Decreto anti-imigração deve ser retirado “o mais depressa possível”, diz Guterres

UN Geneva / Flickr

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres

O secretário-geral da ONU considerou esta quarta-feira que a proibição de entrada nos EUA de cidadãos de diversos países, decretado por Donald Trump, viola “princípios básicos” e deve ser eliminado “o mais depressa possível”.

“Esta não é a maneira de proteger os Estados Unidos ou qualquer outro país em relação às preocupações sérias que existem sobre a possível infiltração de terroristas”, disse hoje António Guterres na sede da ONU.

“Não são efetivas se o objetivo é realmente evitar a entrada de terroristas” e, por isso, “devem ser retiradas o mais depressa possível”.

No discurso que proferiu na reunião da União Africana (UA), no início desta semana, Guterres já tinha deixado um sinal a Trump de que não concordava com estas medidas.

“As fronteiras africanas permanecem abertas para aqueles que precisam de proteção quando muitas fronteiras estão fechadas, incluindo as dos países mais desenvolvidos do mundo”, afirmou na altura.

A ordem assinada na última sexta-feira proibiu a entrada no país de todos os refugiados por um período mínimo de 120 dias e a de cidadãos de sete países – Irão, Iraque, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen – durante 90 dias.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, também já reagiu, considerando que esta proibição temporária é “fraturante e errada”.

“Sobre o decreto que o Presidente Trump apresentou, este governo pensa ser claro que essa política é errada“, disse aos deputados britânicos, em resposta ao líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn. “Pensamos que é fraturante e errada”, acrescentou.

A governante fez questão de sublinhar que não soube da intenção de Trump antes do anúncio oficial, feito no mesmo dia em que foi recebida na Casa Branca.

“Se [Corbyn] me pergunta se tive conhecimento prévio da proibição de refugiados, a resposta é não. Se me pergunta se tive conhecimento prévio de que o decreto podia afetar cidadãos britânicos, a resposta é não“.

A proibição suscitou críticas em todo o mundo, incluindo da União Europeia e de vários países aliados, bem como vários protestos dentro do país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Obama assinou o Visa Waiver Program Improvement e Terrorist Travel Prevention Act e ninguém bufou.
    Acham que a lista de países foi da autoria do Trump? Pelos vistos não.
    E as pessoas não estão bem informadas, pois pensam que todos os muçulmanos estão banidos dos EUA. Não, não estão. Pura falácia. Há países muçulmanos que estão livres do ban. Os media deviam informar melhor as pessoas mas limitam-se a repetir notícias que vêm de outros lados… Todos repetem o mesmo.

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …