capítulo 5:28. Era bom que as pessoas meditassem nestas palavras, mas a sério.

    • Ler a Bíblia?!
      Não sei se já reparou, mas estamos em 2017…
      Mas, para quem gosta de sadismo, violência extrema, bizarria, malvadez, etc, a Bíblia é um excelente livro!
      Gosto especialmente daquela passagem onde Deus manda matar um homem por apedrejamento, só porque este estava a apanhar lenha ao Sábado:
      Números 15:32-36
      “Estando, pois, os filhos de Israel no deserto, acharam um homem apanhando lenha no dia de Sábado.
      E os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação.
      E o puseram em guarda; porquanto ainda não estava declarado o que se lhe devia fazer.
      Disse, pois, o Senhor a Moisés: Certamente morrerá o tal homem; toda a congregação com pedras o apedrejará fora do arraial.
      Então, toda a congregação o tirou para fora do arraial, e com pedras o apedrejaram, e morreu, como o Senhor ordenara a Moisés.”
      Ou daquela onde diz que um homem pode violar uma mulher desde que case com ele e pague 50 moedas de prata ao pai desta:
      Deuteronômio 22:28-29
      “Se um homem se encontrar com uma moça sem compromisso de casamento e a violentar, e eles forem descobertos,
      Ele pagará ao pai da moça cinquenta peças de prata e terá que casar-se com a moça, pois a violentou. Jamais poderá divorciar-se dela.”
      Etc, etc…
      Portanto, na Bíblia é só bondade e bons conselhos!…

      • Essa das experiências com ratos ajudarem a tirar conclusões nos humanos, não pega.
        Há uma energia própria em cada ser, energia essa que vêm do exterior.
        A maioria dos médicos e a igreja não pode defender a vida após mote porque isso vai-lhes tirar a importância que têm, havendo uma força que eles não controlam a melhor maneira é desconsiderar.

      • Cuidado que muitas das coisas que estão na bíblia foram lá colocadas por aqueles que não tendo força para agir usavam o nome de Deus, por isso quando ao ler a bíblia, por devemos retirar tudo o que é violência. Também foi Deus que mandou os inquisidores, no tempo da inquisição matar tanta gente?’ Claro que não

        • Pois claro!… quando é bom, foi Deus; quando é mau, foram “os outros”!…
          É típico: o que acontece de bom, foi Deus,; o que acontece de mal é porque cada um sabe de si e Deus não pode interferir!…
          Portanto, é como os que se salvaram em Pedrogão: foi graças a Deus!
          Os que morreram, a culpa foi deles (ou da Protecção civil, etc)… Deus aí já não teve nada a ver…
          .
          Em relação à Inquisição, sim a Igreja dizia que essa era a vontade de Deus e que os milhares (milhões?) que mataram eram infiéis!!!
          Como Deus nunca disse nada em contrário, ou foi ele que mandou, ou foi cúmplice!… em qualquer dos casos, o resultado foi o que se conhece!!

      • Mais um ignorante que acha que a Bíblia é um livro de leitura literal e que não deixa de querer demonstrar publicamente a sua ignorância estupenda com a justificação de que estamos no séc. XXI e é muito dado à cientificidade da cultura moderna, etc. e tal. Que tal estudar em vez de dizer alarvidades?

        • Mais um exemplo da extrema educação de certos religiosos!!
          Nada que espante, principalmente vindo de quem acha a Bíblia algo de bom/util!!

      • A história do antigo testamento que narra, sobre o homem que é apanhado a trabalhar em sábado, é vista como um exemplo de rigor e disciplina naquele momento por parte de D_us. E é justa. Visto que este homem desobedece conscientemente e rebela-se conscientemente a um preceito, que D_us tinha dado ao povo de Israel. Merece a pena de morte por apedrejamento, porque estava a dar um mau exemplo de comportamento, para com os outros cidadãos do povo de Israel.
        Quanto ao relato da moça que é violada por um homem, no campo e esta gritar e ninguém a escutar, ser obrigada a casar com o violador, não é bem assim.
        1º O violador é obrigado a pagar um dote, porque desfolhou uma mulher virgem, sem o seu consentimento.
        2 º A moça só casa com ele, se ela quiser. Não é obrigada a casar com ele. Mas se ela decidir casar com ele, jamais ele lhe pode dar o divorcio, este. Mas se ela disser que não paga sempre o dote.
        É preciso entender que o antigo testamento, está codificado. Por exemplo a lei de olho por olho e dente por dente por ai fora, não é bem assim.
        Se uma pessoa, desferindo um golpe em outra, causa-lhe danos em uma ou mais das cinco maneiras abaixo, deve pagar restituição:
        Se o agressor causa à vítima a perda, incapacidade ou ferimento de um olho, dente, mão, pé ou qualquer outro membro ou órgão, o tribunal calcula em quanto o valor deste homem será diminuído por causa de sua deficiência, se fosse vendido como escravo. O atacante deve pagar a soma que o tribunal calculou como o valor do membro. (O valor dos membros ou órgãos não pode ser padronizado, uma vez que sua importância varia de acordo com a profissão do homem. Alguém que ganha a vida através de trabalho manual e perde a mão recebe compensação maior que um intelectual que perde a mão.)
        Além de compensar a vítima pelo dano sofrido através da perda, incapacidade ou ferimento de um membro, ele deve pagar por qualquer dor causada pelo acidente. A quantia do pagamento depende da gravidade da dor.
        O atacante é responsável pelos honorários e outras despesas médicas resultantes do ferimento.
        Se o agressor causar perda financeira à vítima, impedindo-a de comparecer ao trabalho, deve pagar por cada dia que a vítima faltou ao trabalho.
        5. Boshet – Mesmo se um homem insulta outro verbalmente, ou desfere um golpe que não causou dano real, mas apenas humilhou-o, o assunto é levado ao tribunal. Os juízes estimam o total da compensação financeira que é devida à vitima pela vergonha sofrida. O atacante deve pagar a soma determinada pelo tribunal.
        Embora o atacante compense a vítima pelos danos, D’us não o perdoa a menos que se peça perdão à vítima. Esta não deve ser mesquinha, e deve perdoar o atacante.

        • Isto é piada; certo?!… espero bem que sim!…
          Eu estou-me a marimbar para o que uns sádicos/loucos escreveram há 2000 anos atrás, mas, em 2017 haver lerdos que acham que isto faz algum sentido (e que ainda tentam explicar/justificar), é mesmo muito preocupante!!
          Então acha que apedrejar alguém até à morte só porque estava a apanhar lenha ao Sábado, é justo?!
          Bem…
          Já pensou que esse homem (tal como eu!) se calhar se estava a ca@ar para a Bíblia e não estava para aturar essa seita de palermas que falam/escrevem mer@as em nome do tal Deus?!
          Tal como a mim, provavelmente a esse homem, Deus nunca disse nada, por isso, até dizer algo, não temos qualquer obrigação de seguir regras/leis que alguns homens (alguns, claramente, doentes mentais!) escrevem/pregam como se fosse algo ditado por um tal Deus!
          Além disso, para quem souber ler e tiver o mínimo de capacidade para interpretar, a Bíblia vale pouco mais do que ZERO, pois tanto diz uma coisa, como exactamente seu contrário; ou seja, não diz NADA!!

          • Para tu informação, a Bíblia foi escrita a mais de 3400 anos, ou seja o antigo testamento. Ninguém te esta a dizer a ti, para tu acreditares no D_us da Bíblia? Ou está? Fostes tu que fostes buscar o tema do homem que violou o sábado. Se não acreditas no D_us da Bíblia, ao menos respeita aqueles, que acreditam e aceitam as suas leis. Chama-se a isto respeito social e cultural pelos outros. Quando não se respeita os demais, não esperemos que nos respeitem a nós. Eu por exemplo tenho amigos meus, que pensam que os comunistas são pessoas sem honra, são ocas por dentro (sem sentimentos), desordeiros, intriguistas, conflituosos, etc. Eu por exemplo não penso assim. Respeito a forma ideológica como vivem, desde que não ponha em causa a minha liberdade. Por tanto, onde eu quero chegar, temos que respeitarmos uns aos outros, quer nas crenças, quer nas ideologias, etc, porque só assim o ser Homem pode progredir socialmente e culturalmente entre si.

            • Respeitar os outros é achar justo que um homem tenha sido apedrejado até à morte em praça publica, só porque estava apanhar lenha ao Sábado?!
              Eu (e felizmente a sociedade em geral), temos uma noção de respeito bem diferente!…
              Para o homem “progredir socialmente e culturalmente”, parece-me que um dos primeiros passos é olhar para o presente e para o futuro e de deixar de olhar para escrituras com milhares de anos (de origem duvidosa e cheias de violência, contradições, etc)!!
              E, eu sei muito bem que a Bíblia começou a ser escrita há uns 3500 anos, até há cerca de 2000 anos atrás!
              Também não percebi essa alusão aos comunistas!…
              Isso é alguma religião?
              Também seguem “palavras divinas” e matam pessoas à pedrada?
              Isso de “respeitar” crenças, ideologias, etc, é muito bonito, mas, quando começam a levar certas “teorias” à letra, acabam sempre por afectar a liberdade dos outros!
              Basta olhar o que a aconteceu durante a Inquisição…
              E, tu também respeitas e aceitas os bombistas suicidas que supostamente se rebentam em nome de Alá?!
              Eles não tem culpa; tal como acontece com os cristãos radicais e com os judeus radicais, os muçulmanos radicais dizem que estão apenas a seguir as escrituras sagradas!…
              O resultado é o que se conhece…

          • Olá!
            Quando se entra dentro de um pacto, com um D_us, a que o respeitar e leva-lo muito a serio. A morte deste homem por apedrejamento, que recolhe lenha a um sábado, não é por ele recolher lenha ao sábado, é por dar um mau exemplo ao Povo de Israel. Se queremos ter uma sociedade, justa, com bons sentimentos, com misericórdia, etc, nós próprios no dia a dia, é que temos que dar o bom exemplo. Nas nossas ações, nas nossas falas, no nosso comportamento, etc. Não a promover a rebeldia no seio de uma sociedade, que só traz o desmorono desta.
            Sem se olhar, para o passado e aprender com os erros cometidos, não podemos construir o presente e não podemos planear para o futuro.
            A história repete-se sempre:
            Basta ver ao longo da história da humanidade, que o homem sempre quis foi dominar outros homens.
            Exemplos muito bem recentes: A inquisição na Idade Media (a igreja a quere dominar o Mundo, pelo seu terros); as guerras napoleónicas, a 1ª e 2ª grandes guerras, a revolução comunista, o nazismo na Europa (onde ocorreu o holocausto, onde se bombardeava cidades indecentemente), o estalinismo na Rússia (onde Estaline mandava as pessoas trabalhar para os Golac, matava pessoas indiscriminadamente, não havia respeito pelas pessoas que professam religiões, etc), o Salazarismo em Portugal, o Franquismo aqui ao lado, etc. A que salientar que o comunismo é igual ao nazismo (nacional socialismo). O radicalismo ideológico, é um grande tóxico para uma sociedade.
            O Homem nunca aprende, nem nunca vai aprender com os seus erros, enquanto não tirar conclusões sobre o que se passou no passado.
            Como o radicalismo nas religiões é outro grande tóxico para a sociedade. Mas só existem porque essas pessoas não acreditam num D_us com sentimentos, mas sim num deus egocêntrico (eles próprios como deuses). Um gravíssimo erro destas pessoas que pensam assim e agem assim.

            • Eu não fiz nenhum pacto com esse tal Deus!
              Nem eu, nem, pelos vistos, esse homem que foi apedrejado até à morte por estar a apanhar lenha ao Sábado!…
              Mas, se os homens já tem problemas entre eles, a introdução de seres místicos e de livros esquisitos como a Bíblia, servem para quê?!
              Para baralhar/enganar os homens?!
              É que os resultados não tem sido nada famosos e as religiões tem andado de mãos dadas com as maiores barbáries à face da Terra!!
              Portanto…
              Em relação ao comunismo, Jesus não foi um dos maiores comunistas de todos os tempos?!
              Segundo a Bíblia (Novo Testamento) e grande parte dos historiadores, sim!…

          • Estas de fora, do pacto com o D_us da Bíblia, por opção tua. Esse homem que apanhava lenha ao sábado, estava dentro do pacto com o D_us da Bíblia. Só segue o D_us da Bíblia, quem quere, ninguém é obrigado. Mas quando entras para dentro do pacto com ELE, tens que obedecer as suas leis. Não é um D_us mau, é um D_us muito bom. O problema é do próprio homem, que da vez se elevar espiritualmente, busca o mais fácil o material e os seus prazeres do material. Aí o homem, não se importa de passar por cima de outros homens, para ter esses prazeres só para ele. Cria correntes que aprisionam a ele e aos demais com o seu egocentrismo, materialismo, etc..
            Quanto ao comunismo os judeus é que o criaram. Karl Marx foi o pai do comunismo, era judeu. Lenine também era judeu. Trotsk também era judeu. A ideologia comunista, não é benéfica para o nosso mundo. Porque já esta corrompida e podrida nas suas bases. Costuma-se dizer “Não serve nem para a alma nem para o corpo”.
            Se jesus fosse o primeiro comunista, os comunistas todos o seguiam. Mas como sabeis, que não é assim. Esta expressão é só para conquistar mais adeptos para a ideologia comunista. Se pensarmos bem, se jesus era judeu e como dizem os comunistas que ele foi o primeiro comunista, logo as bases estão podridas e corrompidas, ou não?
            Um reflecção de pensamento: Todos estes homens que acabamos de referir (Jesus, Karl Marx, Lenine, Trostk, todos eles seguiam o D_us da Biblia e tinham um pacto com ELE. Eram Judeus.

            • Bem… não sei que pacto tinha esse homem com Deus, mas, se esse Deus é bom e manda matar um homem por apedrejamento, só porque ele estava a apanhar lenha ao Sábado, nem quero imaginar o que faria se o Deus fosse mau!…
              Para mim, mais parece um pacto com a máfia!…
              Do que conheço do comunismo (e de Jesus), Jesus foi sem duvida um dos maiores comunistas de sempre!
              Não sei se foi o primeiro, mas o que é certo é que deixou essa marca na história.
              Atenção que comunismo é uma coisa, partidos comunistas são outra!…
              As ideologias são todas muito bonitas na teoria, mas na prática acabam sempre por se “corromper”…
              E por falar em ideologias corrompidas, a Igreja é o maior exemplo disso e a sua história não deixa margens para duvidas!

  6. Eu acho que todas as vossas opinioes sao o vosso espelho do vosso reflexo do que pretendem saber de vós mesmos….
    Para um ateu nao existe nada….somos carbono 14…
    Todos os vossos pensamentos na Europa vem da vossa formaçao catolicista desde o Imperador Romano Constantino….A vossa formataçao está alicerçada em milenios de Deus,catolicismo ,Pátria,comportamentos sociais doutrinados por exclusao de minorias….
    É normal essa vossa teoria do além….foram formatados desde que nasceram e batizados…
    Um conselho….nao procurem na morte a explicaçao da vida…
    Eu….nao provo nada….morrer é tao natural como viver…Nem quero saber das vossas teorias papistas catolicas,espiritualistas,budistas,ou seja o que quiserem acreditar….
    Nascer é dificil….viver é dificil….nao sejam egoistas depois da vida ainda quererem controlar a vossa morte fisica….Lembrem-se que para existirem tal comk milhoes de graos do Sahara milhoes de seres nao nasceram…Vocês sao os felizardos de viverem e admirarem o admiravel mundo….

  7. A verdade, é que quase todos se preocupam com o que não devem!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Deus não gosta! Deus gosta daqueles que se preocupam, em ajudar os que precisam!
    Quanto à ciência: aquilo que descobrimos por nós próprios à cerca da vida, é porque Deus permitiu que tal acontecesse! não quer Deus, que divulguemos! devemos guardar segredo, para não provocar distúrbios em cabeças fragilizadas.

    • E pelos disparates do seu comentário, a sua cabeça parece estar bem “fragilizada”!…
      Pois, pois… quando se fala de Deus, é tudo segredo/secreto… e só está ao alcance de alguns “iluminados”!…
      E até convém… É como diz o proverbio: “Em terra de cego, quem tem olho é rei”!

      • Eu sempre ouvi falar de Deus. Uma abreviação apenas e bastante curiosa, foi o facto que aconteceu no tempo do nazismo, que tentaram queimar as bíblias da terra, mas a palavra de Deus, continua viva. Se sabes que a Bíblia foi escrita à milhares de anos, eu por ex não sabia a data, e se hoje em dia se fala em Deus, é pq ninguém até hoje consegue calar e fazer desaparecer a palavra de Deus. Se quiseres aceitar uma sugestão de um crente em Deus, faz uma leitura pela Bíblia e pede a Deus que te encha de sabedoria para entenderes o que lá está escrito, pois como um homem comum, não vais consegui lo. Eu tb pensava como tu, mas digo te e se quiseres darei te algum testemunho do que eu já recebi de Deus. Não perco mais tempo, porque não se fala de Deus em vão e acho na minha humilde opinião que se está a banalizar, através desta discussão. Só sugiro, cuidado com o que se escreve, pois pode trazeres dissabores à nossa vida, talvez já tenhas passados por alguns, fica para tu pensares amigo EU

        • Ah?!
          Um ano depois?!
          Isso aí anda mesmo atrasado!…
          A Bíblia, para ficção já está um pouco fora de moda – embora tenha algumas passagens que ficariam muito bem em filmes de terror actuais!…
          Os nazis tentaram queimar todas as bíblias da terra?
          Não sabia, mas sei que Hitler era cristão, foi baptizado e era amigo da igreja, portanto…
          Eu sou um homem comum, não acredito (e muito menos falo) com seres imaginários que vivem nas nuvens, logo, essas teorias só se aplicam aos iluminados que foram abençoados por deus – eu não tenho nada a ver com isso!!
          Quanto ao dissabores, ainda há pouco tive um, mas quem me ajudou foi a Cruz Vermelha e o Hospital; não apareceu lá nenhum deus… se calhar estava de folga!!
          Como devia estar de folga quando “deixou” pessoas “boas” e crianças serem queimadas vivas nos incêndios do ano passado!…
          Já sei a lenga-lenga habitual: “As pessoas que se salvaram foi graças a deus; as que morreram, deus não teve nada a ver porque não se mete”!!
          E, duvido mesmo muito que alguma vez tenhas pensado como eu…

          • O livro de cabeceira de Htler era a Biblia! Um dia levantou-se pela manhâ e abriu a biblia e ao fazer a sua leitura lá estava a resposta para acabar com os judeus: Eliminai as ervas daninhas do campo! Assim através da Biblia nasceu o que camamos holocausto!

  8. Hitler não era amigo da igreja, pelo contrário, o nacional socialismo inspira-se num anti-cristianismo substituto e além disso ele matou milhares de cristãos., O que isto daria para falar….

  9. Não entendo , o meu avô morreu a dois meses , e eu estou a tentar estudar o que acontece depois da morte ! mas creio que nenhum humano tem capacidade para conseguir aceder a esse tipo de conhecimento pois nunca ninguém voltou para contar o que aconteceu muito tempo depois de ter morrido , se o cérebro ainda pode estar em actividade durante umas horas depois da morte , a pessoa pode estar a imaginar tudo, ou pode estar a utilizar capacidades cerebrais que não tinha em vida ,pois não eram necessárias na altura ! mas depois do cérebro parar, o que acontece ? é que o mais lógico é nao acontecer nada ,é acabar ali ! porque vida eterna não faz sentido , acho que até seria algo bastante angustiante , algo sem fim , o que se fica a fazer eternamente? é assustador ! mas o fim também é muito assustador ! porque o quebrar das ligações emocionais, custa imenso ! como podemos conviver com isso?! e sem saber o que se está a passar com a pessoa que tanto ama.mos e que de repente desaparece para sempre! é muito complicado fazer o luto e vou ter de fazer com um psiquiatra , mas mesmo assim a falta de conhecimento está.me a deixar louca! preciso de saber o que aconteceu ao meu avô ! não consigo lidar com isto ! é muito doloroso ! não sou crente em nenhum Deus , nem em reencarnação , não faço ideia do que acontece ! cada um com a sua teoria e ninguém chega a lado nenhum! será por defesa do cérebro?? esta eterna questão vai ficar por responder , pois se descobrirem alguma coisa , se calhar a vida perdia o significado e para isso não acontecer o cérebro não tem capacidade para estudar o que acontece depois ! mesmo que a ciência desenvolva muito , eu nao acredito que se vá descobrir isso! seria algo muito complicado de gerir

  10. Eu entendo o teu ponto de vista, meu caro EU!
    Na verdade, até um tempo atrás eu compartilhava do mesmo pensamento que você.
    Grande parte das pessoas atribuem a Deus as coisas boas que acontecem em suas vidas, por outro lado, quando acontecem coisas ruins, não atribuem.
    Curiosamente, Jó atribuiu a Deus as coisas boas e as ruins que aconteceram na vida dele, mas ele seguiu acreditando.
    Já Paulo (o apostolo), perseguia Jesus e os primeiros Cristãos daquela época. Ele desejava a morte de todos. Seu objetivo era impedir que o cristianismo se propagasse (ele fazia isso “em nome de Deus”). Por incrível que pareça o cara se tornou o maior defensor de Cristo e da PAZ ENTRE OS IRMÃOS.
    Eu não quero provar que Deus é bom e nem ruim, mas acredito que ele seja bom. Só que em certas deficiências que nós somos capazes de corrigir (temos intelecto, certo?), não faz sentido Deus “se meter”.
    Quanto as coisas ruins que acontecem com pessoas “boas” e crianças, eu prefiro acreditar nas coisas boas que acontecem com pessoas más (A Bíblia é bem enfática ao dizer que não existe um digno, logo, não somos bons, mesmo que pratiquemos algo bom).
    A maior causa da nossa destruição somos nós mesmos.
    Quanto à acredtitar em Deus, cabe a cada um. Ele nos deu liberdade até pra isso.

RESPONDER

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …

Sporting apresentou participação disciplinar à FPF contra o Alverca

O Sporting participou ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) contra a utilização de Luan pelo Alverca no jogo da Taça de Portugal, confirmou à agência Lusa fonte ligada ao processo. Em causa, …

Há um país europeu que está a "importar" padres da Índia

O clero irlandês está a ficar cada vez mais envelhecido e as novas gerações parecem menosprezar a profissão. Por isso, a Igreja procura soluções no exterior. Há dois anos, o padre Francis Xavier Kochuveettil aterrou no …

Fábio Silva fez história na goleada frente ao Coimbrões

Fábio Silva, o jovem avançado do FC Porto, fez este sábado história no jogo frente ao Coimbrões: tornou-se o mais jovem de sempre a marcar pelos dragões. No jogo deste sábado para a Taça da …

Relação com o PS "nunca foi fácil", diz Catarina Martins

O Bloco de Esquerda assumiu este sábado que a relação com o PS “nunca foi fácil” e recusou que a perda de votos e a falta de um acordo de maioria parlamentar possam ser encarados …

Pedro Rodrigues, ex-líder da JSD, quer liderar a bancada do PSD

O antigo líder da JSD Pedro Rodrigues quer liderar a bancada parlamentar do PSD durante a próxima legislatura, avança o Expresso este sábado, dando conta que o deputado eleito por Lisboa já está a recolher …

Boris Johnson pede novo adiamento do Brexit (e reitera que não o quer)

Depois do Dia D que pouco ou nada definiu no Parlamento britânico, o primeiro-ministro Boris Johnson assegurou esta sábado ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que vai fazer um novo pedido de adiamento do …